WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« dez   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

:: fev/2018

JUIZ MANDA PRENDER EX-PREFEITO ALAGOANO CONDENADO A 16 ANOS POR CRIMES TJ CONDENOU EX-PREFEITO DE RIO LARGO POR FRAUDAR LICITAÇÃO

FIM DA IMPUNIDADE
Publicado: 28 de fevereiro de 2018
Davi Soares

A Grande Família

Hoje (25) fui convidado pelo Presidente do Grupo a Grande Família (Nego Gil) a participar de uma confraria. O fato fantástico aconteceu na casa do amigo Jorge, o qual nos acolheu com muita alegria.

Durante o encontro de amigos, vários assuntos foram debatidos, inclusive, a política local, estadual e nacional. Foram momentos de muitas descontrações. Novos encontros já foram agendados.

Perigo à vista!

Mohammad Jamal Padilha

Já estão começando as estações da piracema, quando os grandes peixes retornam aos nascedouros para fazer-se multiplicar com profusa desova, bem como, a sanguinária caça às raposas da periferia. Esse é o mote. Vocês estão carecas de saber quem é o objeto a ser fecundado e quem personifica a pobre raposinha, perseguida por cavaleiros VIPS montados em corcéis árabes puros sangue apoiados por matilhas de cães especialistas aos quais ninguém escapa.

É isso aí mesmo. Fins de mandatos à vista nos horizontes do Estado, chusmas e hordas de senadores, deputados federais, governadores, deputados estaduais, etc. bem nutridos ($$) nesses 48 meses de doce far-niente político deixam suas mansões e apartamentos funcionais à beira do lago Paranoá e nos condomínios luxuosos de Ondina/BA para empreenderem a salutar caça ao voto, contritos de boas intenções e armados de promessas que suscitam indubitáveis.

Há um vaso séptico chio de papel higiênico usado para escolhermos onde vamos inscrever nosso voto. Fato. Em desnecessária redundância, não podemos deixar de elencar os porquês do descrédito e desmoralização quase coletiva que acomete doentia e rotula velhos oligarcas tanto quanto açodados personagens debutantes de primeiro mandato no âmbito politico nacional, todos eles com os cueiros imundos. A rejeição desperta do eleitorado frente figura do político atinge índices de quase unanimidade. O já eleitor não confia no político, literalmente, por justas e mais diversas razões, incluindo roubo, furtos, leniência, prevaricação, ociosidade, proxenetismo, impunidade, uso abusivo da “Lei do Gerson”, do foro privilegiado, etc. etc… Corrupção generalizada. Por isso, a soma dessa desmoralização redundante se junta à impaciência e ao destempero do eleitor farto para ouvir a cantilena dos longos discursos programáticos pra boi dormir, mesmo quando bafejados ao pé do nosso ceroso ouvido. Ouço não.

Some-se a degradação e o apodrecimento dessas “empatias”, simulacros da extinta ética moral, adicionada à metodologia seletiva viciosa empregada para escolha de ocupantes a cargos por indicação e nomeação dentro das “cotas” partidárias. Os critérios são meramente político-articulares, compadres, comadres, peixes… Ai o “servidor” despreparado, desinformado, incapaz de gerir e conduzir um carro-de-bois vai ser Ministro! Vai presidir o BNDES, a Caixa, gerir a Petrobras! Fala sério vai. Pra piorar, nesse circuito fechado de ações libertinas entre correligionários, nenhum nomeado tem iniciativa e/ou coragem para contratar pelo menos um assessor tecnocrata ou especialista como consultor eventual, um socorrista para sua imensurável ignorância e apedeutismo do “meu primeiro emprego”. Nada de alienista.

Nossos critérios ou, pelo menos os meus, enquanto eleitor cansado dos abusos e da espoliação política pelos representantes do povo – uma piadinha – todos sabem quais são os interesses que eles defendem com unhas, dentes e foro privilegiado! O crivo será fino e minucioso: critérios técnicos embasados em formação, capacitação, profissionalismo ético e, reconhecido talento e empenho demostrados nas suas atividades profissionais em nosso meio, onde construiu personalidade ética, moral e honradez irretocáveis.

Não precisamos sair por ai como o filosofo grego Diógenes que há mais de 2000 anos, em pleno dia com uma lanterna acesa saiu às ruas à procura de um Homem Honesto. Pra termos de resgatar do nosso próprio meio e convívio social, aqueles que preencham os atributos necessários e detenha o conhecimento vivencial das necessidades e carências da nossa população, núcleo social onde vive. E creiam, essas personalidades capacitadas, lideranças natas, existem e estão aqui mesmo, degustando os mesmos perrengues que afligem o “Zé Ninguém” eleitor. O mote é não reeleger ninguém. Digo isso calçado nas sapatilhas apertadas daqueles que curtiram mandatos ociosos apenas enchendo a pança em doce far-niente, sem histórico ou currículo de mínima benfeitoria ao povo vem, com cara untada em óleo de peroba, pedir reeleição ao povão.

Vamos olhar à nossa volta e certamente encontrar em nosso meio as lideranças natas, cidadãos com potenciais atributos para representar nosso povo, nossa cidade e região na Câmara Federal e Assembleia Legislativa do Estado. Gente que, reconhecidamente, já tenha demonstrado compromisso, desprendimento, altruísmo, etc. em defesa das causas sociais tanto quanto de cidadãos carentes desassistidos do seu Estado de Direitos, solapados por entes públicos a quem caberia defende-los. Olhem à sua volta. Você certamente encontrará um líder nato, capaz e honrado para incumbir pelo voto responsável o exercício da sua representatividade política na esfera do Estado. Não há quem mereça reeleição(salvo raríssimas exceções). O sangue novo deve purgar o sistema do sangue infecto dos corruptos ate à última hemácia. Alea jacta est. É com você agora.

Condenado por improbidade vai assumir lugar de Maluf na Câmara

Junji Abe (PSD-SP) foi prefeito de Mogi das Cruzes; ele nega as acusações

Géssica Brandino
SÃO PAULO

O primeiro suplente de Paulo Maluf  —preso em dezembroafastado de seu mandato de deputado federal nesta segunda-feira (19)— foi condenado em segunda instância e acumula processos por improbidade administrativa.

Junji Abe (PSD-SP) foi prefeito de Mogi das Cruzes —cidade da região metropolitana de São Paulo— e chegou a ter o registro de candidatura a deputado federal barrado pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) com base na Lei da Ficha Limpa, mas a decisão foi revertida pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Abe foi condenado em segunda instância sob acusação de um procurador em Mogi das Cruzes sem a realização de concurso​​. A ministra do TSE Luciana Lóssio autorizou a candidatura com a justificativa de que não houve enriquecimento ilícito no caso.

O deputado Junji Abe discursa no plenário da Câmara dos Deputados. Ele usa terno e gravata vermelha. Ao fundo, aparece uma faixa com as cores da bandeira do Brasil.
O deputado Junji Abe (PSD-SP), que assume no lugar de Maluf – Gustavo Lima – 20.mai.2013/Câmara dos Deputados

O advogado de defesa de Abe, Marcelo Espanha, afirma que está recorrendo da decisão da Justiça paulista no STF (Supremo Tribunal Federal) e no STJ (Superior Tribunal de Justiça) e que a decisão do TSE mostra que não há impedimento para que Abe assuma o mandato na Câmara nesta quarta-feira (21).

“A acusação está equivocada, porque o procurador prestou serviços. Segundo, era um funcionário já admitido na gestão anterior. Terceiro, ele [Junji] fez uma reforma administrativa, fato que foi totalmente ignorado na primeira e segunda instância”, afirma.

O advogado também afirma que houve vício nos julgamentos, uma vez que provas deixaram de ser produzidas e que não houve prejuízo aos cofres públicos, já que o procurador prestou serviço.

Além dessa ação, tramitam na primeira instância da Justiça paulista 11 processos sob acusação de improbidade administrativa, sendo um por suspeita de fraude em licitação do transporte público da cidade.

O suplente de Maluf foi prefeito de Mogi das Cruzes por dois mandatos consecutivos, de 2001 a 2008. A defesa diz que está produzindo provas periciais para mostrar que as acusações que pesam contra Abe estão equivocadas.

À reportagem o suplente de deputado também se disse inocente e que espera que a Justiça comprove isso.

“Posso garantir que não tenho nada em termos de uma condenação sobre improbidade administrativa onde haja mau uso do dinheiro público, enriquecimento ilícito e dolo, muito pelo contrário. Em alguns processos que enfrento, praticamente não existe esse trinômio. Estou muito confiante de que haveremos de superar os processos que enfrento e, ao final, ser inocentado”, afirmou Junji Abe.

:: LEIA MAIS »

DEFESA DE LULA TEM ATÉ ESTA TERÇA PARA ENTRAR COM RECURSO NO TRF-4 EX-PRESIDENTE PODE QUESTIONAR OBSCURIDADES NOS VOTOS DOS DESEMBARGADORES

12 ANOS DE PRISÃO
Publicado: 20 de fevereiro de 2018 às 09:44

Ex-procurador da República Marcello Miller preparou material da delação da JBS

Terça, 20 de Fevereiro de 2018
Ex-procurador da República Marcello Miller preparou material da delação da JBS

Foto: Agência Brasil

O ex-procurador da República Marcello Miller organizou o material que foi usado para selar a delação da JBS junto à Procuradoria Geral da República (PGR). Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, ele escreveu em uma anotação sobre o dia 27 de março de 2017: “reunião Fernanda e preparação do material para reunião com o MPF”. De acordo com Folha, a menção é à advogada Fernanda Tórtima, que assina a colaboração com os irmãos Joesley e Wesley Batista, sócios do grupo J&F, controlador da JBS. No dia seguinte, Joesley entregou a gravação com o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e fechou o termo de confidencialidade com Rodrigo Janot. As indicações da agenda de trabalho de Miller constam em mensagens enviadas por ele à advogada Esther Flesch, que foi a responsável por leva-lo ao escritório Trench Rossi Watanabe. Quando ele participou da reunião referente à delação, ele ainda atuava na PGR. O grampo com Aécio, quando ele pede R$ 2 milhões a Joesley Batista, ocorreu no dia 24 de março – neste dia, Miller afirma ter trabalhado por 12 horas para a JBS. Naquele mês, ele registrou 149,5 horas trabalhando para o grupo. O ex-procurador se pronunciou sobre o caso por meio de sua assessoria. “A defesa de Marcello Miller esclarece que ele não orientou pessoa nenhuma a fazer tais gravações, nem soube que elas seriam feitas”, afirma a nota. “As atividades preparatórias de Miller no período não envolveram qualquer gravação”.

Bahia Notícias

TEMPO DE ALEGRIA, GOVERNO DA TRISTEZA OU ARROCHA MALOCA?

PostDateIcon 19/fev/2018 . 22:00

Sem dúvida alguma, é o pior Prefeito que Ilhéus já teve.

Nada se compara!

“Estou chegando nas nuvens”

Foto do WhatsApp

Foto do WhatsApp

O Sarrafo

Pedro Maia é mais votado em lista tríplice para procurador-geral; decisão é de Rui Costa

Segunda, 19 de Fevereiro de 2018 – 19:50

por Cláudia Cardozo / Rebeca Menezes

Pedro Maia é mais votado em lista tríplice para procurador-geral; decisão é de Rui Costa

Alexandre, Ediene e Pedro foram os escolhidos | Foto: Montagem / Bahia Notícias

Alexandre Cruz, Ediene Lousado e Pedro Maia foram escolhidos pelos promotores de Justiça, nesta segunda-feira (19), como nomes que integrarão a lista tríplice para procurador-geral de Justiça da Bahia. A partir da lista, o governador Rui Costa escolherá quem será o próximo chefe do Ministério Público do Estado (MP-BA). Pedro Maia, que teve 292 votos dos 516 computados, ficou em primeiro no pleito. Ele é integrante da atual administração do MP e coordenador da área criminal do órgão. Pedro ficou em primeiro lugar na votação de dois anos atrás e, nesta eleição, conta com o apoio nos bastidores de dois ex-procuradores-gerais. Em sua campanha, defendeu que é preciso apresentar soluções criativas e uma “gestão inovadora, que saia do lugar comum e consiga trazer recursos para instituição” (veja aqui). Ediene, que teve 266 votos, é a atual procuradora-geral e mantém uma boa relação com o chefe do Executivo e na última eleição também não ficou em primeiro lugar na lista tríplice. Ao votar nesta manhã, prometeu “novos ajustes” e ampliar a interlocução do órgão com instituições externas(veja aqui). Alexandre Cruz, ex-presidente da Associação do Ministério Público da Bahia (Ampeb), teve 233 votos. Em entrevista ao Bahia Notícias, ele diz vivenciar e conhecer bem os problemas e carências institucionais, o que pode auxiliar seu trabalho à frente do MP-BA (veja aqui). Aurisvaldo Sampaio, que também concorria, teve 106 votos. Agora, o governador Rui Costa poderá decidir quem será conduzido – ou reconduzido – ao cargo. O gestor não precisa respeitar a ordem da votação. 

Bahia Notícias

PM’s são presos por criticar soltura de mulher presa com oito armas Punidos policiais que criticaram soltura de mulher com 8 armas

OITO DIAS PRESOS 08
Davi Soares
 Diário do Poder

Associação de policiais federais defende manutenção de voto impresso nas eleições

Quarta, 07 de Fevereiro de 2018

Associação de policiais federais defende manutenção de voto impresso nas eleições

Foto: Roberto Jayme / Ascom TSE

Contrários ao recadastramento biométrico, peritos da Polícia Federal (PF) defendem o modelo de votação impressa. Em documento, a associação que representa a categoria afirma ter concluído “que a impressão do voto é necessária para aprimorar a segurança e o sistema de auditoria do processo eleitoral”. A informação é do blog Painel, da Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, em outro trecho eles defendem que “é preciso haver uma forma não eletrônica de auditoria, que não possa ser adulterada sem acesso físico”. No âmbito estadual, eleitores de 51 municípios baianos, incluindo Salvador, tiveram o dia 31 de janeiro como prazo obrigatório para o recadastramento. De acordo com dados do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), 78,50% dos eleitores do Estado foram biometrizados.

Bahia Notícias

CRISTIANE BRASIL É INVESTIGADA POR ASSOCIAÇÃO AO TRÁFICO DE DROGAS O INQUÉRITO APURA SUSPEITAS DE TRÁFICO DE DROGAS E ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO

MINISTRA NOMEADA
Publicado: 03 de fevereiro de 2018 às 10:05 – Atualizado às 10:25
Redação

MP-BA abre concurso para promotor de Justiça Substituto com salários de R$ 23 mil

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) publicou nesta sexta-feira (2) o edital do concurso para promotor de Justiça Substituto, com remuneração de R$ 23.284,14. Ao todo serão oferecidas 20 vagas.

A inscrição custa R$ 230 e deve ser feita exclusivamente via internet pelo site do MP-BA, a partir da próxima segunda-feira. Os interessados em concorrer às vagas têm até o dia 5 de março.

Para o cargo, o candidato deve ter concluído o curso de Bacharelado em Direito e ter exercido três anos de atividade jurídica após a conclusão da graduação. O concurso terá validade de dois anos, contados da sua homologação, e poderá ser prorrogado por igual período.

  • CHOCOLATE DE ILHÉUS APARECE ENTRE OS SETE MELHORES DO MUNDO
    16 de Março de 2018 | 15:50

    Um mais importantes jornais do sul do País, o Gazeta do Povo, de Curitiba, publicou ontem (13) reportagem especial, em seu caderno de turismo “Viver Bem”, que aponta Ilhéus entre as sete cidades produzem alguns dos melhores chocolates do mundo e são inspirações para o destino de férias de quem ama a iguaria. Reportagem assinada […]

    No Comments

  • PGR recorre de decisão e pede restabelecimento de condução coercitiva
    14 de Março de 2018 | 09:48

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu de decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que, por meio de liminar concedida em dezembro, proibiu a condução coercitiva de investigados para interrogatório em todo o País. O recurso foi enviado ao ministro, relator do caso, nesta segunda-feira (12). A determinação de Gilmar atendeu […]

    No Comments

  • RSSArchive


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia