• Projeto que institui e regulamenta o serviço de Moto Táxi e Moto Frete, em Ilhéus, será votado após o recesso, com ampla discussão com os interessados

aeroporto-de-ilheus-5453647614583888

A Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República cedeu ao Estado da Bahia uma área do aeroporto de Salvador que passará por obras de macrodrenagem. Esta delimitação não vai constar na concessão do aeroporto à iniciativa privada – em processo de preparação pelo governo federal. A oficialização da cessão ao Estado deve ser publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias.

O termo com a assinatura do governador Rui Costa foi remetido à secretaria federal. De acordo com o representante do Governo da Bahia em Brasília, Jonas Paulo, a partir da publicação, o Estado lançará licitação para o início das obras de macrodrenagem no local. A intervenção evitará inundação da pista e também no município de Lauro de Freitas. Para as obras serão necessários aproximadamente R$ 188 milhões.

Segundo Jonas Paulo, o processo de delegação do aeroporto de Ilhéus da Infraero para o Estado também está avançado. “A Secretaria de Aviação Civil deu sinalização positiva. Agora, estamos no aguardo da Infraero”, afirma Jonas Paulo.

jornaldoradialista2015-projeto-que-institui-e-regulamenta-o-servico-de-moto-taxi-e-moto-frete-em-ilheus-sera-discutido-dia-29-01-1728x800_c

O Vereador e pré-candidato a prefeito em Ilhéus, Cosme Araújo (PDT), irá protocolar na secretaria da Câmara, Projeto de Lei que institui no Município de Ilhéus o Serviço Individual de Passageiros e Cargas em Motocicletas, denominado MOTOTÁXI E MOTOFRETE, nos termos da Lei 9.503 que institui o Código de Trânsito Brasileiro.

Para o autor do Projeto, Cosme Araújo, o crescimento desordenado no município de Ilhéus, vivenciado nas últimas décadas, trouxe entre outras consequências, um maior fluxo no trânsito, em geral, o que termina por ocasionar, os famosos congestionamentos, responsáveis por uma considerável lentidão de veículos. “Frente a esses novos desafios, a sociedade passou a usufruir em maior quantidade dos serviços oferecidos pelas motocicletas, que pela sua infraestrutura física, permitem o trânsito pelas vias urbanas de forma mais rápida e menor custo”, pontua Araújo.

O Vereador Cosme Araújo irá convidar as Associações de Mototaxistas existentes em Ilhéus para apresentar o projeto, realizar audiência e/ou sessão especial, para posterior apresentação de Emendas Modificativas, se necessário.

O projeto de lei encontra-se pronto, tudo em conformidade com a lei nº 12.009, de 29 de julho de 2009 e Resoluções nºs 350 e 356 do Contran.

Errata: O titulo correto é o que se encontra supra. O que consta no dia 29 é por conta da assessoria de imprensa, que mais uma vez está equivocada. Ficam os sites e blogs autorizados a corrigirem o erro. Grato, vereador Cosme Araújo.

PantherMedia 906049Especialistas alertam que metade dos cerca de 14 milhões de brasileiros que têm o diabetes não sabe que tem a doença.Segundo o endocrinologista João Salles, da Sociedade Brasileira de Diabetes, uma das dificuldades em identificar a doença é que ela não apresenta sintomas no início, como é o caso do tipo dois de diabetes. Noestágio avançado, podem aparecer sinais como boca seca, vontade de urinar com frequência e perda de peso espontaneamente.

“Pessoas com mais de 40 anos, obesas, principalmente com a circunferência abdominal elevada, pessoas com pressão alta, altas taxas de triglicérides e com o HDL, o colesterol bom, baixo, devem ficar mais atentas pois estes são fatores de risco do diabetes tipo dois”, alertou Salles.

Cegueira, insuficiência renal e amputação de membros inferiores são outras consequências para quem adquiriu a doença. 

A “Operação São João” que teve início na última quinta-feira (23) terminou nesta segunda feira (27), às 8h da manhã, com saldo positivo. O número de acidentes registrados este ano foi reduzido em até 91%, se comparado com o mesmo período do ano passado.

O intuito da operação foi de garantir a segurança dos usuários de rodovias e reduzir o número de mortes nas rodovias e estradas estaduais. No ano passado (2015) foram registrados 11 (onze) acidentes com vítimas, 02 (dois) com vítima fatal e 07 (sete) sem vítima. Já este ano foi registrado 01 (um) acidente com vítima, 01 (um) com vítima fatal e 01 (um) sem vítima. Isso significa que houve uma redução de 91% no número de acidentes com vítimas, de 50% com vítima fatal e de 86% sem vítimas.

Durante a operação, em toda a área de responsabilidade da Unidade, 2.745 (dois mil, setecentos e quarenta e cinco) veículos foram abordados, 89 (oitenta e nove) condutores foram autuados, 05 (veículos) ficaram retidos e 01 (uma) arma de fogo foi apreendida.

Para tanto, a intensificação do policiamento ocorreu em Teixeira de Freitas, Porto-Seguro, Jequié, Itabuna e Ibicuí, cidades onde ocorreram os grandes festejos juninos da região, com a realização de abordagens noturnas e rondas periódicas, devido ao aumento considerável do fluxo de veículos.

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Polícia Militar (PM) divulgaram no domingo (26) os resultados da “Operação São João” nas estradas baianas. Ao todo, foram contabilizadas as ocorrências registradas entre quinta-feira (23) e sábado (25). Neste período, a operação de fiscalização conjunta dos órgãos abordou 19.863 pessoas e 10.476 veículos, com 2.219 autuações.

Segundo o órgão, foram 59 feridos e 7 mortos em acidentes. Dos 3.156 condutores que fizeram o teste do bafômetro, 70 infringiram a Lei Seca e vão responder ao processo de suspensão do direito de dirigir. “Esses dados estão sendo consolidados detalhadamente pelo Detran para unificar as estatísticas de acidentes, com o objetivo de formatar os indicadores da violência nas rodovias . Assim, poderemos implantar políticas públicas de trânsito mais eficazes”, disse o diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes.

13524355_909443315834474_737671691101851651_n

“Caros amigos (as) do respeitado e renomado site O Defensor, na pessoa do vereador e defensor do povo, Cosme Araújo. Quero mais uma vez, utilizar o espaço desse nobre veículo de comunicação, que é sem duvida democrático e imparcial, para trazer a tona mais uma tapeação de última hora do governo Jabes, Cacá e Cia. Pois bem, na manhã deste domingo, 26, realizando a minha caminhada matinal, me deparei com uma caçamba descarregando areia no campo e na quadra de vôlei, na Avenida Litorânea Norte, no Malhado, conforme as fotos enviadas. Até aí tudo bem. Aproximei-me e perguntei ao motorista de quem partiu a iniciativa de consertar a praça esportiva? Prontamente, o homem respondeu que estava cumprindo ordem do vice-prefeito Cacá dos colchão e de John Ribeiro. Retirei-me do lugar convicto que se trata de mais uma armação do desgoverno, que está de forma desesperadora, tentando, sem êxito, reconquistar a confiança do público desportista do bairro do Malhado. Não iremos de hipótese alguma, baixar a cabeça e tampouco sermos ludibriados, com o famoso e conhecido “pão e circo”, para ficar por mais de 04 ou 05 anos no poder fanfando à custa do dinheiro público. Os ilheenses clamam por mudança nos dois poderes, executivo e legislativo, conduzindo homens e mulheres sérios (as) comprometidos (as), com a coisa pública a fim de devolver a autoestima e a qualidade de vida dos cidadãos. Queremos alternância no poder!”

Cidadão ilheense/contribuinte e leitor assíduo de O Defensor.

desemprego

Números divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) revelam que, de janeiro a maio desse ano, 924 pessoas demitidas do mercado de trabalho. Comércio e serviços, cada um, cortaram 378 vagas de emprego com carteira assinada em maio.

O setor onde ocorreu maior corte foi o de serviços – 310 no período, seguido pela construção civil (200) e comércio (178). A agropecuária também foi decisiva. Corte de 126 postos de trabalho.

O único setor com saldo positivo de empregos em maio, em Ilhéus, foi serviços, com abertura de 25 novas vagas. Construção civil e comércio, juntos, eliminaram 147 empregos.

182905_574023802636550_739588043_n

Um veleiro ocupado por um casal naufragou na tarde deste domingo (26), em Ilhéus, após bater em um quebra-mar perto do Iate Clube da cidade, segundo informações divulgadas pela Marinha. Os dois tripulantes conseguiram se salvar sem ferimentos, após serem resgatados por um barco de pesca.

De acordo com informações do Comando do 2º Distrito Naval, por volta das 14h, o veleiro “Cruzeiro do Sul III” bateu em um quebra-mar e foi rebocado pela embarcação de pesca “Os Maias I”, que navegava na região e foi acionada pelos tripulantes. No entanto, o veleiro naufragou ao chegar no ponto de fundeio do Iate Clube, por conta das avarias sofridas no acidente, conforme informou a Marinha.

No momento do acidente, o veleiro era tripulado pelo proprietário da embarcação e a mulher dele. Em nota, o Comando do 2º Distrito Naval afirmou que “inspetores navais de ilhéus constataram que a embarcação naufragou em posição que não coloca em risco a segurança da navegação e que também não foram observados indícios de poluição hídrica no local”. As causas e responsabilidades do acidente serão apurados em Inquérito Administrativo instaurado pela Marinha do Brasil.

13502109_1041299242623020_1864574300523066443_n

Há tempos, os moradores da Avenida Princesa Isabel e adjacências vêm cobrando a conclusão das obras na Unidade Básica de Saúde da Família do bairro. Iniciado em 2013, com previsão de término no mesmo ano, o serviço está paralisado há meses. Enquanto isso, os usuários que dependem da unidade estão recebendo atendimento num imóvel improvisado funcionando em precárias condições. A situação, de acordo com os reclamantes ouvidos pela reportagem de O Defensor é crítica.

13466401_1041299155956362_3682910093716521192_n

Desde que o atual prefeito assumiu a administração municipal não conseguiu sequer pintar uma parede da unidade de saúde, além disso, a população denuncia a presença de larvas do mosquito da dengue, lixo em grande quantidade, sem falar do mato que está tomando conta. “Aqui, na Princesa Isabel, não têm nada que foi implantado pelo atual governo. São mais de 03 anos que estamos sendo ludibriados a espera de providências pelo grupo que prometeu revitalizar o bairro, porém nunca foi cumprido. Queremos respostas concretas!”, reclama uma moradora.

13466281_1041299469289664_5531879156886582256_n

Vale ressaltar que a construção da UBS na Princesa Isabel está orçada em mais de R$ 250 mil reais, com recursos oriundos do governo federal, cabendo apenas o município realizar o processo de licitação para que a empresa vencedora execute a obra. O imóvel, segundo informa a placa, era para ser entregue em 2013, mas, pelo andar da carruagem é mais um `elefante branco` na era pepista.

13432231_265312033824929_678286074765587725_n

O Centro de Atenção Psicossocial – CAPS IA, localizado na Cidade Nova, no município de Ilhéus, encontra-se totalmente abandonado, com mato tomando conta do prédio, lixo por toda a parte e focos do mosquito da dengue. O local, que deveria servir para atendimento de saúde da comunidade, se transformou num esconderijo de delinquentes e uso de entorpecentes.

A reportagem de O Defensor esteve no local com exclusividade e flagrou que o espaço também é usado como pasto para animais. A secretaria de saúde por sua vez, não explica os motivos do fechamento da unidade de saúde, e isso revolta a população, pois além de desperdício do dinheiro público, pois parte da população é penalizada sem assistência no setor de saúde. 

Atualmente, a saúde pública na gestão Jabes Ribeiro (PP) vive um caos irreversível, principalmente nos postos de saúde, que não tem sequer materiais simples como: soro, agulha e nem algodão. A comunidade, para não ficar em prejuízo, tem recorrido para os hospitais Regional e São José, na tentativa de aventurar no meio de centenas de pessoas atendimento médico. A saúde de Ilhéus literalmente, morreu!

13418702_265312293824903_7668100084003971273_n

13450220_265312160491583_1179241177038100806_n

Os moradores do Alto do Carvalho, situado no bairro do Malhado, zona norte de Ilhéus, entraram em contato com a reportagem de O Defensor para cobrar da turma da prefeitura de Ilhéus sobre o projeto Viva o Morro. Eles relataram que, devido às chuvas que caíram na cidade nos últimos dias, parte do barrando cedeu, deixando os moradores ainda mais preocupados, por conta da ausência de contenção no morro.

- Além da água invadir a minha residência todas as vezes que chove, perco noites e mais noites de sono em virtude desse grave problema, que se arrasta há anos e ninguém da prefeitura toma uma providência. Quando alguém morrer soterrado aqui, o prefeito Jabes Ribeiro irá mobilizar a sua equipe, aí vai ser tarde demais -, reclama uma moradora revoltada.

13502150_266884560334343_1191818890004001505_n

Conforme relatos de moradores, os técnicos da prefeitura estiveram no local tirando fotos, porém nunca mais voltaram. São riscos iminentes e ninguém faz nada. O Alto do Carvalho, além de carecer de ações na área de infraestrutura, já que mais há mais de 20 anos não se faz manutenção, o lugar tem dificuldade no acesso à água potável, iluminação precária, saneamento básico ausente e sem falar do alto índice de infestação do mosquito da dengue, que está presente em grande parte das residências. 

Outubro é logo ali! Vamos mudar esse quadro genocida dessa turma que governa Ilhéus! 

13508925_266883763667756_7792803226264267892_n

13495036_1756338827917724_801428192548107563_n

O presidente estadual do PDT, deputado federal Félix Mendonça Júnior, mostrou-se preocupado com a notícia veiculada neste final de semana pela imprensa baiana de que executivos de empreiteiras estariam orientando diretamente a prefeitura de Itabuna no processo de privatização da Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa).

“Acho que a prefeitura de Itabuna deve explicações à sociedade porque há, no mínimo, um conflito de interesses. Uma empresa que pretende participar do leilão de privatização não pode estar – como a própria imprensa desconfia – orientando os técnicos do Município. Vou solicitar ao Ministério Público que investigue este caso”, afirmou.

“Estamos num ano eleitoral e a privatização da Emasa, a despeito da grave crise de água que Itabuna enfrenta, não pode ser feita de forma açodada”, asseverou o pedetista.

Implantar o Restaurante popular em Ilhéus é um compromisso do pré-candidato a prefeito, Cosme Araújo

Implantar o Restaurante popular em Ilhéus é um compromisso do pré-candidato a prefeito, Cosme Araújo

Em face da importância do programa Restaurantes Populares do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o pré-candidato a prefeito pelo PDT em Ilhéus, Cosme Araújo (PDT), garante no seu programa de governo a implantação de dois restaurantes populares na cidade de Ilhéus. A cidade carece de um projeto desta natureza, a exemplo da cidade vizinha de Itabuna que já conta com três unidades. “É triste a falta de projetos sociais em Ilhéus, projetos que visem beneficiar os trabalhadores, pessoas carentes que deveriam ser contempladas. O prefeito da cidade de Ilhéus finaliza sua gestão de forma melancólica e sequer se manifestou à respeito”, pontua Cosme Araújo.

Para acelerar seu projeto, Cosme Araújo encaminhou ofício ao MDS, em Brasília, via assessoria, solicitando todas as coordenadas, requisitos e instruções técnicas diretamente do Ministério de Desenvolvimento. Também encaminhou ofício ao Diretor Presidente da Codeba, no intuito de reavaliar um antigo e provável contrato de permuta dos armazéns do antigo Porto da Bahia do Pontal, que fica localizado no centro da cidade. Outro local viável para a implantação de um restaurante seria o 1º pavimento da Central de Abastecimento do Malhado.

COMO FUNCIONA – O programa é apoiado pelo MDS através de financiamento de construção, reforma e adaptação de instalações prediais, aquisição de equipamentos permanentes, móveis e utensílios novos e capacitação e formação profissional na área de alimentação e nutrição. Os municípios interessados na parceria para implantação do programa devem participar do processo de seleção, atendendo aos critérios estabelecidos no manual do programa e em edital publicado anualmente no Diário Oficial da União.

Texto de responsabilidade do editor do www.jornaldoradialista.com.br

moralidade_administrativa0011_25Levando em consideração a situação de emergência gerada pela crise hídrica que assola a cidade de Ilhéus e as dificuldades financeiras provocadas pela crise econômica nacional, o promotor de Justiça Frank Monteiro Ferrari expediu ontem, dia 20, uma recomendação ao prefeito do Município para que se abstenha de efetuar gastos elevados na organização dos festejos juninos e do aniversário da cidade, comemorado no próximo dia 28, bem como em outros eventos similares. Frank Ferrari recomenda ainda que o prefeito de abstenha de realizar contratações em desacordo com a Lei de Licitações e Contratos Administrativos.

Com base na notícia de que o Município de Ilhéus promoveria uma grande festa entre os dias 25 e 28, em comemoração ao aniversário da cidade, com a contratação de atrações locais e nacionais, Ferrari instaurou um procedimento investigatório preliminar, a fim de apurar eventuais excessos.

Segundo o promotor de Justiça, realizar esses gastos no presente contexto foge dos limites da discricionariedade administrativa e cede espaço para um controle mais rigoroso de legitimidade dos gastos de recursos públicos. “Proceder assim, em tais circunstâncias, viola os princípios da legalidade, moralidade e economicidade”, concluiu o promotor, acrescentando que a desobediência das normas pode levar à adoção “imediata das medidas extrajudiciais e judiciais cabíveis”.

download

A diretoria da ARBS, na pessoa do presidente, Sargento PM Divanildo Nunes avisa:

Reunião com todos os associados dia 03 de julho (domingo) às 10 horas na sede da entidade.

Pauta:

- prestação de contas mês de maio;

- definir data do forró da ARBS;

- crédito – convênios

- lançamento do livro do capitão Edgar;

- aniversariantes do mês de junho;

- a quanto andas as comissões

Detalhe: após a reunião será servido uma peixada ou galinhada. Cerveja por conta dos aniversariantes…

Não falte!

Na manhã desta segunda-feira, 20, uma grande mobilização de moradores de Buerarema percorreu as principais ruas da cidade e teve como desfecho final o fórum local, onde pediu as autoridades competentes solução sobre a abertura de um poço artesiano onde a água esta sendo vendida para Itabuna e moradores da redondeza.

Os bueraremenses alegam que estão afetando cisternas e chafariz no local onde se encontra o poço que retiram água para ser vendida. Os manifestantes fizeram seus protestos pacifico, que ainda contou com o apoio da policia militar, que garantiu a segurança de todos.

O promotor Drº Jose Inocêncio, recebeu em seu gabinete a comissão responsável pelo ato, e prometeu analisar o caso de forma criteriosa, para posteriormente, deliberar as ações a seguir. 

dtgerterrtrt

O feijão é essencial no prato dos brasileiros, e está absurdamente caro. Isso dificulta a vida do consumidor, especialmente o de baixa renda, que, acuado pela recessão e pelo desemprego, cortou a compra de itens supérfluos no supermercado.

O aumento no preço do feijão tem causado muitos transtornos à população brasileira. Quando as pessoas encontram um supermercado com um preço baixo, já sabe a disputa para obter maior número do produto é grande e foi isso que aconteceu em um supermercado.

De acordo com informações,  quando foi anunciado o preço promocional de R$ 5,00 (Cinco reais) o quilo, gerou um alvoroço e corre-corre, que em menos de 1 minuto acabou o estoque.

A partir do dia 30 deste mês, será proibida a veiculação de programas apresentados ou comentados por pré-candidatos nas eleições deste ano, exibidos em emissoras de rádio e televisão. A medida proposta pela Lei de Eleições, nº 9.504/97, também vale para a realização de reportagens externas, esportivas e comerciais.

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), a determinação tem como objetivo não dar tratamento privilegiado a nenhum pré-candidato, candidato, partido ou coligação e estabelecer um cenário político com participação proporcional a todos.

Caso os prazos não sejam cumpridos pelas emissoras, elas terão que pagar multa prevista no § 2º do artigo 45 da Lei nº 9.504/97, que pode variar entre R$ 20 mil a R$ 100 mil, podendo ser duplicada se houver permanência. Já os pré-candidatos, de acordo com a Lei nº 9.504/97, artigo 45, § 1º, terão o registro de candidatura cancelado.