WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: jun/2019

PC cumpre mandado e captura criminosos no Centro Histórico

Uma operação integrada da Polícia Civil, deflagrada no Centro Histórico de Salvador, na tarde de sexta-feira (28), cumpriu mandado de prisão e capturou criminosos envolvidos em roubos, furtos e tráfico de drogas. Os alvos foram encontrados após ações de inteligência e informações do Disque Denúncia.
Durante as diligências os policiais civis encontraram Eliomar de Souza Braz, que possuía mandado de prisão em aberto. Na sequência um homem, ainda não identificado, foi flagrado vendendo entorpecentes e terminou capturado.
Na mesma região foi localizado um detento de prenome Gabriel, custodiado em regime domiciliar, monitoraro por tornozeleira eletrônica. Como porções de drogas foram encontradas nos bolsos da roupa que ele usava, a Justiça será comunicada e decidirá se mantém o benefício da liberdade provisória.
Ainda na mesma área um outro criminiso, sem identificação, foi preso com um celular roubado e outros três suspeitos de assaltos na região foram conduzidos.
“Desenvolvemos ações constantes no Centro Histórico com focos no combate ao tráfico de drogas, aos roubos e furtos. Infelizmente na região temos alguns moradores de rua e menores em situações vulneráveis e que praticam crimes para sustentarem o vício e se alimentarem. É preciso que órgãos ligados à defesa social também façam a sua parte”, comentou o diretor do Departamento de Inteligência Policial (DIP), delegado José Eduardo.
Além do DIP, participaram também da operação equipes da Polinter e dos departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Crimes Contra o Patrimônico (DCCP), Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e de Polícia Metropolitana (Depom)

PM ajuda a encaminhar múltiplos órgãos para central nacional

Guarnições da 29ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Seabra) ajudaram, na tarde de sexta-feira (28), no transporte rápido de múltiplos órgãos. Os materiais foram encaminhados para a Central de Transplantes do Brasil.
A unidade da PM foi solicitada e encaminhou, de maneira rápida e segura, os órgãos do Hospital Regional da Chapada, na cidade de Seabra, até o Aeroporto do município de Lençóis.
“Foram 71 km percorridos com muita responsabilidade, pois levamos a esperança de vida para outras pessoas”, relatou o comandante da 29ª CIPM, major Nélson Normando Júnior.

PMs resgatam bebê abandonado na cidade de Camaçari

Criança foi achada, na manhã deste sábado (29), por guarnição do 12° BPM. Caso foi registrado na 18ª Delegacia Territorial.
Uma guarnição do 12° Batalhão da Polícia Militar (BPM/Camaçari) encontrou, na manhã deste sábado (29), um bebê do sexo masculino abandonado. Ao lado da criança estava uma pasta com documentos.
Os militares faziam patrulhamento de rotina, na cidade de Camaçari, quando foram avisados por transeuntes sobre um bebê deixado na Avenida Jorge Amado. Chegando no local indicado foi confirmada a denúncia.
Após acolhimento da criança e acionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), uma mulher, aparentando ter distúrbio mental, apareceu alegando ser a mãe.
O caso foi registrado na 18a Delegacia Territorial (DT/Camaçari) que acionou representantes de orgão ligados à defesa da criança.

Polícia impede que filho agrida mãe com machado

Guarnições do 20° Batalhão da Polícia Militar (BPM/Paulo Afonso) impediram, na manhã deste domingo (30), que um filho agredisse a mãe com um machado. Alertados pelo Centro Integrado de Comunicações (Cicom), os militares chegaram rapidamente e flagraram a casa parcialmente destruída.
A ocorrência foi aberta às 6h quando um vizinho da mãe e do filho ligou para o 190 e relatou que algo de estranho acontecia. Chegando no imóvel, situado no bairro Jardim Aeroporto, em Paulo Afonso, Jeferson Rodrigues da Silva, 19 anos, se recusou a ser preso e os militares usaram força moderada para neutralizá-lo.
Dentro da casa, móveis e aparelhos eletrônicos foram destruídos pelo jovem que, no momento da abordagem, segurava um machado. Ele e a mãe foram conduzidos até a Delegacia Territorial da cidade. Na unidade da Polícia Civil a genitora informou que não desejava formalizar o caso, porém, seu filho foi autuado por dano e ameaça, como prevê a Lei Maria da Penha.

Por vaga na semifinal, Uruguai e Peru se enfrentam na Arena Fonte Nova

Por vaga na semifinal, Uruguai e Peru se enfrentam na Arena Fonte Nova

Guerrero e Cavani são os destaques | Fotos: Tiago Caldas / BN | Divulgação / AUF

É dia de decisão na Arena Fonte Nova. Uruguai e Peru se enfrentam neste sábado (29), às 16h, na Arena Fonte Nova, por uma vaga na semifinal da Copa América. O meia uruguaio Arrascaeta cobrou atenção redobrada ao seu time.

 

“Temos que estar focados e tomar as precauções devidas. O Peru tem uma equipe compacta e dinâmica, que sobressai no meio campo”, afirmou.

 

Após o último jogo do Uruguai, o técnico Óscar Tabárez também elogiou a atual geração de jogadores do Peru ao destacar que o país voltou a disputar uma Copa do Mundo após 36 anos de ausência. Além de ter minimizado as consequências da goleada sofrida pelo adversário para o Brasil, na última rodada da fase de grupos da Copa América.

 

“Esses golpes às vezes fazem os times se transformar. O Peru fez uma grande Eliminatória para a Copa, voltou a jogar um Mundial depois de 36 anos e têm grandes jogadores”, comentou.

 

Apesar dos elogios ao adversário, o Uruguai tem uma arma mortal: seu ataque. Com Suarez e Cavani juntos em campo, o Uruguai já anotou 136 gols em 77 jogos. E a dupla balançou as redes 71 vezes. Nesta Copa América, cada um deles marcou duas vezes em três partidas disputas. Ou Gallese terá que tomar cuidado para não ser obrigado a ir muitas vezes no fundo gol buscar a bola como aconteceu no duelo com o Brasil.

 

PERU

No início desta semana, o Peru perdeu um dos seus principais jogadores nesta Copa América. O atacante Jefferson Farfán sofreu uma lesão no joelho esquerdo e foi cortado da equipe. Porém, os peruanos tem outra arma ofensiva para encarar o Uruguai. Os peruanos apostam no histórico do seu camisa 9, Guerrero, diante do goleiro Muslera, da Celeste.

 

Com um perfil semelhante a Suárez e Cavani, a esperança de gols peruana também une técnica, raça, força e bom no jogo aéreo. Em nove encontros entre as duas seleções, Guerrero balançou as redes de Muslera quatro vezes. Inclusive o último embate aconteceu pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 e terminou com a vitória do Peru, de virada, por 2 a 1, e o camisa 9 foi quem marcou o primeiro da reação. Apesar do bom retrospecto, o atleta do Internacional elogiou os adversários.

 

“Não é mistério como o Uruguai joga. Todo mundo conhece o seu poderio e como jogam. Assim como eles nos estudaram, nós os estudamos. A partida de amanhã vai depender de nós mesmos. Estamos um pouco ansiosos, mas tranquilos e confiantes para a partida de amanhã. A ideia é passar para a fase seguinte”, explicou.

 

Aos 36 anos, Paolo Guerrero voltou a jogar em abril depois de cumprir suspensão por doping, flagrado ainda na última eliminatória do Mundial. Nesta Copa América, ele anotou seu primeiro tento na vitória sobre a Bolívia, pela primeira fase.

 

FICHA TÉCNICA
Uruguai x Peru
Copa América – Quartas de final

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 29/06/2019 (sábado)
Horário: 16h00
Árbitro: Wilton Sampaio (BRA)
Assistentes: Kleber Gil e Rodrigo Correa (ambos do Brasil)
VAR: Patricio Loustau (ARG)

 

Uruguai: Muslera; González, Godin, Gimenez e Cáceres; Bentancur, Valverde, Nandez e Arrascaeta; Cavani e Suarez. Técnico: Óscar Tabárez.

 

 

Peru: Gallese; Advincula, Zambrano, Abram, Trauco, Tapia, Yotún, Carrillo, Cueva, Florez e Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

Camacan: casa pega fogo após explosão de botijão de gás

Camacan: casa pega fogo após explosão de botijão de gás

Foto: O Tempo do Jornalismo / Divulgação

Uma casa pegou fogo depois que um botijão de gás explodiu na tarde desta sexta-feira (28), em Jacareci, distrito da cidade de Camacan, no sul da Bahia.

Ao G1, a Polícia Militar informou que o acidente aconteceu após que um idoso mexeu no botijão. Ninguém ficou ferido, mas a residência foi completamente incendiada.

Vizinhos contaram à polícia que o idoso, que não teve a identidade relevada, está na casa de familiares. Não há informação se ele morava sozinho.

Homem oferece R$ 19 mil a PMs para evitar flagrante em SSA

Caso aconteceu, na noite de quinta-feira (27), no bairro de Itapuã. A Rondesp Atlântico conduziu dois criminosos.

Luís Henrique Franco das Neves, 29 anos, flagrado com certa quantidade de maconha e uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsificada ofereceu R$19 mil a PMs das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico para não ser conduzido a uma unidade policial. O caso aconteceu, na noite de quinta-feira (27), no bairro de Itapuã.


Os militares faziam rondas, naquele bairro, quando pararam o veículo modelo Voyage, placa QNG7J35, dirigido por Luís. Durante abordagem foram encontradas porções de maconha e o condutor apresentou o documento irregular.


Quando o homem ficou sabendo que seria conduzido para Central de Flagrantes, levou os militares até a sua residência, na mesma região, e ofereceu R$ 19 mil em espécie para ser solto. Na casa foram encontradas duas porções de cocaína com Rafaela Bispo dos Santos, 36, que também apresentou um documento de identidade falsificado.


A dupla foi conduzida e apresentada na Central de Flagrantes. “Excelente trabalho da guarnição. Esperamos que esse caso sirva de exemplo para outros criminosos. Nossa tropa é honesta e digna”, ressaltou o comandante da Rondesp Atlântico, major Edmundo Assemany.

20º Batalhão realiza prisões em Paulo Afonso e Chorrochó

Nesta quinta-feira (27), quatro criminosos foram presos e três adolescentes apreendidos, em diversas ações realizadas pela unidade policial na região.

O 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Paulo Afonso realizou, nesta quinta-feira (27), várias ações no município e também em Chorrochó, prendendo, em momentos distintos, Jônatas Santos da Silva, 18 anos, e Mauro César Bertoldo Júnior, além dos irmãos Alysson Vicente Lima, 20, e Danilo Nascimento Vicente 19. Também três adolescentes, que tinham furtado uma residência, foram apreendidos.

Jônatas Santos da Silva, conhecido como ‘Jonh’, foi localizado em casa, com duas pedras de crack, uma balança, quatro celulares e R$ 110 e encaminhado para a Delegacia Territorial de Paulo Afonso, onde ficou constatado que, quando menor, já acumulava diversas entradas por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Já no bairro da ‘Prainha’, uma guarnição do 20º BPM recebeu denúncia de que Mauro César Bertoldo Júnior, com mandando de prisão em aberto, porte ilegal de arma de fogo, estava escondido no local. Preso e encaminhado para a delegacia, Mauro César teve ali o mandado cumprido.

Em Pedro Alexandre, no povoado de Malhada Nova, foram presos num bar Alysson Vicente Lima e Danilo Nascimento Vicente. Com eles, a polícia encontrou R$ 1.230, em notas de R$ 10 e R$ 20 falsas, e um simulacro de arma de fogo.

Eles, que foram autuados em flagrante e encaminhados para a Delegacia Territorial de Paulo Afonso, confessaram que iriam para a cidade de Carira, em Sergipe, e que compraram as notas falsas pela internet, recebendo-as via Serviço de Encomenda Expressa de Documentos e Mercadorias (Sedex)”, disse o comandante do 20ª BPM, coronel Carlos Humberto da Silva Moreira.

Uma ação integrada das polícias Militar e Civil, realizada em Chorrochó, localizou, com a ajuda de câmeras de segurança do local, três menores que praticaram furto qualificado numa residência. Eles estavam de posse de um celular iPhone 6, dois smartfones, três relógios e R$ 786 e o conselho tutelar foi acionado para conduzi-los até a Delegacia Territorial de Chorrochó, quando foram realizados os procedimentos cabíveis e o material apreendido devolvido aos donos. “Estas ações fazem parte de nossa rotina”, afirmou o coronel Carlos Humberto, garantindo que “estamos trabalhando intensamente para reduzir a criminalidade na área”

5°GBM conclui curso de atendimento pré-hospitalar

Na manhã desta sexta-feira (28), o 5° Grupamento de Bombeiros Militar (5°GBM) de Ilhéus formou a primeira turma do curso de Atendimento Pré-Hospitalar (APH). O objetivo do aprimoramento é aumentar o conhecimento da tropa, além de dar um melhor primeiro atendimento às vitimas de incidentes.
A turma foi composta por 29 alunos, sendo 21 bombeiros militares do 5°GBM, seis policiais militares, um condutor do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e um guarda portuário da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba). Divididas em teorias e práticas, as aulas tiveram carga horária de 200h/a, sendo 36h de estágio, quando os participantes atuaram em ambulâncias do 12°GBM/Salvar.
“O tempo entre o acidente e a admissão hospitalar é extremamente importante para reduzir as sequelas da vítima, assim como o socorro inicial realizado de forma adequada otimiza as chances de recuperação”, explicou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) coronel BM Francisco Telles.
Simulados práticos e disciplinas como sistema de comando de incidentes, além de retirada e transporte de vítimas de veículos acidentados fizeram parte do cronograma. O CBMBA tem investido em aperfeiçoamento para a tropa e equipamentos de ponta para o atendimento nas mais variadas ocorrências.

Academia é condenada por não pagar direitos autorais de músicas tocadas no estabelecimento

A 6ª Vara Cível de Vila Velha condenou uma academia a pagar R$12 mil de taxas exigidas pelo Escritório de Arrecadação e Distribuição – ECAD. O valor é referente aos direitos autorais que decorriam da utilização de músicas que eram executadas no local.

De acordo com o ECAD, a academia já havia sido notificada para regularizar sua situação, o que não ocorreu. Por consequência, o autor ajuizou uma ação de cobrança com intuito de que a ré deixe de tocar músicas sem antes pagar as taxas necessárias. Além disso, o ECAD pede para que a academia seja condenada ao pagamento de R$12 mil referentes ao período de fevereiro de 2015 a maio de 2017.

Em sua defesa, a ré alegou que o ECAD não apresentou provas sobre o fato e que ele não possui legitimidade para cobrança de obras musicais internacionais. “[…] A presente demanda não aponta sequer uma das músicas que teriam sido veiculadas e que o tenha feito sem a devida autorização”, afirmou.

Em análise da ação, o magistrado observou que o art. 99 da lei 9.610/98 prevê que o escritório possui competência para arrecadar as referidas taxas. O juiz também afirmou que a academia não apresentou nenhuma prova em sua defesa. “A empresa requerida não comprova que tenha solicitado a autorização ou recolhido a taxa. Ademais pela natureza e finalidade da atividade exercida pela requerida (academia) de fato utiliza-se e executa obras musicais”, destacou.

Em sua decisão, o juiz sentenciou a academia a deixar de tocar músicas sem o recolhimento anterior da taxa junto ao ECAD, bem como condenou a ré ao pagamento de R$ 12.004,92 referentes às taxas em atraso.

R$ 12 mil: neto faz empréstimo em nome da avó e juiz manda banco indenizar idosa

O juiz Eduardo Perez Oliveira, da comarca de Fazenda Nova, declarou a nulidade dos débitos contraídos no nome de Divina Alves Batista, de 88 anos, e condenou o Banco Bradesco a indenizá-la por danos materiais, tendo de devolver o valor retido de suas contas bancárias. O neto foi quem fez um empréstimo no nome da idosa.

Além disso, o banco deverá indenizá-la por danos morais no valor de R$ 12 mil. Consta dos autos que a idosa vive sozinha em Novo Brasil, sendo que tem sua conta bancária apenas para receber a pensão e a aposentadoria no final do mês. Ela não tem qualquer conhecimento do uso de tecnologia. No entanto, seus rendimentos passaram a vir com desconto e verificou-se que foram feitos empréstimos em seu nome.

Destaca que quem teria contraído o empréstimo teria sido seu neto, Guilherme Pereira Batista, que utilizou-se de um aplicativo do banco em celular, comprometendo cerca de 80% dos rendimentos da autora, somando dívidas no valor de R$ 50 mil.

De acordo com o magistrado, é incontroverso também que o neto de Divina apoderou-se, de forma criminosa, de seu cartão e dados, revirando a gaveta no qual ela os escondia, e os utilizou para desbloquear o uso via canal de atendimento da instituição financeira. Também é inquestionável, segundo o juiz, que, com o cartão de crédito habilitado e demais dados, o neto da idosa fez empréstimos e ainda passou o cartão no valor de dezenas de milhares de reais em seu próprio estabelecimento, apropriando-se do dinheiro e se evadindo.

Eduardo Perez destacou que, por meio de prova produzida, que a idosa não foi negligente no cuidado com seus pertences. Pelo contrário, segundo ele, o banco enviou-lhe um cartão de crédito nunca solicitado. “Sendo pessoa mais idosa e sem entender do que se tratava, em vez de descartar, guardou o aludido cartão em local seguro, o qual foi descoberto por seu neto. Esse mesmo neto teria contatado o banco e liberado o cartão, utilizando-o da forma narrada. A situação é bastante clara sobre quem cometeu o ilícito”, salientou.

Para o juiz, o dever do banco era, primeiro, de não mandar cartão de crédito não solicitado ao consumidor. Porém, mesmo assim enviou. Ao receber, a idosa não o desbloqueou e apenas o guardou. “Exerceu bem o dever de guarda de algo que sequer deveria ter sido enviado. A própria parte demandada aumentou seu risco ao enviar aleatoriamente o aludido cartão, que foi subtraído por terceiro. Segue o segundo erro do banco Bradesco: liberou o uso de cartão de crédito por telefone de uma senhora de 87 anos de idade sem conferir quem estava ligando. Certamente não era alguém com a mesma voz da autora”, pontuou.

Outro erro

Ainda segundo o magistrado, um outro erro por parte da instituição financeira ficou comprovado, pois o banco não só liberou o cartão indevidamente, como não viu nada de anômalo no uso do cartão de crédito em dezenas de milhares de reais num único estabelecimento de pouco ou nenhum movimento de uma cidade de menos de 4 mil habitantes. “Mais grave, a autora afirma, e isso não foi desmentido, nunca ter utilizado o banco para obter empréstimo, nunca ter se valido de cartão de crédito, internet banking. Alias, a parte demandante tirava seu dinheiro todo mês e guardava em casa, quiçá até debaixo do colchão e mesmo assim o sistema do banco não viu nada de errado e validou todas as operações, como também cobrou a idosa”, frisou.

Para Eduardo Perez o banco não ofereceu segurança e demonstrou falhas humanas e de sistema, a começar pelo ato abusivo de enviar produto não solicitado pelo consumidor que gerou todo o problema. “É evidente a falha do serviço da parte ré, nos termos da legislação protetiva do consumidor. A parte autora não tem participação nenhuma no ilícito, que só ocorreu em razão da conduta do banco réu. Ve-se claramente presente o ato ilícito, o dano injusto, o nexo de causalidade entre um e outro e a culpa, embora pudesse ser vista como meramente objetiva pela natureza da relação. Diante de tais fatos, as dívidas contraídas em nome da parte autora devem ser consideradas nulas de pleno direito, pois feitas sem sua autorização e sem o devido cuidado pela parte ré”, enfatizou.

Integrantes da Cipe Polo participam de ciclo de instrução

Componentes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Polo Industrial participaram, nesta quarta-feira (26), de mais um ciclo de treinamento de ‘Técnica e Tática Policial Militar’ e de ‘Armamento e Tiro Policial’.

Eles receberam lições de montagem e desmontagem de porte e portáteis, técnicas e tática policial, instrução de tática individual, fundamentos de tiro e simulação de situações reais em pista de tiro.

Segundo o comandante da Cipe Polo, major PM Orlando Rodrigues, a atualização tem como objetivo alinhar o nível técnico do efetivo da unidade. “Nossa meta é treinar a tropa, com base em simulações de combate real, promover o alinhamento técnico e aumentar o conhecimento a respeito do armamento”, enfatizou.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia