Alunos de Itabuna do Instituto Federal da Bahia – IFBA, na BR-415 e do Serviço Social da Indústria – SESI, em Ilhéus e trabalhadores continuam a saga para chegar em suas instituições de ensino e locais de trabalho. Segundo relatos, todos os dias vivem uma verdadeira odisseia com veículos lotados e motoristas apressados. “Nas curvas é uma Deus nos acuda”, disse uma usuária. “Todos os dias é esse descaso e ninguém toma uma providência”, desabafou um estudante.

E o desrespeito não para por ai, de acordo com os usuários. Os horários informados nunca são cumpridos, mesmo com os motoristas circulando em alta velocidade. As pessoas que moram em Itabuna e trabalham em Ilhéus, também sofrem com a situação. “Só viajo em pé, todos os dias”, informou uma comerciária.

Ipoitica