WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Blog

Ministério Público investiga a CET por alta de multas em SP – Em Ilhéus Secretário condenado pelo TCE e denunciado pelo Ministério Público faz o que quer na industria de multas e outras falcatruas

guincho-ilhéus
O Secretário faz de tudo

29/08/2015

A Promotoria de São Paulo abriu inquérito para investigar a denúncia feita por funcionário da CET (companhia de tráfego) de que os agentes de trânsito estariam sendo pressionados para cumprir metas diárias de multas.

Segundo o promotor Silvio Marques, as investigações ainda estão no início e não há provas documentais. Contudo, funcionários afirmam ter de aplicar mais multas.

A gestão Haddad (PT) diz que a alta de 28,3% nas multas aplicadas pelos agentes no primeiro semestre de 2015 se deve ao aumento da fiscalização.

O número de multas aplicadas por agentes de trânsito da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) e por policiais militares disparou nos primeiros seis meses deste ano na cidade de São Paulo.

Os PMs multaram 35% a mais no primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2014. No caso dos marronzinhos, a alta foi de 28%.

Nos dois casos, trata-se de crescimento superior ao das multas aplicadas por radares –que subiram 18% neste ano.

Esses dados foram obtidos pela reportagem por meio da Lei de Acesso à Informação.

Ronny Santos/Folhapress

Em nossa cidade, a população grita, vereadores reclamam no plenário da Câmara e nada de concreto acontece. O absurdo maior é o fato de que em Ilhéus além da industria de multas, também exitem outras industrias comandadas pelo Secretário Isaac Albagli e John Ribeiro irmão do Prefeito que manipulam vergonhosamente os: guinchos, empresa de vistorias, consultórios de exames médicos, estacionamentos de veículos “apreendidos”, auto escola; em fim, é tudo deles e nada do povo. 

O Vereador Cosme Araújo obteve informações de que em Ilhéus comandada pelo partido do PP a situação no quesito multas é igual ao que ocorre em São Paulo comandada pelo PT.

Verdadeiramente, a ausência de um Promotor de Justiça para apurar as improbidades administrativas após a saída de Karina deixa o povo a deriva. Lamentável. Com a palavra em caráter de urgência o competente Procurador Geral de Justiça dr. Marcio Fahel. Que pelo menos diga alguma coisa à população de Ilhéus.

Da redação

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. tem que da um basta nessa fabrica de multas,economia baixa multa alta
    como pode aumentar em 1000% as multas se economia em crise

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar