(Foto: Divulgação/Confederação Brasileira de Canoagem)

(Foto: Divulgação/Confederação Brasileira de Canoagem)

Após conquistar uma prata com Erlon Silva no C2 1000m e o primeiro ouro da história brasileira nos Jogos Pan-Americanos na segunda-feira no C1 1000m, a fera da canoagem velocidade se consagrou em seu primeiro Pan ao subir novamente no topo do pódio, nesta terça, 14. Desta vez, a prova foi o C1 200m. Na prova curta, o baiano disparou nas águas de Welland, no Canadá.

O atleta de 21 anos largou atrás, deu um sprint final e passou todo mundo, completando a prova com o tempo de 39s991 – a prata ficou com Jason McCoombs, do Canadá, com 41s333, e o bronze com Arnold Rodriguez, de Cuba, com 41s459. Isaquias ainda quer chegar mais longe. O sonho, claro, é ser campeão olímpico nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. O Brasil já tem três vagas garantidas (no C1 1000m, K1 1000m e K1 500m).  Informações: G1