WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia



junho 2018
D S T Q Q S S
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930





Grampo telefônico indica que doleiro Dario Messer sabia de Operação da Lava Jato

Interceptação telefônica feita pela Polícia Federal 20 dias antes da Operação Câmbio, Desligo, da Lava Jato do Rio, mostra que os doleiros presos já sabiam, com antecedência, que a investigação estava em curso – e chegando à reta final.

No dia 13 de abril, às 11h31, o suposto doleiro Marcelo Rezinski, que está preso, foi flagrado, com autorização judicial, conversando por telefone com a esposa. Na transcrição do diálogo, a que o site G1 teve acesso com exclusividade (veja abaixo), Marcelo diz que falou com “Dadá” “de manhã” – quando teria ouvido que ele iria ficar “um tempinho preso”.

Dadá, segundo os investigadores e fontes ouvidas, é um apelido comum de Dario Messer, que fugiu do cerco policial internacional e, até hoje, segue foragido da Justiça – reforçando a tese do vazamento.

G1 apurou que a situação era, de certa forma, esperada. Isso porque, apesar de sigilosa, a delação que originou a investigação, dos dois principais “funcionários” de Messer, envolveu a saída dos doleiros de Benfica por diversas vezes para prestar depoimento – movimentação que, assim que notada pelos demais presos, rapidamente chegou aos ouvidos dos possíveis delatados. Messer era o alvo óbvio de seus subordinados.

Segundo os delatores, Marcelo Rezinski os procurava sempre por aplicativos de celular com criptografia. Ao lado do irmão Roberto, Marcelo, aponta a investigação, vendia dólares no exterior e recebia reais no Brasil, em endereços como “o hotel Sheraton Barra ou Ritz do Leblon”, e, como já teria assumido, trabalharia para “políticos do PMDB”. No total, há movimentações de 12 milhões de dólares na conta dos irmãos no sistema digital dos doleiros.

Confira o trecho:

MARCELO – Sabe quem também vai ficar um tempinho preso?

CINTHIA – Quem?

MARCELO – O Dadá!

CINTHIA – Tá, mas de novo?

MARCELO – De novo não, ele nunca foi, né, cara!

CINTHIA – Ah, não! Quem foi foi a Rô!

MARCELO – Hum hum!

CINTHIA – Que merda, cara!

MARCELO- É, cara! Falei com ele de manhã!

CINTHIA – Ai, amor! Enfim!

MARCELO – Né?

CINTHIA – Né? É complicado, né!

O nome de Dario Messer, considerado o maior doleiro do país, já está na Difusão Vermelha da Interpol. A operação que teve como um dos principais objetivos a prisão de Dario foi deflagrada na quinta-feira (3), mas ele não foi preso e é considerado foragido da Justiça.

A ação teve como base a delação do doleiro Vinícius Vieira Barreto Claret, o Juca Bala, e Cláudio Fernando Barbosa, o Tony, que passaram a cumprir prisão domiciliar na semana passada em função dos termos da colaboração premiada.

Dólar-cabo

Os suspeitos usavam um sistema chamado Bank Drop, no qual doleiros remetem recursos ao exterior através de uma ação conhecida como “dólar-cabo”. Trata-se de um câmbio que envolve depósitos em contas em diferentes países, mas o dinheiro não é rastreável pelo Banco Central: doleiros recebem no Brasil e compensam em contas no exterior. Por não haver remessa, muito menos registro, o montante escapa das autoridades e dos impostos.

Segundo a polícia, eram 3 mil empresas offshore em 52 países, que movimentavam US$ 1,6 bilhão (R$ 5,6 bilhões). As empresas ficam em paraísos fiscais e são usadas para ocultar o verdadeiro dono do patrimônio depositado em uma conta.

G1

Inscrições do Enem começam nesta segunda-feira (07)

Os estudantes que desejam participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 vão poder realizar as inscrições nesta segunda-feira (07), a partir das 10h. A taxa é de R$ 82.  Aqueles que conseguiram a isenção da taxa também devem realizar a inscrição.

Para quem for pagar a taxa, o prazo máximo para quitação do boleto bancário é o dia 23 de maio. Mesmo que haja um feriado regional e os bancos não funcionem, a data-limite não será alterada, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

No momento da inscrição é necessário informar o número do CPF e do RG para que seja criada uma senha. É ela que dará acesso futuramente ao cartão de confirmação e aos resultados, por exemplo. Também é preciso ter um número de celular e um e-mail válidos, para que o Inep envie comunicados diretamente aos candidatos.

Além desses dados, os estudantes têm de afirmar se necessitam de algum atendimento especializado no dia da prova (como para pessoas com deficiência ou lactantes). Em outra etapa da inscrição, precisam marcar se a língua estrangeira cobrada na prova será o inglês ou o espanhol.

Datas das provas

O Enem acontecerá em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro:

04/11: 45 questões de linguagens, 45 de ciências humanas e redação.

Duração: 5h30

11/11: 45 questões de ciências da natureza e 45 de matemática.

Duração: 5h (30 minutos a mais do que em 2017)

Horários das provas

Abertura dos portões: 12h

Fechamento dos portões: 13h

Início das provas: 13h30

Encerramento das provas: 19h (primeiro dia) e 18h30 (segundo dia)

O Presidente da Câmara Municipal de Salvador, Leo Prates (DEM), declara apoio à pré candidatura de Dr. Cosme Araújo para Deputado Federal

Felix Mendonça Jr. declara apoio à pré candidatura do Dr. Cosme Araújo rumo a Câmara Federal

Temer diz que vai decidir sobre reeleição até julho

Na primeira entrevista exclusiva aos veículos da EBC (Empresa Brasil de Comunicação) desde que assumiu o governo, o presidente Michel Temer afirmou que manifestações negativas, como a que ocorreu no 1º de Maio, quando prestou solidariedade às vítimas do incêndio em São Paulo, não interferem em decisões que pretende tomar.

Na ocasião, houve agressões verbais contra o presidente. “Eu achei que seria falta de autoridade eu não comparecer [ao local onde o prédio desabou]. Lamento, mas tenho de enfrentar”, disse.

Questionado se a reação negativa de alguns presentes não afetaria sua intenção de disputar as eleições de outubro, o presidente foi claro: “Não seria este fato que me faria desistir da reeleição”. Temer acrescentou que tem até julho para decidir.

 Temer recebeu a equipe da EBC na biblioteca do Palácio da Alvorada. A íntegra da entrevista poderá ser acessada na Agência Brasil e nos demais veículos da EBC.

MP considera inconstitucional artigo que permitiu nomes de pessoas vivas em 529 ruas de Feira

Mais de 500 logradouros públicos da cidade de Feira de Santana levam nomes de pessoas ainda vivas homenageadas pelo Poder Público sob a justificativa de reconhecimento a serviços prestados à sociedade feirense. Segundo o Ministério Público estadual, todas as 529 homenagens são indevidas, porque se baseiam em dispositivo inconstitucional, o artigo 33 da Lei Orgânica do Município de Feira de Santana. Em Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), a procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado e o assessor especial da PGJ, promotor de Justiça Paulo Modesto, afirmam que o dispositivo afronta o princípio da impessoalidade, previsto nas Constituições Federal e do Estado da Bahia, como também desobedece ao artigo 37 da CF, parágrafo 1º, e ao artigo 21 da Carta estadual.

Ajuizada no último 16, a ação solicita decisão liminar que suspenda os efeitos do artigo 33 da Lei Orgânica e que, ao final do processo, seja declarada a inconstitucionalidade do dispositivo. Segundo a Constituição baiana, é vedada no território do Estado a utilização de “nome, sobrenome ou cognome de pessoas vivas, nacionais ou estrangeiras, para denominar as cidades, localidades, artérias, logradouros, prédios e equipamentos públicos de qualquer natureza”. Já no primeiro parágrafo, o artigo 31 da CF impede que na publicidade de qualquer ação do Poder Público constem “símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos”.

Na Adin, a PGJ Ediene Lousado e o promotor Paulo Modesto destacam que trecho do artigo 33 da Lei Orgânica, ao excepcionar a regra, torna o dispositivo inconstitucional. De forma geral, o artigo veda o uso de nomes de pessoas vivas em ruas ou logradouros públicos municipais, mas abre a exceção para casos de “relevantes serviços prestados à comunidade, desde que não caracterizada a promoção pessoal”. Segundo Lousado e Modesto, a excepcionalidade trazida pelo trecho é contraditória e indevida porque “apesar de expressamente proibir a caracterização da promoção pessoal do homenageado, esta acaba por ser inerente à homenagem, o que sobrepõe o interesse particular sobre o interesse público”.

Cecom/MP – Telefones: (71) 3103-0446 / 0449 / 0448 / 0499 / 6502

Técnica em enfermagem é presa por tentar matar 4 recém-nascidos

Uma técnica em enfermagem foi presa na quarta-feira, 2, no Rio, suspeita de tentativa de homicídio contra quatro recém-nascidos que estavam na UTI Neonatal de um dos hospitais da Rede D’Or São Luiz. Simone Anjos dos Santos, de 41 anos, é acusada de romper de propósito cateteres de incubadoras onde estavam os bebês.

De acordo com as investigações, os alvos de Simone eram recém-nascidos que se encontravam em terapia em incubadoras na UTI Neonatal. A técnica em enfermagem retirava os cateteres e os prendia em seguida à portinhola de fechamento das incubadoras.

 A prisão foi realizada por policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV). Segundo a polícia, os recém-nascidos foram expostos a riscos iminentes de hipoglicemia e de contraírem infecção no sangue relacionada ao cateter, o que os levaria à morte. Pelo menos quatro crianças foram vítimas.

A ordem de prisão temporária contra Simone foi expedida pela 4ª Vara Criminal da Comarca da Capital/RJ.

Em nota, a Rede D’Or São Luiz informou que “não houve qualquer dano ou consequência aos pacientes em decorrência do reportado”. Segundo a instituição, “o hospital possui e segue continuamente rígidos protocolos de segurança, tendo imediatamente e de modo preventivo afastado a profissional em questão e em seguida comunicado a situação alegada às autoridades policiais competentes para a devida averiguação e providências”.

Não foi informada em qual das unidades da rede trabalhava a enfermeira. O Estado não conseguiu contato com a defesa de Simone Anjos dos Santos.

Estadão

Em entrevista Alcides Kruschewsky diz que “vereadores, mesmo sem conhecer detalhes do projeto, aprovaram pagamento de mais de R$ 16 milhões para EMBASA”

O secretário de comunicação da Prefeitura de Ilhéus, Alcides Kruschewsky, concedeu, na manhã desta quarta feira (02) entrevista ao Jornal do Meio Dia, programação da Rádio Gabriela FM, na tentativa de responder os argumentos do vereador, Thadeu Muniz (PDT), que na semana passada votou contra o projeto nº 04/2018, o qual autoriza a Prefeitura a pagar mais de R$16 milhões a EMBASA. Muniz questionou a ausência de esclarecimentos e detalhamento da divida e foi o único vereador a se posicionar contrario a proposta do governo, que lamentavelmente foi aprovada pela Câmara de Ilhéus.

Em aproximadamente 14 minutos de entrevista na Radio Gabriela, Kruschewsky , conseguiu profanar algumas afirmações que deixaram a população ilheense na duvida se o secretário estava mesmo contra ou a favor dos vereadores que votaram como manda a cartilha de Marão.

“ …a maioria dos vereadores votou a favor, ninguém conhecia este detalhamento, ninguém estava convencido de que as explicações eram suficientes, mas todos se deram por convencidos, mesmo considerando que as informações eram insuficiente. Apenas um vereador fez o questionamento. Todos os outros estão errados? Nós não podemos tomar isso como sendo a verdade. O ponto de vista dele tem que ser respeitado, mas os outros vereadores que votaram favoravelmente a esta autorização, também tem os seus motivos”, disse o secretário, admitindo, em outras palavras, que a votação foi “conveniente” não constitucional.

A polêmica gerou em torno da ausência de esclarecimentos, por parte da prefeitura, no projeto encaminhado para aprovação no legislativo. O parlamentar Thadeu Muniz, fazendo jus ao seu titulo de advogado e representante do povo, questionou de forma oportuna porque o projeto estava sendo posto para votação sem detalhamento de como a dívida foi contraída, nem especificando datas, muito menos os períodos.

O vereador, Muniz, ainda solicitou, vistas ao projeto. Mas o pedido foi negado pela presidência da Casa, infringido o artigo 68 do Regimento Interno da Câmara Municipal de Ilhéus, que diz em seu paragrafo 2º que: ” Qualquer membro das comissões que discordar de seus pares, na conclusão de pareceres, poderá assinar as atas com reserva, ou pedir vista do processo, a fim de emitir no prazo improrrogável de 05 (cinco) dias, sua opinião em separado”, RI Câmara Municipal de Ilhéus. Thadeu Muniz disse, em entrevistas a imprensa local, que vai recorrer a justiça para impedir que mais de 16 milhões seja entregue arbitrariamente a uma empresa pelo prefeito Mario Alexandre.

Diante a repercussão do caso, a prefeitura teve que se pronunciar, enviando como seu porta voz, a figura que mais simboliza o perfil do Governo Marão. Kruschewsky , famoso por suas perolas ao se dirigir a população ilheense, foi  enfático ao conceituar a forma como os parlamentares votaram no projeto, afirmando que mesmo sem entender muito, sem ter convicção do detalhamento, eles aprovaram o que o governo mandou, e de forma “contraditória” ou mesmo ” incoerente” Kruschewsky buscou questionar o papel dos parlamentares, se mostrando inconformado do porque o vereador Tadeu Muniz teria se incomodado sobre o detalhamento, ja que os demais colegas dele, não viram nada de mais em aprovar o projeto, mesmo sem ter conhecimento sobre o que estaria sendo aprovado.

Para tentar amenizar o problema do Governo Marão, Kruschewsky, atribuiu a culpa da divida com a EMBASA aos governos anteriores, como se ele ( Kruschewsky ) não tivesse seu histórico ligado as gestões passadas. Porém, como o cidadão ilheense é inteligente e tem boa memoria, um ouvinte lançou a pergunta ” Pergunta a este secretário se ele não fez parte dos governos, em que hoje ele poe a culpa? Ele poe a culpa nos governos anteriores, mas ele tbm fazia parte deles.’ afirmou um ouvinte.

Para informação do cidadãos, Kruschewsky, foi secretário de Governo e Ações Estratégicas da Prefeitura de Ilhéus, na gestão de Newton Lima. O resto. acho que não precisamos detalhar….

POSIÇÃO DO PDT 

O Presidente do Diretório Municipal do PDT de Ilhéus, Dr. Cosme Araújo, se manifestou em defesa do vereador pedetista, THadeu Muniz, e reafirmou a postura do partido em ser fiscal da atual gestão da cidade.

NOTA DIRETÓRIO MUNICIPAL DO PDT DE ILHÉUS

O Diretório Municipal do Partido Democrático Trabalhista de Ilhéus, vem por meio do Presidente, Dr. Cosme Araujo, demonstrar amplo e total apoio ao vereador, Tadeu Muniz, diante a postura fiscalizadora e ética ao ter votado contra o projeto de nº 04/2018, encaminhado à Câmara pelo executivo ilheense, que visava pagamento arbitrário de R$16 milhões para EMBASA, sem que houvesse detalhamento da dívida nem esclarecimentos legais, diante ao como e o por que a dívida teria sido contraída pelo município. Lamentavelmente, o projeto foi aprovado, com maioria dos votos a favor a arbitrariedade do executivo da cidade.

O ato tornou-se ainda mais inaceitável, quando, em entrevista proferida a um programa de rádio local, o secretário do governo, sr. Alcides kruschewsky, afirmou que os vereadores ” mesmo sem ter informações votaram a favor e somente o parlamentar, Tadeu Muniz, questionou a ausência de detalhamento”. 

É ciente que o PDT de Ilhéus possui postura opositora ao Governo Mario Alexandre, diante as irregularidades que veem apresentando ao longo da gestão municipal. Portanto é cabível que os membros do legislativo, que honram a legenda do nosso partido, devam seguir com postura fiscalizadora, assim como a adotada pelo vereador Tadeu Muniz, pois o compromisso deste partido é com os interesses do povo e da cidade.

Seguindo as normas estatutárias do PDT os demais vereadores do PDT que não estiverem alinhados com a política da legenda e decidirem manter postura conivente com os desmandos da atual gestão municipal, o diretório do partido se posicionará, para que a honra da sigla seja respeitada e os princípios da função pública que rege o nosso partido.

Diretório Municipal do PDT de Ilhéus

Dr. Cosme Araújo

Presidente

matéria postada por Caliana Mesquita

 

Diretório Municipal do PDT de Ilhéus declara apoio ao vereador Tadeu Muniz

O Diretório Municipal do Partido Democrático Trabalhista de Ilhéus, vem por meio do Presidente, Dr. Cosme Araujo, demonstrar amplo e total apoio ao vereador, Tadeu Muniz, diante a postura fiscalizadora e ética ao ter votado contra o projeto de nº 04/2018, encaminhado à Câmara pelo executivo ilheense, que visava pagamento arbitrário de R$16 milhões para EMBASA, sem que houvesse detalhamento da dívida nem esclarecimentos legais, diante ao como e o por que a dívida teria sido contraída pelo município. Lamentavelmente, o projeto foi aprovado, com maioria dos votos a favor a arbitrariedade do executivo da cidade.

O ato tornou-se ainda mais inaceitável, quando, em entrevista proferida a um programa de rádio local, o secretário do governo, sr. Alcides kruschewsky, afirmou que os vereadores ” mesmo sem ter informações votaram a favor e somente o parlamentar, Tadeu Muniz, questionou a ausência de detalhamento”.

É ciente que o PDT de Ilhéus possui postura opositora ao Governo Mario Alexandre, diante as irregularidades que veem apresentando ao longo da gestão municipal. Portanto é cabível que os membros do legislativo, que honram a legenda do nosso partido, devam seguir com postura fiscalizadora, assim como a adotada pelo vereador Tadeu Muniz, pois o compromisso deste partido é com os interesses do povo e da cidade.

Seguindo as normas estatutárias do PDT os demais vereadores do PDT que não estiverem alinhados com a política da legenda e decidirem manter postura conivente com os desmandos da atual gestão municipal, o diretório do partido se posicionará, para que a honra da sigla seja respeitada e os princípios da função pública que rege o nosso partido.

Diretório Municipal do PDT de Ilhéus

Dr. Cosme Araújo

Presidente

NAZAL E GUSMÃO ENTREGAM CARGOS A MÁRIO

Nessa segunda-feira (30), o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, e o superintendente do Meio Ambiente Emílio Gusmão oficializaram a entrega dos cargos que ocuparam desde início do governo Mário Alexandre. Nazal deixou o comando da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (SEPLANDES), órgão ao qual está subordinada a Superintendência do Meio Ambiente. O blog Pimenta noticiou a saída em primeira mão.

Nazal e Gusmão são membros da Rede Sustentabilidade. Segundo o Pimenta, não está claro se o desembarque do governo é uma decisão do partido ou dos dois gestores.

Ainda conforme o Pimenta, Nazal explicou que deixa o cargo por razões político-administrativas, além de questões pessoais. O blog lembrou que o vice-prefeito licenciou-se das suas funções para cuidar da própria saúde, há cerca de trinta dias.

Por outro lado, como sugere a expressão “razões político-administrativas”, é possível que divergências sobre a condução da política ambiental do município tenham motivado a saída dos membros da Rede.

Gusmão

JAQUES WAGNER NÃO DESCARTA PT NA VICE DE CIRO GOMES

Apontado como uma das alternativas do PT para a disputa à Presidência da República, o ex-ministro e ex-governador da Bahia Jaques Wagner admitiu nesta terça-feira (1º) que o partido pode aceitar ser vice de Ciro Gomes (PDT) e defendeu a inclusão de Joaquim Barbosa (PSB) no diálogo com os demais partidos de esquerda, informa o Estadão.

Wagner, no entanto, ressaltou que é favorável à estratégia petista de manter o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, até a última instância. Ele desautorizou a inclusão de seu nome entre os prováveis planos B do PT enquanto a candidatura do ex-presidente estiver colocada e admitiu quer a prisão de Lula dificulta a aceitação de outras alternativas pela cúpula petista. “Não coloco meu nome em hipótese alguma à disposição neste momento”, disse.

Ao chegar ao ato de 1º de Maio organizado pelas seis centrais sindicais na tarde desta terça-feira, em Curitiba, Wagner foi indagado por jornalistas sobre a possibilidade de o PT aceitar ser vice de Ciro e respondeu: “Pode. Sempre defendi que, após 16 anos, estava na hora de ceder a precedência. Sempre achei isso. Não conheço na democracia ninguém que fica 30 anos. Em geral fica 12, 16, 20 anos. Defendi isso quando o Eduardo Campos ainda era vivo. Estou à vontade neste território”.

FERNANDO HADDAD

Wagner defendeu as articulações feitas pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, que também é citado como alternativa do PT a Lula, e já se reuniu duas vezes com Ciro neste ano. “O Haddad teve uma conversa sobre a economia brasileira e acharam que era sobre política eleitoral no estrito senso. Esse é o caminho. Eu continuo na minha posição. O PT vai sustentar a candidatura do Lula até que alguém diga que ele está interditado definitivamente. Ninguém traça uma estratégia já pensando em plano B”, afirmou.

Pimenta

PF estuda mudar data de depoimento da filha de Temer

A Polícia Federal pode mudar a data em que a filha do presidente Michel Temer, Maristela, prestará depoimento. De acordo com a coluna Estadão, do jornal O Estado de S. Paulo, ela seria ouvida nesta quinta-feira (3), mas a oitiva pode ser antecipada para esta quarta (2) para evitar tumulto.

Maristela será questionada pela PF sobre quem pagou uma grande reforma feita na casa dela em 2014. A suspeita é que os gastos tenham sido pagos pelo coronel da reserva da PM João Baptista Lima Filho, antigo amigo de Temer, como forma de lavar dinheiro de propina destinada ao emedebista.

Diante de alguns vazamentos na PF, o presidente Temer disse que não vai tolerar novos episódios e que seria inadmissível o conteúdo do depoimento de Maristela vir a público

Bocão

  • CHOCOLATE DE ILHÉUS APARECE ENTRE OS SETE MELHORES DO MUNDO
    16 de Março de 2018 | 15:50

    Um mais importantes jornais do sul do País, o Gazeta do Povo, de Curitiba, publicou ontem (13) reportagem especial, em seu caderno de turismo “Viver Bem”, que aponta Ilhéus entre as sete cidades produzem alguns dos melhores chocolates do mundo e são inspirações para o destino de férias de quem ama a iguaria. Reportagem assinada […]

    No Comments

  • PGR recorre de decisão e pede restabelecimento de condução coercitiva
    14 de Março de 2018 | 09:48

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu de decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que, por meio de liminar concedida em dezembro, proibiu a condução coercitiva de investigados para interrogatório em todo o País. O recurso foi enviado ao ministro, relator do caso, nesta segunda-feira (12). A determinação de Gilmar atendeu […]

    No Comments

  • RSSArchive


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia