WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

:: ‘Blog’

Jabes Ribeiro desrespeita a Lei e será alvo de representação no MP pelo Vereador Cosme Araújo – e réu em mais uma Comissão Especial de Inquérito na Câmara

Ricardojabes freira

Meu Deus! Já disse ao Neto, não  dá pra segurar tantos PEPINOS desse traquino

Ao longo destes oito meses de mandato, o prefeito do município de Ilhéus, Sr. Jabes Ribeiro (PP), vem cometendo sucessivas arbitrariedades na administração da cidade. Peca pela falta de diálogo com o movimento ‘reúne Ilhéus’, que ao longo dos últimos trinta e seis dias não conseguem uma audiência com o senhor gestor, pois, foge do entendimento e das explicações plausíveis no que concerne a transparência do contrato de concessão dos transportes coletivos da cidade.

O senhor prefeito, Jabes Ribeiro, inflige o Art. 37, X, CF, não concedendo a revisão dos salários dos funcionários públicos. Portanto, neste caso, o cargo pode tornar-se vago pela Câmara Municipal de Ilhéus.

E, o mais absurdo possível, numa pequenez total de postura de homem público e perseguição, o Sr. Prefeito vem desrespeitando e afrontando o legislativo, em especial ao Vereador Cosme Araújo (PDT). O alcaide não vem cumprindo com suas atribuições, especialmente no que diz respeito das suas atribuições, como explicita a LOMI, no seu Art. 72, XIV “prestar à Câmara, dentro de 15 dias, as informações pelas mesmas solicitadas (….) e XIX “resolver sobre requerimentos, (…) ou representações que lhe forem dirigidas”.

Como agente público municipal propositor, o Vereador Cosme Araújo apresentou, além de dezenas de projetos de leis, requerimentos diversos para que o Sr. Prefeito se manifeste acerca do cumprimento da Lei 2.629, que trata do CMI; Se manifeste e apresente Declarações dos bens e valores que compõem o patrimônio privado dos senhores secretários municipais e que se apresente também respostas sobre o absurdo da ‘indústria das multas’ na cidade de Ilhéus e, que encaminhe balancetes de prestação de contas e registros contábeis de tudo o que vem sendo arrecadado e aplicado tais recursos. E tantos outros requerimentos que o Sr. Prefeito desdenha Poder Legislativo.

O Vereador Cosme Araújo, precavido e sempre fundamentado nas suas ações, requereu e foi prontamente atendido pela Câmara, de uma Declaração na qual afirma “não foi protocolado nesta Secretaria nenhum ofício em resposta as solicitações feitas pelo Vereador Cosme”. (Doc. Anexo).

“Ainda no dia estarei representando o Sr. Prefeito no Ministério Público, solicitando seu afastamento com base no descumprimento da Lei Orgânica do Município e Improbidade Administrativa, em consonância com  a Constituição Federal e leis complementares. Não podemos permitir que o gestor faça da prefeitura sua propriedade particular”, Adverte Araújo.

Fábio Roberto

DECLARAÇÃO OFICIAL DO PODER LESGISLATIVO

 

JABES PERDEU A MORAL PARA ADMINISTRAR ILHÉUS – SÓ NÃO APANHOU ONTEM PORQUE CESAR CÃO CONTEMPORIZOU

JABES 01JABES 03JABES 04

A Praça Castro Alves, conhecida também como Praça da Irene, ponto de encontro do alto clero ilheense, viveu uma tarde/noite de quinta-feira bastante inusitada. Depois de 35 dias fora do trabalho e, de quebra, curtindo as férias forçadas em outros estados, o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, finalmente encontrou coragem – se é que tem – e deu o ar da graça ao ser flagrado visivelmente cabisbaixo e com a cara de poucos amigos, na noite de ontem, na Praça da Irene.

Os integrantes do movimento Reúne Ilhéus, acampados há mais de 30 dias em frente ao Palácio Paranaguá, aguardando um posicionamento do prefeito em atender a pauta de reivindicações do movimento, dentre elas, a redução da passagem do transporte coletivo de R$ 2,40 para R$ 2,00, recebeu a informação da aparição do dublê de hômi [Jabes] numa mesa de bar, na Praça da Irene, em altos risos acompanhado de velhos e conhecidos amigos de longos carnavais, pousadas, hotéis, motéis e etc…

Os jovens do R.I, de forma rápida, cercaram o prefeito e em seguida jogou na parede, cobrando uma solução definitiva acerca da redução na tarifa do transporte coletivo, o que até agora não foi cumprido. Acuado e bastante nervoso, Jabes Ribeiro até que tentou tapear os estudantes, garantindo que irá resolver o problema no curto espaço de tempo, como forma de minimizar a pouca vergonha que passou em plena praça pública.

 Diante da onda de protestos que pede impeachment do alcaide, contando, inclusive, com o apoio da população, movimentos sociais e dos sindicatos, é questão de tempo para que a justiça atenda o clamor do povo. Afinal de contas, a voz do povo é a voz de Deus! Texto: Fábio Roberto – DRT/BA 6355

Jabes se beneficia de prescrição de processos no TJ BA – Uma vergonha no Judiciário Baiano – O CNJ deve ter conhecimento

jabes

Quando tomou posse em 2013, o prefeito Jabes adquiriu  foro privilegiado ou foro por prerrogativa de função. Tal, como o próprio nome diz, é um privilégio concedido às autoridades políticas para que possam ser julgados por um tribunal diferente ao de primeira instância. Então, todos os processos criminais foram encaminhados ao Tribunal de Justiça da Bahia e, hoje, 11 ações ainda continuam esperando julgamento, que deve acontecer até o fim do ano.

O prefeito tem tido no Tribunal de Justiça da Bahia vitórias que mostram a face obscura do judiciário baiano. Todos sabem do trânsito livre do prefeito e seus aliados por lá.

Dos 17 processos contra Jabes, pelos crimes contra administração pública, desvio de erário, corrupção, atos prejudiciais ao município, seis foram vistos e declarados arquivados, por prescrição de tempo, antes mesmo de serem julgados – e, por isso, não houve punições.

No julgamento de um desses processos, caso condenado, o prefeito Jabes Ribeiro teria que ser afastado do cargo imediatamente, pois o julgamento é feito por um tribunal pleno, condenado por decisão de órgão colegiado (com mais de um juiz), mesmo que ainda exista a possibilidade de recursos.

Um advogado, por sinal muito bom, afirmou a esse blogueiro, um mês depois dos processos chegarem ao Tribunal de Justiça, que Jabes não seria condenado em nenhum .

Segundo informações, Jabes anda atarefado desde a sua posse e muitas de suas idas a Salvador são para acompanhar a articulação jurídica que lhe garante no poder.

O prefeito de Ilhéus responde, além dos 17 processos criminais, mais de 30 ações de improbidade administrativa junto às Justiças Federal e Estadual em primeira instância.

 Num dos processos por improbidade administrativa, Jabes foi acionado por não ter recolhido o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) dos servidores no período de 1999 a 2004, o que levou a representante do MP a ajuizar, no fim de 2007, uma ação civil pública contra o gestor. A dívida acumulada chegava a mais de R$ 15 milhões, cálculos feitos até 2007. Hoje, obviamente, os valores são bem maiores, feita as devidas atualizações monetárias.

JR também é alvo de uma ação civil pública em que é acusado de ter contratado, no ano de 2004, serviços de fotocópias por preço superior ao concedido ao cidadão comum, fracionando as despesas para fugir da modalidade de licitação.

Infelizmente no caso de Jabes, os processos não são julgados, e a justiça não é feita. Mas o pedido de prescrição, uma jogada judicial, na maioria das vezes é uma escapatória de quem tem culpa no cartório.

 Fonte: Bolg agravo. Complemento do título é do Defensor

 

AI… AI…. AI… AI ESTÁ CHEGANDO A HORA DO FORA

Fora Jabes

Se o negocio está ruim pra quem está no Palácio do Paranaguá há 08 meses, agora que azedou de vez a situação incômoda do prefeito de Ilhéus Jabes Ribeiro. Diante do protesto popular que ecoa nos quatros cantos da cidade pedindo o Fora Jabes, a cada momento, o coro tem ganho dimensões ainda maiores.

Em sessão realizada na tarde desta quarta-feira (21), na Câmara de Vereadores de Ilhéus, os sindicatos que representam os trabalhadores do município protocolaram na mesa diretora por meio de lideranças, o impeachment de Jabes por ter abandonado o cargo há mais de 35 dias, como forma de cumprimento da Lei Orgânica do Município. O documento contendo mais de 15 páginas foi lido pelo 1º Secretario Ivo Evangelista e com o apoio do Presidente da Câmara, Josevaldo Machado, Jó.

O vereador Cosme Araújo (PDT), durante o pequeno expediente salientou que, “se tem um político de mandato nessa cidade, que espera diuturnamente um posicionamento firme da justiça, decretando o afastamento imediato de Jabes Ribeiro da prefeitura, esse politico sou eu, Cosme Araújo”, esbravejou.

Cosme aproveitou a oportunidade e orientou juridicamente os representantes dos sindicatos, a protocolar o documento como forma de denúncia e com provas cabais, para  só  assim, os 19 vereadores adotem medidas sobre o imbróglio com posicionamento nos termos da lei. Texto: Fábio Roberto – DRT/BA 6355

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA BAHIA CONCEDE TÍTULO DE CIDADÃO BAIANO A DOM CESLAU

bispo 1bispo 2

Na noite desta quarta-feira, 21, foi realizada no salão de eventos da AABB/Itabuna a cerimônia de entrega do Título de Cidadão baiano. O vereador ilheense Cosme Araújo, a convite através da assessoria do deputado Marcelo Nilo, ambos correligionários do PDT, participou do ato solene, que na oportunidade concedeu título de cidadão baiano ao Bispo.  

A entrega da honraria teve a proposição do deputado Augusto Castro (PSDB) e contou com apoio de todos pares  da AL-BA e autoridades da região.

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo (PDT) fez a entrega do título de cidadão baiano ao Bispo Diocesano de Itabuna, Dom Ceslau Stanula. Em Itabuna há 12 anos e Missionário Redentorista, Dom Ceslau nasceu em Szerzyny, pequena cidade, distante 100 km de Cracóvia, na Polônia, no ano 1940.

O vereador Cosme Araújo em entrevista a imprensa local disse que “o deputado Marcelo Nilo teve a iniciativa em prestar essa justa homenagem ao Bispo Dom Ceslau devido a toda sua fé, força e dedicação social junto à comunidade em geral. Um título a quem sempre está disposto em ajudar e contribuir por uma sociedade mais justa e fraterna”, enfatizou o vereador.  Fabio Roberto

A MAIS NOVA GAGA DE ILHÉUS

CARA NO OVO

Como se não bastasse à irresponsabilidade de um político que foi colocado por pelo menos 1/3 dos eleitores ilheenses e, ainda por cima aos “troncos e barrancos” ele agora vem tentando fazer de forma vergonhosa com que a cidade se transforme em um circo. Quem parou para ouvir o bate-papo, que aparentemente estava carregado com a pauta pronta, observou que o norte da entrevista com Vila, saiu do nada e foi pra ligar nenhum. O que causou estranheza foi o comportamento sórdido do ex gestor, que de forma proposital, provocou gaguejamento copiando a GAGA DE ILHÉUS, e por diversas vezes as palavras não saiam, e quando saiam eram entrecortadas, como: “éééééé ou ki,ki,ki” provocando risos até mesmo do apresentador que não se conteve. O que se esperava de uma entrevista o que se viu e ouviu foi um show do mais novo GAGUINHO DE ILHÉUS, foi verdadeiramente risível.

O certo é que, na entrevista na manhã de ontem, na Rádio comunitária FM Conquista, ao operador de áudio e apresentador do programa O Tabuleiro, Vila Nova, o já considerado pela população ex prefeito Jabes Ribeiro – sangue de Cristo tem poder! – ao invés de assumir publicamente que perdeu , por ser o principal causador de todos os problemas existentes na cidade nos últimos 20 anos e nos dias atuais, ele usou mais uma vez do cinismo e em pleno programa de rádio, aproveitou do momento para desdenhar com a população, que não aguentam mais a mesma falácia de um governo apócrifo.  E o mais deprimente, tentou jogar os servidores contra os sindicatos, que reagiram acertadamente, inclusive, já pediram o afastamento do soteropolitano do erário público, por perda absoluta de confiança e credibilidade.

Claramente, o ex prefeito Jabes Ribeiro demonstrou durante a entrevista que está “dando” expediente em hotéis pousadas e motéis, tudo isso com o dinheiro público. Isto , por si só também é motivo de investigação , por ser ele réu confesso.

A gagueira  do quase humorista Jotinha dá na Ribeira nas rádios de Ilhéus, está sendo considerada pelos ilheenses concorrência desleal com  a Gaga de Ilhéus, que já pensa acionar o plagiador na justiça. Texto: Fábio Roberto – DRT/BA 6355 

COM DENÚNCIA EM MÃOS, SERVIDORES PEDEM IMPEACHMENT DE JABES

Enilda Mendonça no plenário da Câmara (Foto: Ascom\APPI)

Em sessão realizada na tarde desta quarta-feira (21), na Câmara de Vereadores de Ilhéus, os servidores municipais em greve há mais de trinta dias, por meio de lideranças sindicais, pediram o que o cargo de prefeito da cidade fosse declarado como vago.

Antes do início da sessão, os sindicalistas entregaram um documento à mesa diretora no qual aponta que o prefeito Jabes Ribeiro descumpre a constituição federal, no que diz respeito ao reajuste do salário das categorias.

O documento foi lido aos que estavam presentes no plenário pelos edis Ivo Evangelista e Dr. Jó.

Os vereadores, então, concederam meia hora para que cada liderança se manifestasse sobre o assunto. Representando os trabalhadores da educação, a primeira a falar foi Enilda Mendonça, presidente da APPI . Objetiva, Enilda pediu o impeachment de Jabes aos vereadores, como forma de cumprimento à Lei Orgânica Municipal.

A presidente da APPI teve sua fala brevemente interrompida pelo vereador de oposição, Cosme Araújo, que orientou os servidores a protocolar o documento como denúncia no legislativo, para que então, os vereadores possam tomar uma decisão sobre isso.

De acordo com o advogado Cosme Araújo, Jabes pode ser afastado do cargo, provisoriamente, com apenas 13 votos de vereadores favoráveis. Enilda Mendonça afirmou que até esta quinta-feira, dia 22, o documento será protocolado.

Fonte: O tabuleiro

Vereador Cosme Araújo apresentará Projeto de Resolução criando “Prêmio de Honra ao Mérito” para profissionais de imprensa.

PRÊMIO HONRA AO MÉRITO

Será protocolado nos próximos dias na Câmara Municipal de Ilhéus, Projeto de Resolução de autoria do Vereador Cosme Araújo (PDT), instituindo o ‘Prêmio de Honra ao Mérito’, destinado a contemplar os profissionais de imprensa do município de Ilhéus que tenham se destacado pela realização de estudos e reportagens na modalidade do jornalismo impresso, eletrônico, vídeo e da Radiodifusão.

Poderão concorrer ao Prêmio, jornalistas, repórteres fotográficos e cinegrafistas,blogueiros e Radialistas em cada área de atuação, preferencialmente que desenvolvam ações e obras voltadas a difusão do jornalismo informativo e cultural e, de algum modo contribuam para o desenvolvimento do município, pessoas e comunidades.

O PR é o processo de criação de uma Resolução. Esta se destina a regular, com eficácia de Lei Ordinária, matérias de competência privativa da Câmara de Vereadores, de caráter político, processual, legislativo ou administrativo, ou quando a Casa deva se pronunciar.

O vereador propositor, Cosme Araújo, em entrevista a uma emissora local afirmou que toda a imprensa, representada pelo Sinjorba, ABI, Blogueiros e Sindicato dos Radialistas de Ilhéus, serão convidados para uma reunião aberta, para discussão de todo o conjunto posterior da Resolução; dia e mês de realização da homenagem; nome que será intitulado ao prêmio (Profissional de imprensa ‘in memoriam), bem como sistema de escolha e votação e disposições e atribuições legais do Projeto.

Também de autoria do vereador, foi aprovado recentemente o Projeto de Lei nº 063/2013 que intitula o dia 04 de Abril como O DIA DO BLOGUEIRO, faltando apenas à sanção do executivo.

Para Cosme Araújo, aimprensa é um dos pilares da democracia e da fiscalização na transparência dos poderes e, portanto, merecedores de nossas homenagens. “destaco nossos profissionais, pela maneira seria e coerente como cobre o dia a dia da comunidade em geral, ressaltando que a imprensa é parceira e que a Câmara de vereadores se sente protegida e bem a vontade para discutir com ela os problemas existente no município”, finaliza Araújo.

 

Thiago Silva, assessor.

CIDADE PROBLEMA. jabes, isaac e john + PROBLEMAS

EXPERIENCIA

No ano passado, no auge da campanha para a sucessão municipal, o então candidato e agora prefeito, Jabes Ribeiro, fazia severíssimas críticas a Newton Lima, taxando-o de incompetente e evidenciava o estado em que se encontrava a cidade: esburacada, suja, com mau atendimento médico e educacional. Prometia se eleito, que corrigiria imediatamente tais falhas, pois elas decorriam da incapacidade administrativa de Newton. Elegeu-se. O que é que aconteceu? A cidade está tão suja e esburacada quanto antes. A educação nunca atingiu tão baixos níveis, com milhares de alunos fora das salas de aula, com grande maioria delas fechadas por falta de manutenção e reformas imprescindíveis. A saúde, nem se fala: a esmagadora maioria dos postos médicos fechados e a distribuição gratuita de remédios (diabetes, tensão arterial, etc.), suspensa. Nada tem sido feito nas áreas de turismo e educação ambiental.

Queixa-se agora dos governos anteriores, esquecendo-se que ele mesmo ocupa a administração municipal pela quarta vez. Aliás, segundo afirmam os que acompanham a vida de Ilhéus, pela quinta vez, eis que João Lyrio não passou de simples “Pau Mandado” ou “Boneco de Ventrículo”, não tendo autonomia sequer para nomear um só secretário de sua confiança. Se o atual alcaide quiser resolver os principais problemas da cidade deva dar mais autonomia e ouvir bons auxiliares como ”Quincas Pão”, “Secão”, Octavio e outras figuras da nossa sociedade, que embora fora do governo amam a terra em que vivem. Não acredito, entretanto nesta hipótese. O alcaide Jabes é vaidoso demais para admitir que precise de ajuda. Vai continuar perdido como cego em tiroteio e CHUVINHA NO PASSEIO.

O pior de tudo é que no próximo ano acontecem eleições e ele vai querer apoiar candidatos de fora e determinar aos obedientes vereadores da sua bancada que arregacem as camisas para dar-lhes expressiva votação, como sempre ocorre.   Esta é a maneira dele – o atual alcaide- continuar propalando por aí que é A GRANDE LIDERANÇA VIVA de SÃO JORGE DOS ILHÉUS, aliás, retificando, de BURACOLÂNDIA.

Fábio Roberto, radialista e jornalista.

Marcelo Nilo recebe comitiva de representantes do Movimento Pro Emancipação

Marcelo e vagner

Representantes dos movimentos de emancipação política de 14 localidades do estado, estiveram na tarde desta quinta-feira (15), no gabinete do presidente da Assembleia, deputado Marcelo Nilo, para pedir o apoio do presidente, para que o projeto de emancipação seja aprovado ao chegar na Assembleia Legislativa da Bahia – Alba.

              A Lei Complementar 416, aprovada pela Câmara Federal no dia 04 de junho, prevê a emancipação de 410 distritos em todo o país. Na Bahia são 112 localidades. O texto-base aprovado é um substitutivo, com várias alterações no projeto original aprovado pelo Senado em 2008, de autoria do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR). As modificações atendem a reivindicações da Confederação Nacional dos Municípios (CMN). Devido às alterações, o projeto voltou ao Senado antes de ir à sanção presidencial. A proposta estabelece critérios como viabilidade financeira, população mínima e plebiscito de toda a população.

           :: LEIA MAIS »

Mesmo com o pior desgaste da História de Ilhéus Jabes cerca a família (Siciliana) de cargos e continua dizendo que é semi-Deus

jabes bode
Mesmo o prefeito Jabes Ribeiro ter o maior índice de rejeição de todos os tempos, o governo ainda libera cargos para o tal, recentemente a ex gerente do SAC pediu exoneração após varias tentativas de ficar na UESC e no SAC, pois a mesma passou em um concurso e só agora foi chamada, o fato é que a imagem do atual prefeito ligada ao governador não vai ser bem vinculada para  as eleições 2014, o que se comenta pela cidade que o gerente interino do SAC já está com os dias contados umas vez que o novo gerente indicado por Jabes já está a caminho aguardando publicação no diário oficial da Bahia, segundo informações o pessoal do reúne Ilhéus estarão fazendo um protesto nos próximos dias em volta do SAC pedindo dessa vez ao governador que reavalie administração do SAC sobre os comando de um gestor que não consegue se quer administrar a cidade. Ha quem diga que a ex gerente fazia tudo quanto (Jhon Ribeiro) mandava e que o gerente indicado (Thiago Viana) o polemico do facebook virá soltando o veneno pra todo lado. O que nos deixa preocupado é com o atendimento em um órgão tão respeitado é falta de compromisso do grupo de Jabes, tudo é para ele, por ele e com ele, não podemos deixar que o atendimento no SAC volte a ser berço eleitoral do grupo de Jabes ou de outrem, mas que haja qualidade no atendimento.
Fonte: Info IosIlheus (amigosdeilheus@outlook.com)

 

Presidente Marcelo Nilo entrega título de cidadão baiano ao Bispo Ceslau

marcelo ent

ceslau

 Na próxima quarta-feira (21), o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo, faz a entrega do título de cidadão baiano, ao Bispo Diocesano de Itabuna, Dom Ceslau Stanula. A cerimônia de entrega do título, proposto pelo deputado Augusto Castro (PSDB), será realizada na sede da Associação Atlética Banco do Brasil – AABB de Itabuna, a partir das 19h30 e contará com a presença de diversas autoridades, além da população da cidade.

Perfil

Dom Ceslau Stanula, Bispo Diocesano de Itabuna há 12 anos, é Missionário Redentorista, nascido em Szerzyny, pequena cidade, distante 100 km de Cracóvia, na Polônia, no ano 1940. Seus pais, Stanislaw e Bronislawa Stanula, eram camponeses e tiveram oito filhos. Dom Ceslau entrou na Congregação dos Missionários Redentoristas com 17 anos. Terminou os estudos filosóficos e teológicos no Seminário Redentorista, recebeu a ordenação sacerdotal no dia 19 de julho de 1964. Iniciou o seu trabalho sacerdotal na Polônia, na cidade universitária de Gliwice, na Silesia, como catequista e capelão do Hospital Oncológico. De Gliwice foi transferido para a Argentina como missionário e trabalhou no Norte argentino.

Depois de seis anos de trabalho na Argentina, foi enviado ao Brasil para dar início à Missão Redentorista da Bahia, em Bom Jesus da Lapa, onde ocupou as funções de Superior da Missão Redentorista do Estado, Reitor do Santuário, Pároco da Paróquia, Vigário Geral da Diocese, Professor do Colégio de São Vicente, Diretor da gráfica “Bom Jesus”, Assistente Eclesiástico e orientador da Congregação das Filhas de Fátima, pregando também missões populares. Depois de 12 anos de trabalho em Bom Jesus da Lapa, foi transferido para Salvador, para a Comunidade de São Lázaro, aí assumiu a função de Vigário Paroquial e Diretor Espiritual do Encontro dos Casais com Cristo e do “Grupo Repartir”. Trabalhou também como professor. Depois foi nomeado Superior da Comunidade Redentorista de São Lázaro e Pároco da Paróquia de Ondina-CE. Em Salvador dedicou-se à Pastoral Familiar, sendo nomeado pelo Arcebispo D. Lucas Moreira Neves, Diretor Diocesano do ECC.

Para melhor identificar-se com o povo brasileiro, naturalizou-se brasileiro, recebendo o Certificado de Naturalização no dia 24 de março de 1987 em Salvador. Nomeado Bispo Diocesano de Floresta-CE, pelo Santo Padre o Papa João Paulo II, em 23 de agosto de 1989, recebeu a Consagração Episcopal na Paróquia de Ondina, onde trabalhou. Como Bispo de Floresta dedicou-se ao trabalho pastoral e social. Construiu vários açudes, adução de água, construção de capelas, entre outros. Foi responsável pela Pastoral Familiar em quatro Estados: Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Assessoria do Dep. Marcelo Nilo





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia