WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: 15/jun/2019 . 7:07

Investigador da COE ganha certificado do Exército Brasileiro

Célio Maia Matos, lotado na COE, concluiu o estágio de Combate Corpo a Corpo oferecido pela força armada.

O investigador da Polícia Civil Célio Maia Matos, lotado na Coordenação de Operações Especiais (COE), recebeu na manhã desta sexta-feira (14), o certificado do curso Combate Corpo a Corpo, promovido pelo Exército Brasileiro. A solenidade de conclusão aconteceu no 6° Batalhão de Polícia do Exército, na Avenida Luís Viana Filho (Paralela).

A capacitação contou com a participação de 32 militares da Aeronáutica, Marinha e do Exército. Célio, único policial do Estado presente no curso, é faixa preta e 3° Dan de Karatê e faixa marrom de Aikido.

“Importante sempre treinar e aprender novas doutrinas. Todos os ensinamentos serão multiplicados entre os policiais civis, tornando a nossa instituição cada vez mais forte e qualificada”, destacou Maia.

Banco é condenado por importunar cliente com diversas ligações de cobrança de dívida já quitada

Mo de um homem segura um celular do tipo smartphone

Por semanas o autor teria recebido diversas ligações, e-mails e mensagens da instituição financeira.

Um morador de Aracruz e um parente dele devem ser indenizados em R$4 mil após serem importunados durante semanas com diversas cobranças realizadas por um banco. A decisão é do 1º Juizado Especial Cível, Criminal e da Fazenda de Aracruz.

De acordo com os autores, eles foram perseguidos incansavelmente com e-mails, torpedos e ligações de cobrança indevida. Em todas elas o banco reclamava por uma dívida que já havia sido quitada pelo cliente do banco.

Em contestação, o réu afirmou que havia em seu sistema quatro parcelas da dívida em aberto. Tais prestações teriam sido quitadas quase um mês após a data apresentada pelo réu e, desde então, nenhum contato de cobrança fora feito.

Durante análise do processo, a magistrada destacou o art. 6º, do Código de Defesa do Consumidor, o qual estabelece que a parte autora deve ter o amparo dos seus direitos facilitado, uma vez que é considerada como vulnerável e hipossuficiente.

Em apreciação do caso, a juíza destacou que independente do consumidor estar devendo, este fato não legitima o credor a exteriorizar o fato de forma abusiva e desrespeitosa à dignidade do devedor.

“O credor tem todo direito de cobrar a dívida, desde que o faça dentro dos limites da lei […] Todavia, a maioria das empresas de cobrança preferem realizar “tática de tortura psicológica” contra os devedores, infernizando suas vidas, ligando para os seus telefones (fixo e celular), e enviando mensagens diversas vezes ao dia, não respeitando horários, fins de semana ou feriados e ainda ligando para vizinhos, amigos e para seu trabalho, sendo este o caso dos autos”, afirmou a magistrada.

Em sentença, a juíza também observou que o réu confirmou os fatos, apenas justificando que o débito existia e que promoveu a cobrança dele até o seu pagamento.

“Contudo, ainda que a dívida exista, tal fato não permite a realização de cobranças a ponto de perturbar a tranquilidade do devedor e deixá-lo exposto a situações vexatórias e constrangedoras. Portanto, mesmo sendo admitido o exercício do direito de cobrança pela parte credora, ligações em quantidade desarrazoada, envio de vários torpedos e e-mail, inclusive aos domingos, como ocorrera no presente caso, extrapolam o mero aborrecimento, caracterizando o dano moral”, destacou.

Diante disso, a juíza sentenciou o banco ao pagamento de R$2 mil a título de danos morais para cada um dos requerentes.

PM realiza varredura preventiva antibombas para Copa América

A 46ª edição da Copa América ocorrerá de 14 de junho a 7 de julho, porém o planejamento da Polícia Militar da Bahia (PMBA) iniciou há mais de um ano e já entrou em execução desde o último dia 9 de junho. As varreduras preventivas antibombas estão sendo realizadas em todos os locais que receberão as delegações e todos os veículos que as transportarão.

A Companhia Antibombas do Batalhão de Operações Policiais Especiais da PMBA (Bope) e a Companhia de Operações com Cães do Batalhão de Choque já realizaram as ações preventivas nos hotéis onde ficarão hospedadas as delegações e centros de treinamentos das seleções da Colômbia e Argentina, bem como os veículos que as conduzirão.

A mesma equipe de especialistas realizou na quarta-feira (12) a varredura em toda a Arena Fonte Nova. Todos os oito níveis do estádio foram vistoriados com equipamentos que detectam explosivos, agentes químicos e radioativos, cães farejadores e explosivistas em uma operação que durou seis horas. As varreduras ocorrerão durante todo o evento, chegada de novas delegações e nos dias de jogos.

Cadela detecta 52 quilos de maconha em veículo

O faro da cadela policial ‘Diva’ detectou, na noite desta quinta-feira (14), 52 quilos de maconha prensada escondidos num veículo que trafegava pela BR-367, nas proximidades do distrito de Pindorama, município de Porto Seguro. Diva participava da operação ‘Lei e Ordem’ realizada pelo 8ª Batalhão de Polícia Militar (Porto Seguro).

Willas Morais Lima, 23 anos, e Izabela Marques Bispo, 26, foram presos em flagrante por tráfico de drogas. O entorpecente, dividido em 65 tabletes prensados, estava escondido em uma mala de viagem, dentro do Chevrolet Onix, branco, placa FUY-3043.

De acordo com o comandante do 8º BPM, tenente-coronel Anacleto França, a operação se estendeu por toda a Costa do Descobrimento (Santa Cruz Cabrália, Belmonte e Porto Seguro) e o seu objetivo é ampliar a sensação de segurança na região. “Abordamos pessoas e veículos em pontos estratégicos e, num deles, a cadela identificou a presença de droga”, esclareceu.





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia