WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Blog

CORREGEDORIA DO TJ-BA CONSTATA IRREGULARIDADES NAS COMARCAS DO INTERIOR

TJ

A Corregedoria das Comarcas do Interior do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), em visitas regimentais realizadas no mês de julho, constatou in loco o que já não é mais novidade no sistema Judiciário baiano: a falta de servidores, de juízes titulares, de defensores públicos, promotores de Justiça e um acervo de processos que enfrentam a morosidade da Justiça.

As visitas regimentais percorreram diversas regiões do estado, como baixo sul, extremo-sul, nordeste e do Recôncavo. Em Inhambupe e Santa Bárbara, os servidores reivindicam o pagamento das substituições e enfrentam problemas estruturais e de falta de pessoal. 

Na semana passada, representantes do TJ-BA estiveram visitando o Fórum Epaminondas Berbert de Castro, em Ilhéus, para fiscalizar a atuação da Comarca com os milhares de processos que aguardam decisão e que continuam empilhados na prateleiras da justiça. Com um público formado por Desembargadores, advogados, promotores, juízes, serventuários e com a presença da sociedade civil organizada, o auditório do Fórum ilheense ficou lotado para discutir dentre os assuntos, a falta de celeridade nos processos que tramitam no judiciário local. Segundo o advogado criminalista e vereador Cosme Araújo, “a iniciativa do Tribunal de Justiça em acompanhar as ações das comarcas do interior é de grande importância, pois trará benefícios positivos para a população. Ainda segundo Araújo, “o ponto crítico da comarca ilheense é a “morosidade” na 2a Vara Cível, nas ações de improbidade administrativa, que até agora não deu uma resposta a sociedade acerca dos vários processos que tramitam na justiça e que, figura como réu o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro“, criticou. 

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar