Uma das figuras mais emblemática do catolicismo ilheense, o Padre Miro, hoje intitulado Bispo da Diocese de Guarabira, na Paraíba, construiu sua vida pautada na fé e na palavra de Deus, dentro dos preceitos religiosos, tornando-se uma referência para os fiéis da Igreja Católica na cidade de Ilhéus e em toda região sul da Bahia.

Natural da cidade de Ibirataia (BA), Aldemiro Sena dos Santos, formou-se em Filosofia e Teologia pelo Instituto de Teologia de Ilhéus. Em 1992, foi ordenado sacerdote da Catedral de São Sebastião. Exerceu por três anos o posto de reitor do Seminário Menor São Domingos Sávio, e assumindo, também a Paroquia Nossa Senhora da Escada, em Olivença.

Entre os anos de 1996 e 1998, Padre Miro, exerceu o sacerdócio na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Barro Preto, e logo após tornou-se pároco da Paroquia Nossa Senhora Aparecida e coordenador do Centro de Treinamento de Lideres Santa Cruz, ambas dentro da cidade de Ilhéus.

Representou o clero diocesano entre os anos de 2006 à 2014, e foi nomeado em 2007 como pároco da Paroquia São Francisco de Assis, em Ilhéus.

Nos anos de 2013 e 2014, Padre Miro, assumiu o presbitério do regional Nordeste III da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e de 2015 à 2017 foi pároco da Paroquia São Jorge e Catedral de São Sebastião, além de ecônomo da diocese e presidente da Sociedade São Vicente de Paulo, que agrega o abrigo para idosos, em Ilhéus.
Em outubro de 2017, a Nunciatura Apostólica no Brasil, divulgou a decisão do Papa Francisco, em nomear o Padre Adelmiro Sena, como Bispo da Diocese de Guarabira, na Paraíba. A decisão emocionou os fieis do catolicismo ilheense, pois foi a primeira vez na história da cidade que o Papa nomeou um Bispo oriundo da Diocese de Ilhéus.
“ O Padre Miro é um espelho para todas as gerações de fieis que acreditam no catolicismo. Ele representa o coração da nossa igreja. Ficamos tristes pela saída dele, mas sabemos que Guarabira, estará ganhando um presente de Deus, em tê-lo como Bispo”, disse o fiel Dr. Cosme Araújo, católico atuante que sempre fez questão de prestigiar as Missas do Padre.

As sensações de tristeza e alegria, também tomaram conta do novo Bispo da Diocese de Guarabira. “ Foi uma surpresa pra mim e acredito que também para o povo e muitas pessoas falam exatamente da alegria, mas ao mesmo tempo, tristeza, porque vou sair daqui da cidade, vou ficar um pouco distante, mas sabemos que uma missão nossa deve ser uma missão além fronteiras”, disse em entrevista divulgada pelo site Portal Católico.

por Caliana Mesquita