WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

:: ‘Blog’

DR. COSME ARAÚJO VENCE MAIS UMA NO TRIBUNAL DO JURI EM ILHÉUS

Em mais uma brilhante defesa, o Dr. Cosme Araújo venceu mais uma no Tribunal do Juri de Ilhéus. O experiente e bem conceituado criminalista conseguiu a absolvição do réu José Domingos Santos, acusado em 2015 de tentativa de homicídio contra sua esposa, Edilza Maria de Jesus Santos.

O julgamento, que ocorreu na manhã desta sexta-feira (24), foi presidido pelo Exmº Juiz de Direito, Dr. Gustavo Lyra,  e contou a atuação da Drª Darluse e Drª Geovana,  que assumiram a acusação do caso vindo a recorrerem da sentença, porém sem fundamentação.

O Dr. Cosme Araújo foi assistido pela advogada Drª Leiliane Meirelle e a estagiária de direito Andreia Santos, as quais atuam no escritório de advocacia Cosme Araújo.

por Caliana Mesquita

GRANDE CAMINHADA DO GOVERNADOR ZÉ RONALDO ACONTECERÁ NESTE SÁBADO

Ilhéus sediará neste sábado (25), a grande caminhada do futuro governador da Bahia, José Ronaldo, a partir das 9 horas da manhã, partindo da Praça da Catedral São Sebastião. O encontro reunirá lideranças politicas do Estado, comprometidas com o crescimento da Bahia e unidas para transformação da qualidade de vida do povo baiano , que atualmente sofre diante a má administração pública do atual governo.

Entre as personalidades que caminharão junto com Zé Ronaldo e sua vice governadora Mônica Bahia,  o prefeito de Salvador, ACM Neto, os candidatos ao senado, Jutahy Júnior e Irmão Lázaro, e o candidato a Deputado Federal, Cosme Araújo1222, farão parte desta corrente que seguirá pelo centro histórico de Ilhéus, buscando levar esperança de que tempos melhores estarão por vim.

Para o candidato a Deputado Federal, Cosme Araújo 1222, o ato será o registro da forte participação politica dos ilheenses, no comprometimento de querer o melhor para nossa região.  “ Neste sábado eu, Ilhéus e a região sul da Bahia, juntamente com  todos os cidadãos que estejam na cidade e queiram participar deste ato democrático, iremos mostrar que José Ronaldo é o nome certo para governar a nossa Bahia. Estaremos lá, preparados para esta caminhada que irá unir Ilhéus e José Ronaldo no compromisso de mudar a Bahia”, disse Cosme Araújo 1222, futuro Deputado Federal.

por Caliana Mesquita

EMPRESA EMITE NOTA APÓS HOMEM PERDER PARTE DA PERNA EM ACIDENTE COM MÁQUINA INDUSTRIAL EM ILHÉUS

Na sexta-feira, (10), a Barry Callebaut emitiu uma nota sobre o ocorrido, em sua fábrica de Ilhéus, na Bahia. Confira.

Uma falha rara e imprevisível fez com que partes de um equipamento chamado soprador atingissem um colaborador da Barry Callebaut. Ele foi prontamente socorrido por colegas, que acionaram a brigada de emergência, e foi levado ao hospital, onde passou por uma cirurgia. Ele continua hospitalizado e seu estado é estável. 

A Barry Callebaut lamenta a fatalidade, e vai continuar dando toda assistência ao colaborador acidentado e sua família até sua plena recuperação e reintegração.

A Barry Callebaut tem na segurança e bem-estar de seus empregados e terceiros um de seus mais importantes valores. Sua fábrica em Ilhéus é uma referência em segurança no trabalho na região, valor esse percebido e vivido por todos os nossos colaboradores. Até ontem a fábrica de Ilhéus contabilizava 1083 dias de trabalho sem qualquer tipo de acidente com afastamento. Ao longo dos últimos 3 anos, a Barry Callebaut investiu milhões de Reais em modernização de equipamentos visando melhorar a segurança de seus equipamentos.

SÃO PAULO, 10 DE AGOSTO DE 2018

Dr. Cosme Araújo faz defesa espetacular e conquista êxito em Jurí na cidade de Mutuipe.

Dois dias após seu pronunciamento enfático e enérgico, na porta da 7º CORPIN, na última quarta-feira (08), o qual saiu em defesa das prerrogativas da advocacia, no ato de desagravo que reuniu membros da OAB/ Ilhéus, na busca por garantias que permitam os profissionais da Ordem atuar com a liberdade e a independência que lhe são asseguradas pela Lei e pela Constituição Federal da República do Brasil, o advogado Dr. Cosme Araújo participou de um julgamento no Tribunal do Júri, na comarca de Mutuípe.

Em uma ação movida pelo Ministério Público da Bahia,o Dr. Cosme Araújo recebeu a missão de defender, Valdelio de Jesus Santos, acusado de ter ceifado a vida de Joselino José de Jesus. O acusado estava preso há 2 anos e 2 meses, porém com a contratação do Dr. Cosme Araújo o processo tomou rumos diferentes.

Se valendo da legalidade de dos indícios constitucionais, Dr. Cosme Araújo, conseguiu provar a semi-imputabilidade do réu conquistado êxito no processo, conquistando a mudança da pena, fazendo com que Valdelio Santos, passe a cumprir uma medida de segurança na modalidade de tratamento ambulatorial, ou seja, onde o réu deve ir periodicamente ao Caps da cidade para fazer uso de medicamento controlável.

O resultado do júri foi visto pelo Dr. Cosme Araújo e pela população de Mutuipe como uma vitória” a cidade toda gostou do resultado, por se tratar de uma pessoa que ainda que tenha praticado uma conduta, tida como delituosa, ainda assim, não merecia pena de prisão e sim tratamento adequado com os devidos cuidados”, informou Dr. Cosme Araújo no termino do julgamento, sendo parabenizado pela brilhante defesa que proferiu no caso.

Ao longo de sua trajetória de vida, Dr. Cosme Araújo vem mostrando coerência entre a sua postura no direito e na política. O respeito a constituição e principalmente ao direito do cidadãos de obter seus direitos garantidos, o torna uma referência em toda Bahia, com atuação em outros Estados da federação, por saber que Cosme Araújo será sempre o Defensor do Povo.
por Caliana Mesquita

Caminhada marca memória de recepcionista assassinada pelo ex-marido

O clima que tomou conta das ruas do Bairro de Itapuã, na manhã deste domingo (5), era de indignação. Filhas, tias, primos e amigos da recepcionista Isabel Cristina Morais Bramont, 35, assassinada em 22 de junho deste ano, vestiram branco e rosa – cor favorita da vítima – para protestar, pedir justiça e a manutenção da prisão de seu assassino, Jairo Fernandes, ex-marido de Isabel. Ela foi uma das quatro mulheres mortas em Salvador pelos próprios companheiros só no primeiro semestre de 2018, segundo dados oficiais divulgadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

“Nós viemos aqui, hoje, para chamar a atenção da Justiça e da comunidade para que esse crime não fique impune. Nós não vamos deixar que nossa Bel seja só mais uma nas estatísticas de feminicídio. Isso tem que acabar”, gritou o rodoviário Louralbert Bramont, 40, organizador da caminhada à multidão que o acompanhava.

 Os manifestantes percorreram lugares marcantes para a história de Isabel até sua morte. A saída se deu em frente ao Templo Batista de Itapuã, passou pela frente da casa de número 108 da Rua Dr. Humberto Câmara, onde o casal teria se conhecido; seguiu até a UPA Hélio Machado, onde seu agressor a deixou sem vida, e prosseguiu pela clínica de odontologia em que a vítima trabalhava. Uma via crúcis para marcar que casos como o de Isabel ainda são muito recorrentes.

Segundo a SSP-BA, houve queda de 55,5% no número de casos de feminicídio em Salvador e na Região Metropolitana. Nove casos foram registrados no primeiro semestre de 2017, contra os quatro ocorridos no mesmo período deste ano.

Filhas na linha de frente

A salgadeira Isabel Bramont, tia da vítima, disse ter acompanhado a história do casal desde o princípio. “Fui eu quem criei ela, que morava comigo quando conheceu ele [Jairo] e tinha só 17 anos. Quando completou três meses do início do relacionamento, ela engravidou da primeira filha”, conta a tia.

A familiar ainda relata que, no começo, Jairo se mostrou ser uma pessoa amigável, mas tudo mudou radicalmente após o nascimento da primeira filha, Geovana Bramont, hoje com 17 anos.

“Ele a fez abortar duas crianças em uma clínica clandestina. Em uma delas, Isabel ficou entre a vida e a morte. Inclusive, a filha deles mais nova, Isabella, ele tentou fazê-la abortar, a gente que não deixou”, revela. “A relação dele com a filha mais nova [Isabella Bramont, 15 anos] sempre foi difícil porque, durante as brigas, a menina já apanhou muito tentando defender a mãe”.

A lista de agressões aumenta à medida que os familiares vão se pronunciando. As filhas do casal que estavam na linha de frente do protesto relataram que a mãe era uma verdadeira prisioneira de seu pai. “Ela não podia fazer uma faculdade, ou mesmo trabalhar porque ele a perseguia. Ela chegou a iniciar três faculdades diferentes, mas ele não a deixou terminar”, lembra Isabella.

A filha mais nova ainda afirma que o pai proibia Isabel de ter qualquer tipo de rede social, tirar fotos, ou mesmo ter um celular. “Sempre que ela queria tirar alguma foto ele perguntava: ‘foto pra que? Pra mandar pros seus machos?’”, relata.

O depoimento da filha é confirmado por outra tia da vítima. A aposentada Lourilda Bramont, 68, conta que era difícil se comunicar com a sobrinha. “Ele não deixava ela ter nem zap [WhatsApp] para falar com a gente”, lamenta.

Os familiares ainda contam que os avisos para Isabel deixar o agressor vieram de diversas formas, mas ela temia as ameaças que ele fazia. A filha mais velha, Geovana Bramont conta que, por diversas vezes, Jairo teria ameaçado sua mãe dizendo que caso ela o deixasse ele mataria Isabel e sua mãe – Kátia Maria Bramont -, além de tomar a guarda das filhas.

O relacionamento

A prima da vítima Michele Bramont explica que eles não estavam mais juntos havia cerca de um ano e meio. “Eles nem moravam mais juntos. Pelo que eu sei, ele perseguia ela e não deixava ela se relacionar com mais ninguém além dele, mesmo depois da separação. Além disso, mantinha ela na casa da mãe dele”, esclarece.

Michele ainda relata que Jairo se relacionava abertamente com diversas outras mulheres, o que é confirmado pelas filhas do casal. A prima ainda disse que mesmo após a separação, eles ficavam juntos. Ela diz que Isabel teria ido até o village de Jairo, localizado na Praia do Flamengo, para encontrá-lo.

Isabella ainda explica que a resistência da mãe em deixar seu agressor era medo, mas também o amor que sentia: “Ela tinha esperança que conseguiria mudar ele, mas isso não aconteceu. Eu quero honrar isso dela. Esse amor e a fé que ela tinha nas pessoas.”

A filha mais velha do casal diz que a última briga que resultou em tragédia tenha iniciado porque Jairo teria descoberto um perfil no Instagram que sua mãe mantinha em segredo.

As agressões

Não foi a primeira vez que Jairo agrediu Isabel. Segundo sua filha mais nova, uma das primeiras agressões que ela teria percebido foi há seis anos quando ela chegou em casa e encontrou a mãe com o ouvido sangrando. “Ele bateu tanto nela que chegou a perfurar o tímpano. Mas ela não nos dizia o que tinha acontecido, só descobri algum tempo depois”, relembra a garota.

“Antes, eu achava que ele era doente, mas hoje eu tenho plena certeza que ele fez tudo consciente. Ele não é doente, ele não tem amor.”, completou.

As duas filhas do casal desejam justiça pela morte de sua mãe e querem que o agressor pague. “Pelo pouco de amor que ele tem pela gente, ele sabe que destruiu nossa vida porque tudo que a gente tinha era nossa mãe. A gente nunca pôde contar com ele”, disse, enquanto tentava segurar as lágrimas, “Às vezes, eu me pergunto porque ela não deixou ele, mas eu admiro muito a força que ela teve,” completou

Outro ponto que as garotas concordam, ainda que sua mãe tenha tido forças para fazer, é a denúncia. Elas acham que este deve ser o primeiro passo após a primeira agressão.

Veja onde buscar ajuda em casos de violência doméstica:
Cedap (Centro Estadual Especializado em Diagnóstico, Assistência e Pesquisa) – Atendimento médico, odontológico, farmacêutico e psicossocial a pessoas vivendo com HIV/AIDS. Endereço: Rua Comendador José Alves Ferreira, 240, Fazenda Garcia. Telefone: 3116-8888.

Cedeca (Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan) – Oferece atendimento jurídico e psicossocial a crianças e adolescentes vítimas de violência. Endereço: Rua Gregório de Matos, 51, 2º andar, Pelourinho. Telefone: 3321-1543/5196.

Cras (Centro de Referência de Assistência Social) – Atende famílias em situação de vulnerabilidade social. Telefone: 3115-9917 (Coordenação estadual) e 3202-2300 (Coordenação municipal)

Creas (Centro de Referência Especializada de Assistência Social) – Atende pessoas em situação de violência ou de violação de direitos. Telefone: 3115-1568 (Coordenação Estadual) e 3176-4754 (Coordenação Municipal)

Creasi (Centro de Referência Estadual de Atenção à Saúde do Idoso) – Oferece atendimento psicoterapêutico e de reabilitação a idosos. Endereço: Avenida ACM, s/n, Centro de Atenção à Saúde (Cas), Edifício Professor Doutor José Maria de Magalhães Neto, Iguatemi. Telefone: 3270-5730/5750.

CRLV (Centro de Referência Loreta Valadares) – Promove atenção à mulher em situação de violenta, com atendimento jurídico, psicológico e social. Endereço: Praça Almirante Coelho Neto, 1, Barris – em frente a Delegacia do Idoso. Telefone: 3235-4268.

Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) – Em Salvador, são duas: uma em Brotas, outra em Periperi. São delegacias que recebem denúncias de violência contra a mulher, a partir da Lei Marinha da Penha.

Deam Brotas – Rua Padre José Filgueiras, s/n, Engenho Velho de Brotas. Telefone: 3116-7000.

Deam Periperi – Rua Doutor José de Almeida, Praça do Sol, s/n, Periperi. Telefone: 3117-8217.

Deati (Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso) – Responsável por apurar denúncias de violência contra pessoas idosas. Endereço: Rua do Salete, 19, Barris. Telefone: 3117-6080.

Derca (Delegacia de Repressão a Crimes Contra a Criança e o Adolescente) Endereço: Rua Agripino Dórea, 26, Pitangueiras de Brotas. Telefone: 3116-2153.

Delegacias Territoriais – São as delegacias de cada Área Integrada de Segurança Pública. Segundo a Polícia Civil, os estupros que não são cometidos em contextos domésticos devem ser registrados nessas unidades. Em Salvador, existem 16 (http://www.policiacivil.ba.gov.br/capital.html).

Disque Denúncia – Serviços de denúncia que funcionam 24 horas por dia. No caso de crianças e adolescentes, o Departamento de Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos oferece o Disque 100. Já as mulheres são atendidas pelo Disque 180, da Secretaria de Políticas Para Mulheres da Presidência da República. Fundação Cidade Mãe – Órgão municipal, presta assistência a crianças em situação de risco. Endereço: Rua Prof. Aloísio de Carvalho – Engenho Velho de Brotas.

Gedem (Grupo de Atuação Especial em Defesa da Mulher do Ministério Público do Estado da Bahia) – Atua na proteção e na defesa dos direitos das mulheres em situação de violência doméstica, familiar e de gênero. Endereço: Avenida Joana Angélica,  1312, sala 309, Nazaré. Telefone: 3103-6407/6406/6424.

Iperba (Instituto de Perinatologia da Bahia) – Maternidade localizada em Salvador que é referência no serviço de aborto legal no estado. Endereço: Rua Teixeira Barros, 72, Brotas. Telefone: 3116-5215/5216.

Nudem (Núcleo Especializado na Defesa das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar da Defensoria Pública do Estado) – Atendimento especializado para orientação jurídica, interposição e acompanhamento de medidas de proteção à mulher. Endereço: Rua Pedro Lessa, 123, Canela. Telefone: 3117-6935.

Secretaria Estadual de Políticas Para Mulheres Endereço: Alameda dos Eucaliptos, 137, Caminho das Árvores. Telefone: 3117-2815/2816.

SPM (Superintendência Especial de Políticas para as Mulheres de Salvador) – Endereço: Avenida Sete de Setembro, Edifício Adolpho Basbaum, 202, 4º andar, Ladeira de São Bento. Telefone: 2108-7300.

Serviço Viver – Serviço de atenção a pessoas em situação de violência sexual. Oferece atendimento social, médico, psicológico e acompanhamento jurídico às vítimas de violência sexual e às famílias. Endereço: Avenida Centenário, s/n, térreo do prédio do Instituto Médico Legal (IML) Telefone: 3117-6700.

1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar – Unidade judiciária especializada no julgamento dos processos envolvendo situações de violência doméstica e familiar contra a mulher, de acordo com a Lei Maria da Penha. Endereço: Rua Conselheiro Spínola, 77, Barris. Telefone: 3328-1195/3329-5038.

Pichação vermelha coloca Supremo em alerta

A pichação com tinta vermelha na área externa do salão branco do Supremo Tribunal Federal, feita na terça-feira passada por manifestantes favoráveis ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado e preso na Lava Jato, aumentou a preocupação da presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, com a segurança das instalações da Justiça.

Cármen Lúcia teme que, em pelo menos duas ocasiões próximas, novos atos de vandalismo possam ser praticados. O primeiro, em 15 de agosto, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), último dia do prazo para registro de candidaturas. Depois, no dia da posse do ministro Dias Toffoli na presidência do STF, em meados de setembro, na solenidade que tradicionalmente reúne chefes de Poderes e autoridades. A presidente do STF também já teve a fachada do prédio onde mantém um apartamento em Belo Horizonte pichado com tinta vermelha, em abril, por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

O assunto deve ser tema de reunião, nesta semana, a ser realizada com representantes dos órgãos que cuidam da segurança da Esplanada dos Ministérios. Este é um assunto que preocupa não só o STF, mas também o Palácio do Planalto, o governo do Distrito Federal e o Congresso.

Possíveis manifestações também despertaram atenção de integrantes do TSE, cuja equipe de segurança está monitorando a questão. No Conselho Nacional de Justiça (CNJ), também presidido por Cármen, os vigilantes foram orientados a redobrar os cuidados após o ato de vandalismo no Supremo.

Após o relator da Lava Jato, ministro Edson Fachin, afirmar que sua família tem sofrido ameaças, Cármen autorizou o aumento do número de agentes para escolta permanente do colega. Atualmente, 110 magistrados estão sob ameaça no País. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Correio

Ministro do STF suspende execução de condenação bilionária da Petrobras

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal

O ministro Dias Toffoli, à frente do STF (Supremo Tribunal Federal) nesta semana de recesso, concedeu nesta sexta-feira (27) uma liminar para suspender a execução imediata de uma decisão do TST (Tribunal Superior do Trabalho) que condenou a Petrobras a pagar cerca de R$ 17 bilhões a seus empregados.

Toffoli atendeu a um pedido feito pela estatal nesta quinta (26). Segundo a empresa, o caso em que foi condenada —que discutia sua política remuneratória em vigor desde 2007— envolve 51 mil funcionários em 47 ações coletivas e mais de 7.000 ações individuais.

A Petrobras afirmou que, se a liminar não fosse concedida, teria de fazer um imediato provisionamento de R$ 900 milhões para os processos em fase de execução, o que poderia gerar dano irreparável, pois ainda cabia recurso ao Supremo.

Toffoli destacou que, mesmo antes da publicação do acórdão do TST, a decisão já começou a ser executada, o que se mostra açodado, principalmente porque há matéria constitucional em disputa, o que pode vir a gerar um recurso extraordinário para ser julgado no STF.

“Tenho por presente a circunstância excepcional a admitir a instauração da jurisdição desta Corte sobre a matéria, pois o TST determinou a tomada de medidas tendentes à execução de julgado cujo acórdão sequer foi publicado e, ainda, sem nem mesmo aguardar o decurso de prazo para a interposição de outros recursos, em face daquela decisão”, escreveu o ministro.

“Como se não bastasse, são notórios os efeitos econômicos que a implementação dessa decisão poderá acarretar aos cofres da requerente [Petrobras], a justificar que se aguarde o pronunciamento desta Suprema Corte sobre a matéria, antes de proceder-se à liquidação do julgado proferido pelo TST”, afirmou.

A Petrobras perdeu a causa no TST em junho, por um placar apertado de 13 votos a 12. Os ministros julgaram a fórmula de cálculo prevista na RMNR (Remuneração Mínima de Nível e Regime), instituída em 2007, quando houve uma mudança na política trabalhista da estatal para equalizar salários de diferentes categorias.

‘Se eu tivesse chegado antes também teria morrido’, diz pai de babá morta por caminhão

A tragédia da manhã de terça-feira (17) insiste em não terminar no bairro do Trobogy. Na tarde de quinta-feira (19), os corpos da duas vítimas, entre os seis atropeladas por um caminhão desgovernado, foram enterrados no cemitério Bosque da Paz, a 500 metros do local do acidente. A babá Vanessa Brito Santos, 28 anos, foi sepultada às 16h. Já o corpo do porteiro Elinaldo Gonçalves, 53, foi enterrado às 16h30.

Centenas de familiares, amigos e vizinhos das vítimas participaram da cerimônia. O pai de Vanessa, Valmir Santos, esteve no local. Bastante abalado, ele falou sobre o último contato com a filha. “Vanessa estava me esperando, porque eu ia dar carona para ela até a Paralela. Eu tinha falado com ela um pouco antes da tragédia acontecer. Se eu tivesse chegado antes, acho que também teria morrido”, lamentou.

A família de Vanessa ainda não sabe como dizer à filha dela, uma menina de 4 anos, que a mãe morreu. Segundo parentes da vítima, desde o dia da tragédia, a criança está na casa de uma tia. A garota pergunta pela mãe e pede para falar ao telefone com ela.

A amiga da babá, Tamile Brito, 24, contou que a família está em choque. “A filha dela não sabe do que aconteceu ainda e a família está vendo como vai contar”, disse. Vanessa era a filha do meio de três irmãos e estava casada há oito anos.

Após o sepultamento de Vanessa, os parentes dela se despediram dos familiares de Elinaldo, sepultado 30 minutos depois. A ex-mulher dele, a professora Marilene Silva, disse que recebeu a notícia da morte do ex-marido por uma rede social. “Eu fiquei sem acreditar quando vi que era ele. Apesar de estar separada, sempre mantive uma relação de amizade com Elinaldo, porque ele era um homem do bem, honesto e educado. Ontem, eu perdi meu chão”, disse.

Protesto
Após o enterro das vítimas, os moradores do bairro realizaram um protesto no local onde aconteceu o acidente para pedir justiça. A dona de casa Maria do Carmo disse que é comum que acidentes ocorram na região. “Eles [motoristas] passaram aqui com pressa e arrancando tudo. Dessa vez, levaram duas pessoas e deixaram várias vítimas. Queremos justiça e vamos lutar para colocar o motorista que fez isso na prisão”, disse.

Os manifestantes fecharam a Rua Mocambo com madeira e entulho. O protesto durou pouco mais de 30 minutos. Policiais militares negociaram o fim da manifestação. O protesto afetou todo o trânsito da região. De acordo com a Superintendência de Trânsito (Transalvador), o fluxo foi normalizado no início da noite.

A 10ª Delegacia Territorial (Pau da Lima) solicitou a realização de laudos que irão auxiliar na elucidação da tragédia em que um caminhão desgovernado atropelou seis pessoas e matou duas delas em um ponto de ônibus na Rua do Mocambo, no Trobogy.

De acordo com informações da assessoria da Polícia Civil, foram solicitados os laudos periciais do local – que inclui análise do veículo – e os exames cadavéricos. O Departamento de Perícia Técnica (DPT) tem o prazo mínimo de 30 dias para a conclusão das perícias.

O delegado já encerrou as oitivas com as testemunhas. De acordo com a Polícia Civil, as testemunhas do acidente e o motorista foram ouvidos pelo delegado titular da 10ª Delegacia, Antônio Fernando Soares do Carmo. O CORREIO tentou entrar em contato com ele, mas não obteve respostas até o fechamento desta matéria.

Entenda o acidente
Um caminhão desgovernado atropelou seis pessoas, por volta das 6h40 desta terça-feira (17), na Rua Mocambo, no bairro do Trobogy – uma das vítimas morreu no local e a outra morreu no Hospital do Subúrbio, cinco horas depois da tragédia. O motorista do veículo, que transportava entulhos, perdeu o controle da direção, subiu na calçada, invadiu um ponto de ônibus e só parou dentro de um posto de combustível.

De acordo com testemunhas, o caminhão trafegava pela Avenida Aliomar Baleeiro, sentido Paralela, em alta velocidade. Após entrar em uma curva, na Rua Mocambo, em frente à igreja Universal, o motorista teria perdido o controle após desviar de um coletivo. O caminhão então invadiu o ponto de ônibus em frente ao posto de combustível BR, atropelando os pedestres.

Correio

ROTA DO CHOCOLATE FORTALECE TURISMO E NEGÓCIOS DE ILHÉUS

Além da produção de chocolate na região sul do estado, o turismo rural também se constitui numa alternativa para a economia regional. A preservação ambiental garantida pelo cultivo do cacau, que necessita de sombras, e a exuberância da natureza são atrativos para turistas do Brasil e do Exterior.

Para consolidar o turismo rural, o Governo do Estado está implantado a Rota do Chocolate, o primeiro roteiro turístico temático da Bahia, que  abrange os municípios de Ilhéus e Uruçuca e a Rodovia Jorge Amado (Ilheus-Itabuna).

No roteiro, os turistas conhecerão a cultura do cacau e a produção do chocolate, por meio de visitas a fazendas de cacau com acervo histórico-arquitetônico, rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental.

A Fazenda Yrerê, localizada ás margens da rodovia Ilhéus-Itabuna, é um exemplo bem sucedido deste novo processo. A fazenda atrai cerca de 2.500 turistas por ano, que visitam áreas de produção de cacau, do cultivo à colheita, e também degustam o chocolate produzido na fazenda, além de outros produtos regionais, como doces e artesanatos. A Yrerê foi indicada pela Embratur como um dos melhores produtos do segmento turístico no país.

Chocolat Bahia

A valorização do cacau como um produto vital para a economia regional e a produção de chocolate, ganharam visibilidade e impulso com a criação do Festival Internacional do Cacau e do Chocolate, o Chocolat Bahia, que tem o apoio do Governo do Estado e  chega à 10ª edição. Em 2017, o evento  reuniu 80 expositores e 40 marcas de chocolate, com cerca de 60 mil visitantes e R$ 10 milhões  em negócios, números que devem ser superados este ano.

O festival tem desdobramentos durante todo o ano, nos negócios, no surgimento e crescimento de marcas, no estímulo ao empreendedorismo e na divulgação da região cacaueira no Brasil e no exterior. “Essa é uma plataforma de fomento, de geração de emprego e renda, de estímulo à produção, de esperança na retomada do desenvolvimento em bases sustentáveis”, destaca Marco Lessa, que aposta na consolidação de Ilhéus como a Capital Brasileira dos Chocolates Finos, ou Chocolate com Certificado de Origem do Sul da Bahia.

Ilhéus24h

Seleção da França desfila pelas ruas de Paris com taça da Copa

Orgulho, alegria, sorriso aberto e taça na mão. A delegação da seleção francesa, que conquistou o segundo título mundial após bater a Croácia, por 4×2, desembarcou em Paris nesta segunda-feira (16), para festejar a conquista do bicampeonato mundial ao lado dos torcedores.

Logo ao aterrissar, o avião já denunciava a festa que estava por vir. Da cabine da aeronave, os jogadores exibiram uma enorme bandeira do país. O primeiro a descer na pista do aeroporto Charles de Gaulle foi o goleiro Lloris, capitão da França durante a Copa do Mundo da Rússia. Em seguida, veio o técnico Didier Deschamps que, com a conquista do título mundial, marcou seu nome na história do futebol. Ele se igualou a Zagallo e Beckenbauer e agora é o terceiro ser humano do mundo a ser campeão de uma Copa como atleta e treinador.

A festa seguiu em um carro aberto, que levava toda a equipe francesa em direção à Champs Elysees, uma das avenidas mais famosas de Paris. Lá, eles serão recepcionados por uma multidão. No percurso, os jogadores não desgrudaram da taça e posaram para fotos em redes sociais. Um dos mais animados era Pogba, que agarrou o troféu e animou as pessoas que estavam no caminho.

No local da celebração, aviões “pintaram” o céu de Paris com as cores da bandeira do país, deixando a multidão encantada.

Com a taça de campeão em mãos, o capitão Hugo Lloris foi recebido pelo presidente da França Emmanuel Macron e pela primeira-dama Brigitte Macron, que se divertiu ao lado de Pogba.

Os campeões mundiais receberão a Legião de Honra, a mais alta distinção francesa. A entrega acontecerá nos próximos meses, pelo chefe de Estado, por “serviços excepcionais” à Nação. A honraria, que também foi dada ao time campeão de 1998, serve como recompensa aos cidadãos franceses que se destacam.

Correio

RESPONSABILIDADE CÍVICA: MORADOR DO NELSON COSTA REIVINDICA REFORMA NO POSTO DE SAÚDE DO BAIRRO

Saúde literalmente não é algo que Ilhéus possua em sua plenitude, na atual gestão municipal. O descaso do governo Mario Alexandre, que ironicamente é um médico e utilizou a essência da sua profissão para conquistar os eleitores ilheenses em 2016 com o slogan” Cuida de mim doutor”,  vem se agravando a cada dia nos bairros da cidade.

O atraso na entrega do posto de saúde do bairro Nelson Costa é um dos inumeros exemplos da má gestão municipal. Moradores estão indignados pela ausência de assistência medica à população, que está tendo que sair de casa as 4h da manhã e caminhar quilômetros de distância até o a Central de Abastecimento da Urbes, para conseguir marcar um exame no posto do bairro.

“É inadmissível que haja esta falta de repeito com a população. Saúde é direito do cidadão e eu não vou deixar que este direito seja desrespeitado por gestores que não se preocupam com a realidade do povo. Vou denunciar, vou reivindicar e vou buscar os meios legais para exigir que o município cumpra com sua obrigação”, disse Clemilson Dias, jovem morador que vem buscando fiscalizar as ações do governo municipal em prol da qualidade de vida dos moradores do Nelson Costa.

por Caliana Mesquita

  • CHOCOLATE DE ILHÉUS APARECE ENTRE OS SETE MELHORES DO MUNDO
    16 de Março de 2018 | 15:50

    Um mais importantes jornais do sul do País, o Gazeta do Povo, de Curitiba, publicou ontem (13) reportagem especial, em seu caderno de turismo “Viver Bem”, que aponta Ilhéus entre as sete cidades produzem alguns dos melhores chocolates do mundo e são inspirações para o destino de férias de quem ama a iguaria. Reportagem assinada […]

    No Comments

  • PGR recorre de decisão e pede restabelecimento de condução coercitiva
    14 de Março de 2018 | 09:48

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu de decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que, por meio de liminar concedida em dezembro, proibiu a condução coercitiva de investigados para interrogatório em todo o País. O recurso foi enviado ao ministro, relator do caso, nesta segunda-feira (12). A determinação de Gilmar atendeu […]

    1 Comment

  • RSSArchive


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia