WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Blog

Além do SINSEPI, a APPI também contesta números mentirosos de Jabes Ribeiro, o prefeito chorão.

pinoquio

Jaaaaaaaaaaaaaaaabbbbbbbbbbbbbbeeeeeeeeeeeeeeeeeeeesssssssssssssssssssssseumentirosooooooooooooo

 Na última reunião convocada pela prefeitura de Ilhéus, 19/06, para apresentar números financeiros à sociedade organizada, de Ilhéus, o prefeito da cidade foi desmentido pela APPI, quanto às irregularidades no demonstrativo financeiro da prefeitura.

CONTESTAÇÃO DA APPI

A)    Na média da receita bruta apresentada pelo governo, o mesmo não expõe o balancete consolidado para conferencia. O que cria dúvidas sobre a veracidade das informações do prefeito. Uma dúvida também do SINSEPI;

B)    O prefeito coloca nas despesas mensais, duplicidade de pagamento do 13º salário, já inserido no custo de cada mês, a base de 1/12.

C)    O Prefeito mudou os valores com a relação à reunião anterior, sem justificar e apresentar dados;

D)   O Prefeito aponta custos com FGTS, mesmo estando inadimplente. A presidente da APPI provou diante de todos que com 23 anos como servidora, seu saldo na CEF com relação ao FGTS, não ultrapassa R$ 3.000,00. Crime fiscal!

E)     O prefeito acrescenta nas despesas de folha de pagamento, custos com Ticket, salário família e empréstimos. Totalmente equivocado!

F)     A APPI mostrou que os custos de folha da prefeitura no quadrimestre não reflete a realidade dos números apresentados pelo prefeito;

G)   O prefeito alega que o limite prudencial com a folha de pagamento ultrapassa o que determina a LRF, acima dos 65%. A APPI desmentiu o prefeito, que índice não passa dos 60%

H)   Jabes Ribeiro disse que não está nomeando quase ninguém. Foi rebatido por todos. A PREFEITURA JÁNOMEOU MAIS DE 200 PESSOAS SEM CRITÉRIOS, APENAS POR APADRIAMENTO POLÍTICO, E AINDA UMA RELAÇÃO DEMAIS DE 100 PESSOAS QUE SERÃO NOMEADOS NOS PRÓXIMOS 90 DIAS. Um absurdo!

I)       Jabes mais uma vez só fez chorar, pedindo o apoio de todos para apertar os cintos. EM NEMHUM MOMENTO FALOU EM PROJETOS E AÇÕES.

Por último a falar foi o presidente da Associação dos Moradores do bairro Hernani Sá, O Sr.Odailson Pequeno. “SENHOR PREFEITO, O SR. SÓ FALA QUE NÃO TEM DINHEIRO, PEDINDO QUE TODO MUNDO AJUDE, COLABORE E COISA E TAL… pergunto ao senhor: Por que o Senhor não reduz o seu salário e os salários dos seus secretários? Não seria uma medida justa por parte de vocês da prefeitura?” O prefeito ficou em silêncio e os secretários, todos na mesa oval do poder, baixaram a cabeça.

 

Assessoria.

Artigos relacionados

7 Comentários

  1. É LAMENTAVEL O QUE ESSE PREFEITO VEM FAZENDO COM NOSSA CIDADE, QUERO SÓ VE ATE QUANDO A JUSTIÇA VAI PERMITIR ESSA FARRA COM O DINHEIRO PUBLICO!!DINHEIRO PRA FICAR VIAJANDO ELE TEM AGORA PARA EDUCAÇÃO NUNCA TEM DINHEIRO…FORA JABES!

  2. A população Ilheense quer saber o que resultou do “PACTO” que o Prefeito JABES RIBEIRO convidou vários segmentos da sociedade organizada da nossa cidade de Ilhéus para uma reunião na prefeitura no dia 17 de junho próximo passado (segunda feira).
    Se “a finalidade do pacto por Ilhéus é discutir e definir alternativas para o equilíbrio financeiro do município visando o atendimento às demandas prioritárias da população, e o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)” e como ele próprio (o prefeito) afirma de que “a folha de pagamento de pessoal da prefeitura encontra-se acima do permitido por Lei” que deve ser de até 54/% da receita municipal, não vejo muito problema nesta equação. O referido prefeito deveria dar o exemplo! Urgentemente exonerar muita gente “boa” (escolhida por ele e seus apaniguados) para exercer cargos e funções públicas ganhando remunerações absurdas, além de diminuir a quantidade de secretarias e os salários absurdos aprovados pela Câmara, inclusive o dele próprio. Ilhéus precisa de atitudes de quem está à frente do Palácio Paranaguá e não de “conversa mole pra boi dormir”. Nós já conhecemos essa TÁTICA.
    Ademais, a população de Ilhéus precisa saber que a folha de pagamento atual do Município de Ilhéus (Prefeitura de Ilhéus) atinge 65% da receita municipal por conta dos salários dos altos escalões (secretários, diretores, corregedores, cargos comissionados e até do próprio prefeito), todavia os servidores contratados de várias secretarias tiveram suas remunerações rebaixadas pelo prefeito atual em torno de 15%, a exemplos de psicólogos, assistentes sociais, profissionais de Educação Física, Educadores sociais e funcionários da área administrativa. Portanto, essas medidas não atingiram àqueles que detém os altos cargos acima mencionados. Pois, com tantas secretarias e tantos funcionários de “alto escalão” ganhando desnecessariamente rios de dinheiro não iremos nunca chegar ao patamar de 54% da receita municipal conforme determina a Lei de responsabilidade Fiscal.

  3. Um prefeito que se preza, respeita o seu povo, ama o seu município, é trabalhador assíduo e cumpre com suas obrigações de governo, principalmente para com os funcionários públicos, NÃO LANÇA MÃO DE ARGUMENTOS MAQUIAVÉLICOS, para manipular pessoas honestas, responsáveis e representantes de uma categoria como o sindicato dos profissionais da educação. Cuidado prefeito! Professor não é instrumento de manobra política como a corja doentia e vergonhosa de seus vereadores de situação. Direito, Lei é para ser respeitado e cumprida, só isso! Não queremos desculpas e nem manobras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar