O projeto de duplicação da BR 415 ainda está em fase de elaboração, afirmou o Advogado Vinicius Briglia durante edição desta sexta-feira (22) do programa O Tabuleiro, apresentado pelo comunicador Vila Nova na Ilhéus FM. De acordo com Briglia foi dada a ordem de serviço, para inicio das obras mas o projeto básico e executivo só será elaborado após levantamento cadastral que está sendo realizado nos imóveis que serão desapropriados para a duplicação.

A Obra da Duplicação da Rodovia foi feita pelo regime DRC (Regime Diferenciado de Contratações Públicas), nesse regime a empresa que faz o projeto também executa a obra. Dessa forma a Empresa OAS, vencedora da licitação, está sondando onde os imóveis serão atingidos para calcular o valor das indenizações que será paga pelo governo aos proprietários de terra que serão atingidos pela obra.

Ainda de acordo com Briglia, que está representando os proprietários, nem sempre o estado paga um valor justo indenizatório. Mas ele acredita que o processo será feito de forma tranquila, a preocupação é que se atinja o valor real do imóvel.

“A maioria dos imóveis que eu represento são áreas privilegiadas, existem produção de cacau, não é uma área de mato, mas uma área produtiva, tem que ser um valor diferenciado. Nossa constituição prevê um valor justo com base no valor do imóvel”. Afirmou.

Ilhéus em Resumo