Os motoristas que utilizam o sistema ferry-boat enfrentam uma longa espera na fila nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (1º), no terminal de São Joaquim, em Salvador.

os passageiros que adquiriam o bilhete com hora marcada conseguem embarcar imediatamente, já os demais veículos são liberados apenas cinco por vez.

A reportagem entrou em contato com a Internacional Travessias, responsável pelo sistema, que negou a prioridade para carros com hora marcada. Segundo a empresa, o tempo médio de espera para motoristas é de duas horas devido ao funcionamento de apenas quatro embarcações. Os ferrys Ana Nery, Rio Paraguaçu e Dorival Caymmi estão passando por manutenção e por isso não estão operando nesta sexta. Ainda conforme e empresa, o embarque para pedestres é imediato