WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  


‘A bala não foi de raspão, e quando pediram para parar, paramos’, diz ator

“Leno Sacramento, presente”. Mesmo abalado psicologicamente, foi o próprio ator do Bando de Teatro Olodum quem deu a mensagem – está bem fisicamente, está vivo. Mas, numa semana com notícias que iam desde o assassinato de 30 homens – a maioria negros – em apenas dois dias até um menino negro de 12 anos sendo impedido de comer em um shopping, a resposta vem com uma reflexão maior.

A frase foi postada por Leno em seu perfil no Instagram, na madrugada desta quinta-feira (14), menos de 12 horas após ele ter sido baleado em uma abordagem policial na Avenida Sete de Setembro, próximo à Casa d’Itália, na tarde dessa quarta-feira (13).

Depois, já no meio da manhã desta quinta, Leno e o cenógrafo Garley Souza, que estava com o ator no momento da abordagem, participaram de um manifesto do Bando de Teatro Olodum, no Teatro Vila Velha, que fica na mesma região.

Nem Leno, nem Garley falaram com a imprensa. O advogado dos dois, Cleifson Dias, explicou que eles foram orientados a se manifestar somente através da via jurídica. Querem preservá-los até que saibam “qual será a versão produzida” pelas forças de segurança para o que aconteceu.

A versão de Leno só deve ser completamente conhecida após o depoimento à polícia – ele e Garley devem ser ouvidos nesta sexta-feira (15).

Para o advogado, no entanto, não há dúvidas de que a situação tenha começado a partir do que chamou de “mais uma abordagem ilegal e desastrosa promovida por agentes da Secretaria da Segurança Pública”.

Racismo institucional
Ele defendeu que a atitude dos policiais configura racismo institucional, além de tentativa de homicídio. Ou seja, Leno foi baleado por ser negro. E o racismo, explica, não está apenas em uma declaração, por exemplo, como pode estar na atuação de uma instituição.

Ainda de acordo com ele, a defesa ainda não teve acesso às declarações de uma pessoa que teria sido vítima de assalto na região – chegaram a ver, mas não tiveram acesso a nenhuma cópia do depoimento.

“Vamos buscar todos os fatos necessários para uma defesa técnica. Consideramos que o princípio da preservação da vida não pode ser superado por nenhum outro princípio, nem mesmo da segurança coletiva. Não vale afirmar que, em nome da segurança, o estado promova o homicídio de pessoas”, criticou o advogado.

Correio

Café da Manhã do PDT reúne lideranças pensando na Região do Cacau

Na manhã desta quarta feira (13), lideranças politicas do Partido Democrático Trabalhista, de Ilhéus,  se reuniram na Pousada Costa do Cacau, para um cafe da manhã que definiu estrategias para o lançamento da pre campanha de deputado federal, que terá Dr. Cosme Araújo, na disputa do pleito, e deputado estadual que traz para base de apoio de Araújo, nomes que prometem compor uma chapa forte, com votação expressiva em todo território baiano, como o do Presidente da Câmara de Municipal de Salvador, Léo Prates, que promete criar, junto a Araújo, um novo rumo a politica baiana.

” Esta reunião serviu para nos deixarmos mais fortes e conscientes da sustentação do nosso projeto. O povo quer mudança, quer que eu esteja no congresso para, em Brasilia, continuar defendendo os seus  direitos. Então, se o povo quer eu devo atender a vontade do povo”, disse Dr. Cosme Araújo em mais um passo solido rumo as eleições  de 2018.

Estiveram presentes a Dra. Kellyn Araujo, Empresario Paulo Gannem, ex presidente do sindicato dos estivadores de Ilhéus, Dr Emerson Gomes Tavares, o servidor da CODEBA, Fabão, o proprietário da casa de recuperação de drogados de Ilhéus, Clemilson, Andreia , Cleyton, Carlinhos Freitas, Micael do cavalos que é líder da juventude em Itabuna, Damasceno, Evangelista, Leo Novais, a Empresaria Monica  e outros. Personalidades que agregam força para o PDT conquistar a consumada liderança em Ilhéus e região. Na oportunidade Araújo também falou do seu apoio ao pre candidato a Governador, que não é o do PT.

por Caliana Mesquita

Leo Novais declara apoio a Dr. Cosme Araújo na pré candidatura a Deputado Federal

O jovem e articulado blogueiro ilheense, Leo Novais, rompeu as alianças com o Partido Progressista e decidiu declarar apoio ao pedetista, Cosme Araújo, na disputa ao Congresso Nacional deste ano.

“Isaac, boa noite. Agradeço pelo convite mas já estou fechado 100% com Cosme e tenho palavra. Discordo que ele não tem chance. Tenho andado por ai e não vejo nome melhor. Acho que Cosme vai ganhar, mas, independente dele ganhar ou não estou com ele para o que der e vier. Por favor diga para não ligar para mim, pois, pode me prejudicar com minha comunidade”, disse Leo Novai ao articulador politico pepista, Isaac, que apos deixar um dos seus “pupilos” à ver navios na politica, percebeu que o jovem politizado, tem personalidade e visão cívica, e conseguiu enxergar novos horizontes para Ilhéus.

Leo, que hoje é visto como uma liderança no condomínio Sol e Mar, também declarou apoio ao pre candidato do PDT, Leo Prates, e esta se filiando a sigla ainda esta semana.

“O apoio de Leo é importante para nosso projeto, pois, trata-se de um rapaz jovem, com ideias novas, visão social”, disse o Defensor do Povo, Dr. Cosme Araújo, que a cada dia ganha mais força na corrida para ocupar uma cadeira na Câmara Federal.

Da redação

ILHEENSES APONTAM DR. COSME ARAÚJO COMO O CANDIDATO FAVORITO PARA O CONGRESSO NACIONAL

As eleições estão batendo na porta e os cidadãos começam a debater quais personalidades podem ocupar a preferencia nas urnas, já que a disputa,este ano, apresenta um leque de possibilidades. Figuras carimbadas, desqualificadas, outras inexperientes, outras até bem intencionadas, mas poucas com experiencia e traquejo politico para conquistar a maioria do eleitorado, buscam conquistar os ilheenses.

O fato é que politica é coisa seria, e precisa de representante que faça valer a responsabilidade e o compromisso com a vida dos cidadãos, alem de se preocupar com o futuro do país. Critérios que os ilheenses, demonstram esta atentos e seguros, pois faltando 4 meses para a decisão final, nomes começam a ser profanados, espontaneamente, pelos quatro cantos de Ilhéus. Entre eles, o Dr. Cosme Araújo, que já se declarou pre candidato a Deputado Federal.

Com uma história movida pela intensidade na defesa dos cidadãos, tanto como representante da lei, com mais de 34 anos de advocacia, garantindo que a lei esteja presente na vida de todos os brasileiros, quanto na cobrança e criação delas, no que tange as funções da vida politica, o Defensor do Povo, promete ser o Deputado Federal mais votado da terra da Gabriela.

“Cosme tem personalidade, determinação e uma credibilidade inabalavel, caracteristicas que precisamos na politica federal. Ilheus precisa dele no Congresso”, disse Joana Andrade, cidadã ilheense, que aprendeu a admirar Araújo, por ter acompanhado sua trajetória profissional e politica.

De fato o Congresso Nacional não precisa de cordeiros mas sim de leões, que não tenham medo nem se acovardem por propostas faceis. E com a imagem integra, sem manchas que abalem sua honestidade, Dr. Cosme Araújo já tem em Ilhéus o campo consolidado para ajuda-lo a ocupar uma cadeira no Congresso Nacional.

por Caliana Mesquita

Graças ao pré candidato a Deputado Federal, Dr. Cosme Araújo, Ilhéus terá câmeras de segurança!

Na ultima segunda feira (11) a prefeitura de Ilhéus, se reuniu na sede da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia, na capital baiana, com o Tenente Luciano Jovita, coordenador do Centro Integrado de Comunicação (Cicon Regional Sul) e o Coronel Antônio Magalhães, Superintendente do órgão, para formatar um convenio de cooperativa técnica entre o Governo do Estado e o município, visando a integração das forças de segurança através do vídeo monitoramento da cidade.

Na oportunidade foi discutida a proposta de dotar Ilhéus de 90 câmeras de vídeo de alta resolução, distribuídas na área operacional das três Companhias Independentes da Polícia Militar localizadas em Ilhéus.

O sistema terá o monitoramento do Cicon regional onde, em tempo real, as informações e ocorrências serão repassadas para a Policia Militar, Polícia Civil, Polícia Técnica e Sutran.

A ideia, que pretende trazer aos cidadãos mais segurança, teve origem no mandato do então parlamentar, Dr. Cosme Araújo, que já em 2014, havia compreendido a necessidade de Ilhéus em fortalecer o seu sistema de monitoramento, para melhor proteger os cidadãos.

“Ilhéus é uma cidade turística, com ampla extensão territorial, com ramificações em suas geografia que favorece a entrada e saída de criminosos. Quando criei  a lei nº 3.710/14, foi justamente em fortalecer o sistema de segurança publica, garantindo meios mais modernos para que haja o monitoramento mais eficiente por parte da policia e assim respostas exitosas aos cidadãos ilheenses”, disse Dr.Cosme Araújo, que segue sua vida politica pautando a garantia dos direitos dos cidadãos unidos a defesa da ordem publica.

” Vamos trabalhar para que esta lei seja levada a esferas maiores, e que todas as cidades brasileiras, possam contar com este aparato tecnológico para favorecer o trabalho da policia“, concluiu o Defensor do Povo, Dr. Cosme Araújo.

por Caliana Mesquita

 

CÃES DA RAÇA PIT BULL MATA AGRICULTOR E DONO DOS ANIMAIS RESPONDERÁ POR HOMICÍDIO

O dono dos cães que atacaram e mataram o agricultor Antônio Lima dos Santos, de 50 anos, vai responder a um processo por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A informação é da Polícia Civil.

Antônio foi mordido por cães da raça pit bull na noite de quinta-feira (7), mas o corpo dele só foi encontrado na sexta (8). O ataque ocorreu quando a vítima passava em frente a um sítio na zona rural de Porto Seguro, no extremo sul da Bahia.

Uma perícia foi realizada no sítio no sábado (9). Informações preliminares apontam que o animais pularam a cerca da propriedade, no entanto, a polícia ainda não tem detalhes de como os cães deixaram o local. Também não há informações do depoimento do dono dos cães, que foi ouvido na sexta-feira.

De acordo com a polícia, ao menos três cães morderam Antônio Lima dos Santos. O corpo dele achado por vizinhos, na estrada ao lado do sítio, e foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da cidade. Segundo moradores da região, apenas uma tela separa o sítio da rua. Do G1.

POLICIAL TEVE CORPO MUTILADO ANTES DE SER MORTO POR TRAFICANTES EM SALVADOR

“O que fizeram com ele não se faz nem com um gado de abate”. A frase é de um amigo do policial militar Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos, assassinado na madrugada do sábado (9) por traficantes no bairro da Santa Cruz, em Salvador.

Gonzaga estava voltando para casa depois do trabalho e dava carona para um amigo de infância, identificado como “Jai”, quando foi abordado por três traficantes. Os autores do crime foram identificados como Choquito, Keka e Leno.

O PM foi torturado e teve o corpo mutilado antes de ser morto pelos criminosos, informa o Correio24h. Gonzaga ainda recebeu vários tiros na cabeça. “Eu nunca vi isso. Tem gente que tá há mais de 30 anos na polícia e nunca viu alguém ser morto dessa forma”, diz um colega do policial.

Os autores do crime chegaram a arrancar o coração da vítima e deixaram o órgão na região do Nordeste de Amaralina, em uma localidade conhecida como Boqueirão, a mais de 1 km onde Gonzaga foi morto.

‘Jai’, que estava com Gonzaga, teria fugido no momento do crime e ainda não apareceu para prestar depoimento. “Era uma grande amigo dele, a família toda conhece. Ele que tava junto. Ele tem que falar”, diz um familiar do policial.

“O cara sumiu. Abriu um buraco no chão e desapareceu”, reclama um amigo da vítima, que não aponta Jai como participante do crime, mas quer que ele preste depoimento. “Está tudo muito estranho”. Mesmo questionando o sumiço, amigos e policiais militares ouvidos pelo CORREIO acreditam que Jai não participou do crime.

Na manhã de sábado (9), a polícia matou um suspeito de participar do assassinato do PM. Identificado como ‘Budigo’, foi encontrado na Rua dos Posseiros com revólver, munições e drogas e atirou contra a polícia. Em seguida, teria ocorrido uma troca de tiros, ele acabou atingido e não resistiu.

MORTES

Muito abalada, Kelly, de 23 anos, a filha mais velha de Gonzaga, se limitou a dizer que o pai era “um bom policial”. A irmã de 15 anos está em choque.

Gonzaga foi o segundo policial morto em pouco mais de 24 horas em Salvador. O também cabo da PM José Luiz da Hora, 51 anos, foi morto na noite da última quinta-feira (7) no Subúrbio Ferroviário. No final da tarde da última sexta, Gonzaga compareceu ao enterro do colega, no cemitério Bosque da Paz.

O tenente-coronel Moreno, comandante do Batalhão de Polícia de Guarda da Polícia Militar (BG), esteve ao lado dele no enterro na sexta, muito emocionado, e neste domingo disse que estava de luto pela morte dos dois policiais.

“O policial militar jura defender a sociedade colocando em risco a própria vida. Temos que manter serenidade, ficar tristes e enlutados. O que esperar? Foi uma barbaridade, uma execução que nem nos tempos medievais acontecia”.

“Já virou rotina. A gente nem pensa nisso senão não sai de casa, não vive. Mas cada colega que tem a vida ceifada é como se tirassem um membro do nosso corpo”, diz um PM amigo da vítima.

SSP apura ação de grupos de extermínio ou retaliação por morte de PM

A Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP) investiga se a onda de violência em Salvador e na Região Metropolitana (RMS) no último fim de semana foi uma retaliação pela morte de dois policiais militares na semana passada. Entre sábado (9) e domingo (10), 29 pessoas foram assassinadas, incluindo o cabo da PM Gustavo Gonzaga da Silva, 44 anos.

De acordo com o titular da pasta, o secretário Maurício Barbosa, a SSP investiga até mesmo a possibilidade de ação de um grupo de extermínio. Em entrevista ao CORREIO, Barbosa destacou que foi um fim de semana ‘atípico’ – especialmente por sair de uma sexta-feira (8) em que não houve nenhum assassinato para registrar 17 no dia seguinte.

Ele citou, ainda, uma “possível revolta” da tropa, diante da brutalidade com a qual o cabo Gonzaga foi morto. O PM foi torturado e teve o corpo mutilado antes de ser executado pelos criminosos. Gonzaga recebeu vários tiros na cabeça. Os autores do crime chegaram a arrancar o coração da vítima e deixaram o órgão na região do Nordeste de Amaralina, em uma localidade conhecida como Boqueirão, a mais de 1 km de onde Gonzaga foi assassinado.

“Obviamente, está todo mundo comovido pela forma como o policial foi morto e estamos buscando altivez na resposta para prender e chegar aos autores. E também (estamos buscando) ações individuais que sejam feitas como forma de acalmar esse sentimento que passa por todos os policiais, por ele ter sido brutalmente assassinado”.

O secretário destacou, no entanto, que não necessariamente esses grupos seriam formados por policiais ou apenas por policiais. “Às vezes, têm pessoas com qualquer outra ocupação profissional e que se intitulam de ‘justiceiros’, mas a gente tenta evitar que sejam feitos esses atos”.

Briga de facções
Além da suspeita que o secretário chamou de “ação orquestrada” devido à morte do policial, Barbosa destacou que os números do fim de semana incluem homicídios devido à briga de facções.

“Infelizmente, todo fim de semana, a gente encontra acerto de dívida de droga também. Estamos investigando, entre esses homicídios, até questões passionais. Teve a questão do empresário na Pituba e agora não descartamos também nenhuma possibilidade”, concluiu.

Correio

Com no máximo 2% no Datafolha, Maia diz que não vai desistir de disputa

Mesmo oscilando entre 1% e 2% na pesquisa Datafolha publicada neste domingo (10), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), diz que não está em seu radar deixar agora a disputa pela Presidência da República.

“Continuo achando que nada mudou e que ninguém tem garantia de vaga no segundo turno. Ninguém consegue se colocar como líder no campo de centro-direita”, disse Maia à reportagem.

Aliados do deputado admitem que ele não deve oficializar sua candidatura ao Palácio do Planalto entre 20 de julho e 5 de agosto, período das convenções partidárias, mas também não veem motivo para que ele desista agora, já que estaria se cacifando para tentar um terceiro mandato à frente da Câmara.

O próprio Maia rebate a crítica de tucanos que, reservadamente, afirmam que a manutenção de sua pré-candidatura prejudica alianças do DEM com outros partidos pelos estados.

“Não sei onde. Qual o estado? Onde segurei a decisão estadual? Papo furado. Não há um estado que tenha problema”, reagiu Rodrigo Maia.

Em São Paulo, o DEM pode apoiar tanto o governador Márcio França (PSB) quando o ex-prefeito João Doria (PSDB).

PSDB e DEM são aliados também em estados como Bahia, Pará e Alagoas. Em Pernambuco, apoiarão juntos o candidato do PTB. Os dois partidos vão se enfrentar em estados como Goiás e Mato Grosso.

Assim como os demais pré-candidatos, Maia manteve-se no mesmo patamar da pesquisa anterior, de 15 de abril.

Enquanto leva a candidatura de Rodrigo Maia adiante, o DEM também conversa com outros partidos, como PSDB, PDT e PR.

Encabeçados pelo PSDB, representantes de partidos do chamado centro organizaram na semana passada o “Manifesto por um polo democrático e reformista”, com acenos à esquerda e à direita.

O objetivo principal do texto é levar as legendas deste campo político, hoje com pré-candidaturas pulverizadas, a se reunirem em torno de um único nome.

O DEM, que participaria do ato, recuou. Os três deputados do partido que constavam como signatários do documento disseram que não haviam assinado o texto.

Bocão

ILHÉUS: CORONEL É BALEADO EM CONFUSÃO COM POLICIAIS CIVIS EM CASA DE EVENTOS

Um desentendimento entre investigadores da Polícia Civil e policiais militares em uma casa de eventos, no bairro Pontal, em Ilhéus, na madrugada deste sábado (9), por pouco não acaba em tragédia. Os envolvidos na confusão foram os investigadores Joseval Santos Cupertino e Luciano Santos Cardoso e o tenente-coronel Delmo Barbosa de Santana e outros PMs.

De acordo com informações de testemunhas, foram feito quatro disparos. O tenente-coronel foi atingido na perna, socorrido para o Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, e depois transferido para um hospital em Salvador. O estado de saúde do PM é estável. Os policiais civis nada sofreram. Um agente de portaria da casa de eventos foi atingido na perna, de raspão.

Funcionários da casa de eventos e testemunhas foram ouvidos no inquérito aberto na Polícia Civil. Em nota, a PM informou que a corporação vai instaurar sindicância para apurar os fatos. Câmeras do circuito interno do estabelecimento devem ajudar a esclarecer o que ocorreu e identificar os envolvidos no desentendimento.

Pimenta

Maia já articula reeleição à presidência da Câmara

Sem passar de 1% nas pesquisas de intenção de voto ao Palácio do Planalto, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já admite, em conversas com aliados, desistir da disputa. Maia prepara o argumento para a desistência e passou a articular apoio para se reeleger ao comando da Casa na próxima legislatura. “Vou trabalhar pela minha candidatura até o limite, mas, de forma nenhuma, vou para esse processo sozinho”, afirmou Maia ao Estadão/Broadcast.

A saída de Maia da disputa presidencial vai explicitar as articulações do DEM no processo eleitoral. O presidente da Câmara tem defendido um novo polo de poder, distante do PSDB – parceiro histórico – e do MDB.

Há cerca de um mês, o deputado intensificou negociação com partidos de centro, entre eles, PP, PRB e SD, para que marchem juntos na campanha. Com a entrada do PR no bloco, ele passou a ser um dos principais entusiastas da aliança dessas legendas em torno da candidatura do empresário mineiro Josué Gomes (PR), dono da Coteminas e filho do ex-vice-presidente José Alencar.

Maia e aliados não descartam uma composição com o ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB), mas têm feito acenos a outros presidenciáveis, entre eles, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT). A avaliação dos dirigentes dessas legendas de centro é de que não se pode descartar o potencial eleitoral do pedetista.

Na negociação, o DEM pede compromisso de apoio à reeleição de Maia para o comando do Legislativo. Sua candidatura ao Planalto, desde o início, era vista como uma tentativa de o deputado se cacifar politicamente e eleitoralmente, uma vez que tem piorado seu desempenho nas urnas ao longo dos anos – em 2014 foi eleito com 53,1 mil votos, ante quase 200 mil de 2006.

A pouco mais de um mês do início das convenções partidárias, a saída de Maia da disputa também é mais um sinal da depuração dos 17 nomes que se apresentaram até agora como pré-candidatos. Nesta semana, a deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB) admitiu abrir mão de sua pré-candidatura à Presidência nas eleições 2018 em torno de um nome que unifique a esquerda.

Ciro
O aceno de Maia a Ciro coincide com a desconfiança que ronda a pré-candidatura de Alckmin nas pesquisas de intenção de voto. Embora DEM e PSDB sejam aliados históricos, Maia já disse que aliança entre os dois partidos na disputa deste ano não seria “automática”.

Maia disse na quinta-feira passada que votaria no pedetista em um eventual segundo turno entre ele e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ). As conversas de Maia com Ciro estão sendo feitas ainda por meio de interlocutores, entre eles, o deputado Weverton Rocha (PDT-MA), que é próximo do presidente da Câmara. Nas tratativas, DEM e PDT avaliam possíveis alianças nos Estados, como no Rio e no Rio Grande do Norte.

O deputado também tem se movimentado na Câmara em busca de apoio para se reeleger pela terceira vez para o comando da Casa. Desde abril, passou a fazer reuniões individuais com as principais bancadas para ouvir as demandas dos parlamentares. Já encontrou com deputados do PR, do PSDB e do PPS. Também deve se reunir com o MDB, a segunda maior bancada.

Maia também vem fazendo gestos para os principais partidos da oposição, entre eles PT, PCdoB e PDT, cuja maioria de seus integrantes o apoiou em suas duas eleições para o comando da Casa em 2016 e 2017. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Correio

Ladrão tenta roubar ônibus que já estava sendo assaltado; passageiros bateram nos dois

 

Caso aconteceu na região do Santo Antônio do Carmo, nas proximidades do largo, no Centro de Salvador.

Dois homens foram espancados por  passageiros de um ônibus, no final da manhã desta quinta-feira (7), enquanto tentavam assaltar o mesmo coletivo na rua Santo Antônio do Carmo, nas proximidades do largo, no Centro de Salvador.

De acordo com informações do Posto da Polícia Civil do Hospital Geral do Estado (HGE), Maurino dos Santos Mendes anunciou o assalto aos passageiros por volta das 11h.

Ao perceber que estavam roubando o mesmo ônibus, os dois tentaram fugir. Dizem que ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão – nesse caso, no entanto, o ditado popular não se cumpriu.

Os passageiros surpreenderam os dois suspeitos. Vanderson foi agredido com socos e pontapés e encaminhado logo em seguida para o HGE por viaturas da polícia. O suspeito permanece internado no setor  ortopédico.

Maurino também foi agredido, mas teve lesões leves. Ele foi conduzido para Grupo Especial de Repressão a Roubos em Coletivos (GEERC). Procurada, a Polícia Civil não se pronunciou sobre o fato.

Correio





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia