WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
março 2018
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

:: 12/mar/2018 . 14:10

Venda e comercialização do Minha Casa Minha Vida geram denúncias dos moradores e de contemplados “excluídos pelo sistema perverso”

Pouco mais de 10 dias em que os 600 “contemplados” pelo programa Minha Casa Minha Vida do bairro Teotônio Vilela, em Ilhéus, assinaram os contratos para, finalmente poderem realizar o “sonho” de terem a casa própria, as dúvidas e informações já chegam as redações do nosso site com notícias, que podem gerar processo aos gestores do programa, assim como a suspenção do contrato de alguns contemplados. Isto porque há denúncias, que apontam venda e comercialização ilegal dos apartamentos, que teoricamente, deveriam ser destinados a pessoas de baixa renda, mas que respeitem as regras estabelecidas no contrato.

“Tem casas que eram para deficientes e estão sendo vendidas. A mulher trocou o apartamento dela por uma casa no mangue e levou mais 150 reais”, informa uma moradora que também denuncia que as unidades estão sendo transformadas em mercadinhos e “puxadinhos”.

Sabe-se que o contrato e a lei estabelecem que as famílias, ao longo de 10 anos, não poderão alugar, ceder e vender as unidades habitacionais, sob pena de devolverem, integralmente, os subsídios recebidos ou, na falta deste procedimento, perderem o direito ao imóvel.

Porém, a ausência de fiscalização e a grande suspeita de fraude do programa, que iniciou-se com a remontagem da lista dos contemplados, que retirou “nomes” e colocou “outros nomes”, sem a devida explicação para sociedade, podem desencadear dores de cabeça ao governo de Mario Alexandre e sua esposa, que por sinal é a secretária da pasta que seleciona a lista dos contemplados pelo programa.

da Redação

Descaso da Prefeitura gera insegurança aos visitantes do Plano Inclinado em Ilhéus

Para quem ainda não se convenceu sobre a qualidade da atual gestão de Ilhéus, basta olhar para os lados e tirar suas próprias conclusões. A beleza histórica dos pontos turísticos da cidade, vem sendo ignorada pelo senhor Mario Alexandre e seus “capachos”, que apenas servem para ocupar espaço na folha de pagamento do município. Trabalho que é bom, nada.

Um forte exemplo está em uma das mais belas vistas da cidade. O Plano Inclinado, mirante localizado na rua Monsenhor Evaristo, costuma atrair centenas de turistas, visitantes e admiradores das paisagens que Ilhéus oferece. Mas, atualmente as imagens que arriscam a serem fotografadas lá, perigam registrar tragédias anunciadas.

                                 

O mirante encontra-se  sem proteção, amplamente danificado, com rachaduras no piso, sem o mínimo de segurança para quem deseja usufruir da beleza da vista de Ilhéus.

Segundo o que relata moradores do logradouro conhecido como Rua das Oficinas, localizado a baixo do Plano Inclinado, o mirante vem apresentando deslizamentos de terras, o que vem causando pânico em dias de chuva, pois há riscos de desabamento, que podem gerar vitimas fatais.

Tal descaso é o símbolo mais deplorável do real significado de uma má gestão, que pensa unicamente em usurpar o dinheiro público, sem se preocupar com a qualidade patrimonial nem com o bem estar dos cidadãos que dele necessita.

O que é mais deprimente é sabermos que os turistas chegam em Ilhéus e encontram a situação atual, eles seguem para Itacaré e Porto Seguro.

Da redação

Brasil tem mais de 37 mil vagas abertas em concursos públicos

Em todo o Brasil, pelo menos, 37.477 vagas de concursos estão abertas atualmente. Os órgãos federais oferecem 4.726 delas. O certame do Banco do Brasil, aberto na última quarta-feira (7), tem 30 vagas imediatas para o cargo de escriturário, com remuneração de R$ 2.718,73. As locações serão para o DF, RJ e SP. Os interessados devem se inscrever pelo site cesgranrio.org.br até o dia 27 de março. A taxa é  de R$ 48.

No concurso da Aeronáutica, as inscrições vão até hoje (12/3) pelo site fab.mil.br, com taxa de R$ 60. Ao todo, são 227 oportunidades com remuneração de até R$ 3.584. As vagas são para as  especialidades de aeronavegantes, não-aeronavegantes e controle de tráfego aéreo.

Há oportunidades também na Marinha. O certame oferece 1.300 vagas para nível médio com remuneração de até R$ 3.825. A distribuição vai ocorrer de acordo com as necessidades da Administração Naval. As inscrições seguem até o dia 30, no site marinha.mil.br/cgcfn. Inscrição a R$ 30.

A Amazônia Azul Tecnologias de Defesa abriu concurso público para 20 vagas, em São Paulo, com salário de R$ 7.114,22. Os interessados devem se inscrever presencialmente até o dia 20 de março. A taxa é de R$ 100.

A Força Aérea Brasileira (FAB) abriu 21 oportunidades para controlador de tráfego aéreo. O cargo é para nível médio e exige  curso técnico de informática. As inscrições devem ser realizadas até o próximo dia 23, no site fab.mil.br. A remuneração chega a R$ 3.584.

 Na Bahia

O destque entre as seleções com vagas na Bahia nesta semana é o concurso do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba), que oferece quatro vagas para professor substituto. As inscrições vão até o dia 19, com taxa de R$ 70. O rendimento inicial será de R$ 3.117,22, mais auxílio-alimentação e R$ 458.

fonte: Correio da Bahia

Avião cai em aeroporto do Nepal e deixa mortos

Um avião de passageiros caiu enquanto aterrissava no aeroporto de Katmandu, capital do Nepal, na manhã desta segunda-feira (12), deixando 50 mortos, de acordo com a Reuters e Associated Press. A aeronave da companhia aérea bengalesa US-Bangla transportava 67 passageiros e quatro tripulantes.

O general Gokul Bhandari, porta-voz do exército do Nepal, afirmou que o balanço de vítimas não está claro mas que 50 pessoas morreram no acidente, segundo a Associated Press. Responsáveis do Kathmandu Medical College, hospital mais próximo do aeroporto, disseram que estão atendendo 16 sobreviventes.

A BBC afirma que o avião caiu do lado leste da pista do aeroporto Tribhuvan e que a aeronave pousaria às 14h20 no horário local (5h30, em Brasília), citando informações do site de monitoramento aéreo FlightRadar24.

As causas do acidente ainda são investigadas e ainda não está claro, segundo a Reuters, se o piloto acionou o sinal de socorro.

O gerente-geral do aeroporto, Raj Kumar Chettri, afirmou à Reuters que momentos depois do avião conseguir autorização para pousar, o piloto comunicou à torre de comando que queria se dirigir à posição nordeste. Questionado se havia algum problema, ele negou.

O avião foi visto dando duas voltas na direção nordeste e o piloto foi novamente interrogado pela torre de comando. Mas ele voltou a negar qualquer problema.

A torre de comando, então, comunicou ao piloto que o alinhamento da aeronave estava incorreto. Chettri afirmou que o avião tocou a barreira de cerca o aeroporto, tocou no solo e pegou fogo.

A aeronave Bombardier Q400, que sofreu o acidente, tinha 17 anos. A empresa lamentou o ocorrido e afirmou que divulgará mais informações posteriormente.

A imprensa local informou que o aeroporto foi fechado após a queda do avião.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia