Ex- governador Beto Richa vira réu por corrupção passiva e organização criminosa

Foto: Sandro Nascimento/Alep

O ex-governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), virou réu por organização criminosa e corrupção passiva, segundo o portal G1.

O tucano foi denunciado pela Operação Integração, que investiga pagamento de propina ao tucano e outros agentes públicos por empresas de pedágio no Paraná.

O ex-governador foi preso no dia 25 de janeiro, mas foi solto por decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha.