WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Blog

Justiça manda soltar suspeita de invadir celular de Moro

Uma das investigadas na Operação Spoofing, que apura as invasões ao celular do ministro da Justiça Sergio Moro, e outras autoridades, vai ser libertada. O juiz federal Ricardo Leite, da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, determinou a soltura de Suelen Priscila de Oliveira, nesta quarta-feira (2).

Segundo informações do G1, a medida cumpre decisão tomada na terça (1º) pela Quarta Turma do Tribunal Regional Federal (TRF1), que julgou um habeas corpus apresentado pela defesa de Suelen e definiu a soltura por unanimidade.

Porém, ela terá que atualizar endereço, telefones e demais informações onde possa ser localizada; entregar passaporte à Justiça; comparecer mensalmente à Justiça para informar e justificar suas atividades; recolher-se em casa no período noturno e nos finais de semana; e também está proibida de manter contato com os demais investigados, direta ou indiretamente.

Sem passagem pela polícia, ela foi presa em São Paulo junto com o marido, Gustavo Henrique Elias Santos. Ele e outros quatro continuam presos em Brasília (saiba mais aqui).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar