E o descaso não para. Dentre os inúmeros problemas, enfrentados pela população de Ilhéus, conviver com esgoto a céu aberto tem sido um dos que mais afronta a dignidade dos cidadãos, devido aos dramas que a situação apresenta aos moradores, que são obrigados a passarem pelas localidades se expondo a doenças, odores, infecções, transtornos que revoltam os cidadãos ilheenses.

“Não somos animais, não somos bichos. Precisamos de respeito e dignidade”, disse uma moradora da rua Anísio Pereira, localizada no bairro da Conquista, em denuncia enviada a nossa redação, informando o caos enfrentado pela população com esgoto a céu aberto.

“Nossas crianças não podem andar por dentro de esgotos, porque nesta cidade nem a saúde de qualidade temos. Tivemos, nós os moradores, que dá um jeitinho colocando pedras ao redor para água não se espalhar por toda a rua. As crianças estavam andando na água de esgoto, isso é um absurdo”, concluiu a moradora.

por Caliana Mesquita