WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



setembro 2018
D S T Q Q S S
« ago    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  





Projeto Eficiência garante celeridade à prestação jurisdicional

CNJ 1                                                                                            VEP de Porto Velho após ação do Projeto Eficiência

A excessiva demanda de processos, o número quase sempre insuficiente de servidores para atendê-la e a inexistência de métodos e rotinas de trabalho estão entre as principais causas de morosidade na tramitação de processos no Brasil. Para mudar esse cenário, em 2011, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) criou o Projeto Eficiência, cujo objetivo é gerar maior celeridade e qualidade na prestação do serviço jurisdicional cartorário, com a implantação de organização cartorária e de método e rotina de trabalho de forma racionalizada, padronizada e equilibrada.

A iniciativa acontece sob coordenação do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema de Execução de Medidas Socioeducativas (DMF) do CNJ.  O trabalho é dividido em cinco fases: Diagnóstico (levantamento de dados sobre o cartório); Organização cartorária (organização para melhor aproveitamento do espaço físico e prática para o manuseio diário); Triagem (identificação e realocação dos processos nas prateleiras); Estabelecimento de método e rotina de trabalho; e Avaliação dos resultados (acompanhamento das metas estabelecidas e eventuais ajustes no método e na rotina de trabalho).

CNJ 2

O Projeto Eficiência pode ser executado em qualquer Vara de Execução Penal, Vara de Execução de Medidas Socioeducativas, Vara Criminal ou Vara Judicial que possua atraso no cumprimento e na apreciação de processos. Uma equipe composta por um membro do DMF e por cincos servidores de Tribunais de Justiça de estados distintos, anteriormente treinados, passa uma semana no cartório, efetuando, em parceria com a equipe local, a reorganização das atividades e competências, alterando-se completamente a rotina de trabalho do lugar. Também é feita uma nova divisão de tarefas, considerando aptidões e limitações pessoais dos servidores das Varas beneficiadas com a ação do Projeto.

“O resultado é surpreendente para eles mesmos”, comenta o coordenador do projeto no DMF, Everton Bernar. Segundo ele, em muitos cartórios a falta de organização atrapalha principalmente o andamento dos processos de execução penal, pois provoca lentidão na apreciação dos benefícios penais, como progressão de regime, livramento condicional, pedidos de remição e indultos. Everton alerta que essa lentidão repercute num grave problema brasileiro: a superlotação carcerária. “Se os benefícios penais saíssem no tempo previsto, teríamos, certamente, presídios menos inchados”, comenta o especialista.

CNJ 3

 

Depois do Projeto Eficiência, as Varas de Execução passam por mudanças aparentemente óbvias e simples, mas que alteram a dinâmica de trabalho e repercutem diretamente na vida de milhares de pessoas. Entre elas, estão: a organização de processos em estantes, permitindo que todos os servidores possam consultá-los e localizá-los de forma fácil e rápida; a identificação de todos os processos corretamente; o alerta de que todo o cumprimento deve ser certificado com a data do cumprimento e o nome do funcionário (inclusive informando quais diligências foram realizadas por e-mail ou telefone); o alerta de que o cumprimento de um despacho ou decisão deve ser completo; jamais fazer atendimentos no interior da serventia, ficando a parte interna do cartório restrita aos servidores.

Em quase dois anos, o Projeto Eficiência já organizou e possibilitou a tramitação mais célere dos processos em 17 Varas Criminais, de Execução Penal e da Infância e Juventude brasileiras.

Exemplo – O último cartório a receber o projeto Eficiência foi o da Vara de Execuções Penais de Porto Velho, ligado ao Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia. A equipe do DMF esteve na cidade nortista no período de 18 a 23 de fevereiro deste ano.

:: LEIA MAIS »

O RESPEITO PELO OUTRO COMEÇA POR SI MESMO.

 Azulzinho Noticiasdinalva melo

 

Todos sabem que a falta de respeito com o outro, seja esse quem for, é apenas o reflexo da falta de respeito por si mesmo. O que aconteceu em relação às professoras que foram nomeadas como Vice-diretoras das escolas municipais, foi um ato de crueldade, humilhação, falta de respeito e descaso com a honra e a dignidade do ser humano. Quando o poder público desrespeita os professores, não pode cobrar que a sociedade os respeite. Pois os exemplos precisam partir das autoridades constituintes. Recebi algumas informações e me relataram o seguinte: Em janeiro após a posse do Sr. VANE do RENASCER elas foram nomeadas para serem vice diretoras de algumas escolas, Até o final de janeiro estava tudo certo. Receberam o pagamento correspondente ao novo cargo, já o dinheiro de fevereiro não foi pago. E há uma semana a trás foram convocadas para uma reunião e abruptamente, friamente e cruelmente, foram informada pela incompetente Secretária de Educação DINALVA MELO, que estavam todas elas, exoneradas do cargo de vice-diretora das escolas. A desculpa foi que não havia verbas para mantê-las no cargo. Ora e onde está o planejamento, a estratégia administrativa da Secretaria de Educação? Então é uma secretaria a Deus nos ajude, sem nenhum critério de trabalho, sem nenhum planejamento?

DESABAFO DE UM ELEITOR-CIDADÃO-CONTRIBUINTE CONTRA O ALELUIA ARMAÇÃO DE EL CID, JR, JONH e ISAAC

 

De: JOÃO DE SOUZA BORGES <josobo@gmail.com>
O EMBRÓGLIO DO ILHÉUS ALELUIA

judas

“DESDE O INÍCIO, ESTE PROJETO CHEIRA MAL: A DÚVIDA É POR CONTA DE SE SABER QUEM ESTÁ PROMOVENDO ESTA MUVUCA FORA DE ÉPOCA. UNS DIZEM QUE É A PREFEITURA ATRAVÉS DO “ENRUSTIDO” SECRETÁRIO DE TURISMO; OUTROS DIZEM SER A ATIL. QUANDO FOI QUE A ATIL JÁ PROMOVEU ALGO NA CIDADE? ESSA NÃO SERIA A GRANDE JOGADA PARA FUGIR DAS LICITAÇÕES, DOS TRIBUNAIS E DO MINISTÉRIO PÚBLICO QUE COBRARÃO, CERTAMENTE PROCEDIMENTOS LEGAIS DA PREFEITURA? DE LADO A AUTORIA DA MUVUCA, VEM OUTRA QUESTÃO: NAS MISSAS DO FINAL DE SEMANA EM ILHÉUS A REVOLTADA IGREJA SE FAZ SENTIR. OS PADRES EM NOME DA DIOCESE, SÃO INCISIVOS AO DIZER QUE O PREFEITO, ALÉM DE NÃO CUMPRIR O SEU PAPEL DE RESPONSÁVEL PELA ORDEM SOCIAL DA CIDADE, AINDA AGRIDE A IGREJA, AS TRADIÇÕES E A RELIGIOSIDADE SECULAR DE UM POVO. A DIOCESE FOI CONSULTADA PARA A INSTALAÇÃO DOS “SHOWS” NA PRAÇA DOM EDUARDO, PONTO ALTO DAS CELEBRAÇÕES DA PAIXÃO E MORTE DE JESUS CRISTO? POR QUE TANTA NECESSIDADE DE MOSTRAR “SERVIÇO” EM CIMA DA MISÉRIA DOS POBRES? ONDE ESTÃO OS POSTOS DE SAÚDE, AS ESCOLAS, A MERENDA, A COLETA DE LIXO…SE ALGUÉM ACHA QUE ESSE COMENTÁRIO É POLÍTICO,PROCURE A IGREJA, OUÇA O BISPO E SEUS REPRESENTANTES E VEJA O QUE SE DIZ DE TUDO ISSO. E VEM A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: ISSO VAI FICAR IMPUNE? QUE FAÇAMOS UMA REFLEXÃO. QUE O VEREADOR COSME ARAÚJO NOS AJUDE. ESTAMOS ATENTOS, MAS NÃO TEMOS O ESPAÇO.”

Ilheense Zangado com JR

zangado
"Como pode o governo atual que seria de mudança privilegiar tantos algozes da política de nossa querida cidade.
 O Sr. Jabes Ribeiro coloca no seu governo aliados que nunca contribuíram quando puderam para Ilhéus. Deixando
 os mesmos com salários altos e acordos extra políticos. Coloca o ex vereador Raimundo Borges um ignorante 
profissional e político. O mesmo, já é aposentado por invalidez e nomeado na prefeitura municipal de Ilhéus. 
Não sou advogado mas isso pode? ele deveria deixar de receber pelo INSS. e ainda o mesmo tem outros cargos 
políticos além de indicações. Como pode, este é só um caso,  tem Isaac mandando e desmandando novamente. 
Além de outras indicações que só afundarão com a nossa cidade."

Na TV, motorista mostra que foi multado em Ilhéus por andar a 1 KM por hora

motorista
                                                                                     Alexandre Ribeiro
                                                                                  Crédito: Reprodução Rede Record

O sistema de trânsito do município de Ilhéus volta a ser notícia nacional.

Reportagem exibida pela Rede Record sobre absurdos e exageros na emissão de multas pelo Brasil, apresenta o caso do brasiliense Alexandre Ribeiro, durante viagem de férias ao município baiano. Alexandre perdeu 23 pontos da carteira de habilitação, três a mais que o permitido, por dirigir na avenida Proclamação, bairro Jardim Savóia, a um quilômetro por hora.

De acordo com as multas emitidas pela Secretaria de Trânsito do Município, neste local está previsto apenas a tolerância de 0,5 quilômetro por hora, condição que teria levado o motorista à entrar na lista de absurdos apurada pela emissora de televisão em matéria exibida nacionalmente.

O motorista alega que a cidade vivencia “uma fábrica de arrecadação de dinheiro” e lamenta que, até agora, esteja tentando se defender da infração que, lógico, não cometeu. O limite de velocidade na Avenida Proclamação é de 50 quilômetros por hora e não 0,5 conforme consta nas multas expedidas. Não se sabe se o absurdo foi gerado por erro na digitação ou se por exagero mesmo.

Não é de hoje que os “chupa cabras” instalados em Ilhéus são motivo de polêmica entre motoristas da cidade e de fora. A cidade já sofreu inúmeros desgastes por conta da iniciativa de sua instalação. Chegou a ver deflagrada uma campanha negativa em que os usuários diziam: “Visite Ilhéus e ganhe uma multa”.

Durante a campanha eleitoral, ano passado, o atual prefeito Jabes Ribeiro demonstrava insatisfação com a presença do sistema na cidade mas, três meses depois de empossado, os equipamentos continuam em ação.

Informações chegadas ao Jornal Bahia Online dão conta de que o atual governo pretende continuar com o equipamento punitivo nas ruas. E mais: deve ampliar o número, segundo afirmou uma autoridade municipal que pediu para não ser identificada.

Nota de O Defensor: Isaac Albagli é isto ai!

 

 

‘Estudar virou hábito’, diz aprovado em 13 concursos públicos, no AM

 

Vida de concurseiro iniciou pelo interesse em estabilidade financeira.
Oficial de Justiça, João Victor continua estudando para outros concurso

estudanteJoão Victor Tayah passou em mais de dez concursos públicos (Foto: Girlene Medeiros / G1 AM)

Muitos querem passar em concurso público atraídos pela estabilidade e remuneração acima do que é praticado na iniciativa privada. Se engana, porém, que todo concursado opta sempre por fazer da aprovação fonte de remuneração para o resto da vida. Há uma tendência em se acostumar – e até gostar – de manter o ritmo de estudo acelerado, pautados em editais. Foi o que aconteceu com o Oficial de Justiça João Victor Tayah, de 26 anos que é concursado e continua a buscar outras aprovações. “Estudar para concurso virou um hábito que sinto falta quando não mantenho”, disse.

No currículo, João Victor carrega a aprovação de mais de 13 concursos públicos. De assistente administrativo da Prefeitura de Manaus à Oficial de Justiça com aprovação nos processos do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Tribunal Regional Federal (TRF) e Tribunal de Justiça de Roraima (TJ-RR), o início da vida de concurseiro foi motivada pela estabilidade financeira.

“Decidi estudar para concursos porque a estabilidade sempre me chamou a atenção. Depois que vi que poderia passar em outros, me acostumei a tentar oportunidades melhores”, ressaltou Tayah. O sucesso, no entanto, é resultado de cinco horas diárias de estudos. As aprovações também são fruto de fins de semana sem pensar em ir a festas ou encontros com amigos. O saldo de poder escolher o cargo que quiser é a marca do reconhecimento por tanto afinco.

 

Projeto que prevê a emissão gratuita do RG eletrônico é aprovado

O Senado aprovou na última quarta-feira (20) um projeto que prevê a emissão gratuita do RG eletrônico criado pelo governo federal em 2010. A iniciativa foi proposta pelo senador Ciro Nogueira (PP-PI), que argumentou que o custo de R$ 40 previsto anteriormente se mostrava inacessível para muitos brasileiros.

O valor que seria cobrado pelo documento é justificado pela inclusão de um chip eletrônico que vai conter todas as informações do cidadão que o possui. A intenção do governo é que o novo documento substitua completamente a cédula em papel utilizada atualmente dentro dos próximos dez anos.

“Para se ter uma ideia, o valor orçado corresponde a quase 10% do atual salário mínimo. Considerando-se a cesta básica, calculada em abril de 2011, o valor cotado para emissão do novo Registro de Identidade Civil fica ainda mais significativo”, argumentou Nogueira. “Busca-se, por meio desta proposição, fazer com que o Estado arque ao menos com a primeira emissão desse documento”, afirmou o senador Benedito de Lira (PP-AL), relator do projeto.

O novo RG terá características únicas que serão válidas em todo o país — atualmente, cada Estado adota uma numeração diferente, emitindo o documento de forma diversa, sem que haja qualquer espécie de comunicação entre eles. Entre os dados armazenados na novidade estarão o CPF, número do título de eleitor e a impressão digital de cada cidadão brasileiro.

Fonte: Folha de S. Paulo

OS DESTAQUES DO PROGRAMA “RESENHA DA CIDADE”

Roberto Souza Itabuna

O programa “ Resenha da Cidade”  é apresentado por Roberto de Souza e Fábio Luciano, vai ao ar das dez às doze horas pela Rádio Jornal de Itabuna AM-560.

No programa tem o quadro Dois toques de política, no qual Roberto de Souza e o blogueiro João Matheus Feitosa, que, numa dobradinha fantástica  analisam o quadro político regional e revela os bastidores do poder. Você não pode perder!

 

                                                                                                           João Matheus e Roberto de Souza.

Bebê é encontrado ainda com cordão umbilical em ponto de ônibus na BA


Polícia avistou a criança, do sexo masculino, na noite desta sexta-feira (22).

Ela estava dentro de uma caixa de papelão. Socorrida, bebê passa bem.

bebe

Bebê recém-nascido é abandonado em ponto de ônibus (Foto: Divulgação/PM)

Um bebê recém-nascido, do sexo masculino, foi encontrado abandonado em um ponto de ônibus no bairro do Lobato na noite desta sexta-feira (22), informou a Polícia Militar.

Por volta das 21 horas, os policiais da Operação Gêmeos perceberam a criança ainda com cordão umbilical e parte da placenta em uma caixa de papelão. De acordo com a polícia, o ponto de ônibus fica perto de uma fábrica.

O bebê foi levado para o Hospital do Subúrbio e já foi medicado. A polícia informa que ele passa

bem.

Do G1 BA

Resultado preliminar do exame da OAB mostra que apenas 10,3% foram aprovados

 

imagem oabAgência Brasil

Brasília – O Exame de Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) teve o pior resultado desde que passou a ser aplicado no formato unificado, em 2010. De acordo com o resultado preliminar do 9º Exame de Ordem Unificado divulgado hoje (22) pelo Conselho Federal da OAB, 10,3% dos candidatos foram aprovados.

Dos 114.763 candidatos que prestaram a prova desde a etapa inicial, 11.820 obtiveram êxito e vão receber a carteira de advogado. Isso significa que 89,7% não obtiveram nota suficiente. Em 2012, no exame anterior, de acordo com a OAB, do total de 118.217 inscritos para a primeira fase, 114.763 estiveram presentes e, destes, 19.134 foram aprovados na prova, ou seja, 16,67%.

De acordo com a assessoria de imprensa do Conselho Federal, “historicamente o exame da Ordem tem apontado a qualidade das faculdades. O exame não foi mais difícil que o anterior. Isso reflete a baixa qualidade do ensino jurídico do país”.

 

Professora responde à revista Veja!!! Por favor leiam é a pura REALIDADE!‏

Sou professora do Estado do Paraná e fiquei indignada com a reportagem da jornalista Roberta de Abreu Lima na revista Veja, “Aula Cronometrada”.
É com grande pesar que vejo quão distante estão seus argumentos sobre as causas do mau desempenho escolar com as VERDADEIRAS razões que  geram este panorama desalentador. 
Não há necessidade de cronômetros, nem de especialistas  para diagnosticar as falhas da
educação.
Há necessidade de todos os que pensam que: “os professores é que são incapazes de atrair a atenção de alunos repletos de estímulos e inseridos na era digital” entrem numa sala de aula e observem a realidade brasileira.
Que alunos são esses “repletos de estímulos” que muitas vezes não têm o que comer em suas casas quanto mais inseridos na era digital?
Em que pais de famílias oriundas da pobreza  trabalham tanto que não têm como acompanhar os filhos  em suas atividades escolares, e pior em orientá-los para a vida?
Isso sem falar nas famílias impregnadas pelas drogas e destruídas pela ignorância e violência, causas essas que infelizmente são trazidas para dentro da maioria das escolas brasileiras.
Está na hora dos professores se rebelarem contra as acusações que lhes são impostas.
Problemas da sociedade deverão ser resolvidos pela sociedade e não somente pela escola.
Não gosto de comparar épocas, mas quando penso na minha infância, onde pai e mãe, tios e
avós estavam presentes e onde era inadmissível faltar com o respeito aos mais velhos, quanto mais aos professores, e não cumprir as obrigações fossem escolares ou simplesmente caseiras, faço comparações com os alunos de hoje “repletos de estímulos”.
Estímulos de quê?
:: LEIA MAIS »

TRIO PARADA DURA NA ADMINISTRAÇÃO DE ILHÉUS

porto-antigo

                                                        Terminal pesqueiro antes

terminal pesqueiro

        Terminal pesqueiro depois de mais de 10 milhões gastos por Isaac Albagli e a trupe

Fontes ligadas ao Palácio Paranaguá informaram à equipe O Defensor de que Jabes está preocupadíssimo com Isaac Albagli. Quando o prefeito desceu do avião retornando de Brasília,  onde foi tirar fotos com autoridades para justificar as diárias, foi logo dizendo a um emissário, “diga a Isaac que agora é diferente dos outros mandatos, a mídia é poderosa. Tem uns tais de blogs  e sites que têm me tirado o sono”.

Ora, o que vai deixar o prefeito careca não são apenas os meios de comunicações, mas também a oposição na Câmara de Vereadores, o Ministério Público Estadual e Federal, o TCM, TCU e a população em geral.

Na última sessão da Câmara de Vereadores, o Vereador Roland Lavigne apresentou um requerimento, e que foi aprovado à unanimidade, no sentido de ser encaminhado expediente ao Ministério da Pesca, para apurar denúncias de indícios de malversação do dinheiro público na reforma de um galpão, que foi denominado inicialmente de “terminal pesqueiro”, hoje, elefante branco. O fato é que, até funcionários que trabalharam na tal reforma, dizem nas ruas que não é possível ter gasto mais de 2 milhões de reais por  aqueles “servicinhos”, quanto mais,  10 milhões. Segundo os funcionários, se for realizada com seriedade uma inspeção com perícias e etc, é fácil comprovar que ali foi utilizado material de terceira, e o mais deprimente, materiais reutilizáveis.

Por conta, possivelmente dessas treitas,  que o Governador quando veio “inaugurar o elefante branco”, ficou tiririca com Isaac Albagli, a ponto de ter dado um pito no mesmo nas presenças de todos que lá estavam (confira a foto).  O Governador que não é bobo, poucos dias depois demitiu Isaac, o qual foi “reutilizado” na Prefeitura de Ilhéus, e premiado com 4 secretarias acopladas em uma só, leia-se: ‘secretaria trio parada dura’ (Jabes, Jonh e Isaac). Acrescente-se a isto, que Jonh Ribeiro é irmão de Jabes, e é superintendente da Bahia Pesca em Ilhéus, mas, lá não comparece, salvo para pegar o contracheque. Será se o Governador tem conhecimento do comportamento do funcionário ad hoc (para isto) da PMI?

Terminal-Pesqueiro-recepção-de-pescados-foto-Pimenta-www

Governador, Governador, com todo dinheiro que recebi (mais de 10 milhões) vou mandar refazer a reforma!

  • CHOCOLATE DE ILHÉUS APARECE ENTRE OS SETE MELHORES DO MUNDO
    16 de Março de 2018 | 15:50

    Um mais importantes jornais do sul do País, o Gazeta do Povo, de Curitiba, publicou ontem (13) reportagem especial, em seu caderno de turismo “Viver Bem”, que aponta Ilhéus entre as sete cidades produzem alguns dos melhores chocolates do mundo e são inspirações para o destino de férias de quem ama a iguaria. Reportagem assinada […]

    No Comments

  • PGR recorre de decisão e pede restabelecimento de condução coercitiva
    14 de Março de 2018 | 09:48

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu de decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que, por meio de liminar concedida em dezembro, proibiu a condução coercitiva de investigados para interrogatório em todo o País. O recurso foi enviado ao ministro, relator do caso, nesta segunda-feira (12). A determinação de Gilmar atendeu […]

    1 Comment

  • RSSArchive


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia