WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Blog

JABES TEM HABEAS CORPUS NEGADO À UNANIMIDADE NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA, E A SITUAÇÃO ESTÁ CADA VEZ MAIS COMPLICADA

0318233-40.2012.8.05.0000 HABEAS CORPUS

ComarcaIlhéus

Impetrante : Fabiano Almeida Resende
Paciente : Jabes Souza Ribeiro
Advogado : Fabiano Almeida Resende (OAB: 18942/BA)
Impetrado : Juiz de Direito de IlheusVara Criminal
Procurador : Antônio Carlos Oliveira Carvalho
RelatorAliomar Silva Britto

DecisãoDenegada a ordemUnânime (julgado no dia 06.03.2013) 

jabes

                                                                                             (Meu Deus, e agora?)

O Defensor alertava para a exuberante quantidade de processos criminais que o prefeito de Ilhéus responde na justiça do Estado da Bahia. Jabes vinha chicanando da Justiça Baiana, a ponto do seu irmão Jonh Ribeiroque não é nada na administração pública –  em várias reuniões com professores afirmar, que:”meu irmão não tem medo da Justiça“. Pois bem, os processos estavam parados, sendo que, antes da eleição era no juízo de piso (1ª Instância) a competência para julgá-lo. Agora, após assumir a PMI o prefeito passou ter a prerrogativa da função, e portanto, pode ser julgado pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia.  Considerando que o CNJ determinou aos Tribunais do Brasil que julguem todos políticos que respondem processos até o final do ano, o  Juiz Dr. Antônio Faiçal daVara Criminal, por sua Vara e respondendo na oportunidade pela 1ª Vara houve por bem determinar o encaminhamento de todos os processos criminais que Jabes responde ao TJBA, para os devidos julgamentos. Na primeira investida de escapar das garras da Justiça, Jabes não logrou êxito  e sofreu a primeira derrota no TJBA, quando teve um HABEAS CORPUS negado à unanimidade. Ao que parece as “costas largas” como alardeiam “lá em cima” não funcionou e, tiraram a primeira tira de várias que serão tiradas do lombo dele, e possivelmente do povo. A justiça tarda mais não falha. É possível que em breve ficaremos livre do irmão  de Fidel Castro e do “de cujus” Hugo Chaves (nas condutas). Resta ainda saber quem está pagando os honorários do advogado de JR.

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar