WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
março 2013
D S T Q Q S S
« fev   abr »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

:: 22/mar/2013 . 22:55

Ele havia sido atingido durante briga, mas não sabia que lâmina ainda estava em seu corpo.

182537_312053448886424_1113523224_n

Médicos no Canadá retiraram uma lâmina de faca das costas de um homem três anos após ele ter sido esfaqueado durante uma briga.
Billy McNeely, dos Territórios do Noroeste canadense, disse à mídia local que vinha sofrendo coceiras e ligeiras dores nas costas, mas que não tinha ideia de que a lâmina continuava alojada ali.
No início desta semana, no entanto, ao coçar as costas, ele percebeu a ponta da lâmina de 7,5 centímetros.
”Já passei um tempo na cadeia no passado”, afirma. ”Os guardas costumam passar um detector de metal por você e toda vez que ele passava pelas minhas costas, ele disparava”, conta.
Em abril de 2010, McNeely se envolveu em uma briga e foi esfaqueado cinco vezes, disse ele em entrevista à agência de notícias Canadian Press.
‘Problemas nervosos’
Médicos do setor de emergência de um hospital local fizeram pontos em seus ferimentos, mas nunca se deram ao trabalho de realizar um exame de raio-X.
Após ter procurado tratamento para aplacar as dores constantes que sentia, médicos lhe disseram que ele estava sofrendo de problemas nervosos.
Mas ao coçar as costas, McNeely, de 32 anos, sentiu que sua unha havia batido em alguma coisa que ele não sabia o que era. Ele pediu que sua namorada desse uma olhada.
”Eu disse a Billy: ‘Tem uma faca nas suas costas”’, disse a namorada, Stephanie Sayine.
Agora, McNeely está pensando em processar o Departamento de Saúde local.
Da BBC

SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO DE ILHÉUS NÃO GOSTA DA GUARDA MUNICIPAL…

182537_312053448886424_1113523224_n

“Essa é a conclusão tirada por este blogueiro depois de informações de fontes ligadas ao RH da Prefeitura Municipal de ilhéus que o Sr. Secretario de administração do município de Ilhéus mandou cortar dos contracheques dos Guardas Municipais, metade das horas extras já trabalhadas no mês de março.
E essa não é a primeira vez que um fato como esse acontece no mês de janeiro deste ano o secretario cortou todas as horas extras trabalhadas, juntamente com o adicional noturno também já laborados pelos GCMs. Que também não recebem desde janeiro de 2013, o adicional de risco direito esse dado pela lei: LEI Nº 12.740, DE 8 DE DEZEMBRO DE 2012.  Para ter direito a receber o que lhe é de direito o Guarda Municipal tem que ir a justiça.


A GUARDA MUNICIPAL DE ILHÉUS TRABALHA 24 HORAS POR DIA ZELANDO PELO PATRIMÔNIO PÚBLICO MUNICIPAL, PELA SEGURANÇA DE PREFEITOS E SECRETÁRIOS, PELA SEGURANÇA DOS MUNICÍPIS E PELA SEGURANÇA DE TURISTAS E ATÉ JÁ FEZ SEGURANÇA DE LÂMPADAS NATALINAS POR TODA A MADRUGADA EM NATAIS PASSADOS.


 PORQUE O SR. SECRETARIO ACHA QUE A GUARDA MUNICIPAL DE ILHÉUS TEM QUE TRABALHAR E NÃO RECEBER ???


ESSE NÃO É O PAPEL DESTE BLOG, ESTE PAPEL SERIA DE UM DOS SINDICATOS E ASSOCIAÇÃO QUE RECEBEM DINHEIRO MENSALMENTE E NÃO DEFENDEM OS GCMS DE ILHÉUS.


FAÇO ESTE DESABAFO PORQUE TAMBÉM SOU UM GCM: SEM O SALÁRIO DE DEZEMBRO, SEM METADE DO 13º SALÁRIO, SEM MEU ADIONAL NOTURNO E MINHAS HORAS EXTRAS TRABALHADAS EM JANEIRO DE 2013.


AGUARDO PROVIDÊNCIAS.


SAUDAÇÕES AZUL-MARINHO”
Fonte: O crítico

 

OAB e MEC assinarão acordo para novas regras no ensino jurídico

sala de aula

Brasília – O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado, e o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, vão assinar às 10h desta sexta-feira (22), na sede do Ministério, acordo de cooperação para a elaboração de uma nova política regulatória para o ensino jurídico no País. A nova política instituirá regras para a criação e funcionamento de cursos de graduação e pós-graduação em Direito. Pelo acordo, a OAB e o Ministério da Educação (MEC) irão definir, por exemplo, os aspectos que vão integrar a base da análise de pedidos de abertura de novas vagas, como campo de prática, necessidade social, qualidade de ensino, entre outros.

Além disso, devem ser criados os procedimentos de monitoramento permanente das faculdades e anunciadas mudanças no caráter dos pareceres da OAB quanto à criação de cursos de Direito. Atualmente, a Comissão Nacional de Educação Jurídica do Conselho Federal da OAB opina previamente nos processos de criação, reconhecimento ou credenciamento de cursos de Direito junto ao Ministério da Educação. No entanto, esses pareceres, apesar de sua previsão legal, têm caráter meramente opinativo.

O entendimento quanto ao acordo de cooperação a ser celebrado nesta sexta-feira com as bases da nova política de regulação do ensino jurídico foi definido em reunião no Ministério dia 19 de fevereiro entre o ministro e Marcus Vinicius.

SADDAM DE ILHÉUS AMEAÇA COM NOVAS DEMISSÕES

Jabes Coletiva/ Foto de Andrei Sansil

Sem citar nomes, o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, mandou recado para alguns críticos lotados na câmara de vereadores: “criminosos não tem moral para dar pitaco no governo”.

A indireta foi pronunciada na manhã dessa sexta-feira, 22, no programa O Tabuleiro, da Conquista FM.

Demonstrando nervosismo, Jabes disse que não tem culpa pelo caos encontrado em janeiro: “Ninguém pense que eu sou Valderico ou Newton. Durante oitos anos destruíram Ilhéus e querem que eu resolva de um dia para o outro a esculhambação que deixaram”.

O prefeito também mandou recado para os servidores públicos e seus representantes sindicais: “Estou fazendo tudo para não demitir. Se eu tiver que demitir, eu vou demitir, pois a situação de Ilhéus é de quebradeira”.

Quando assumiu a prefeitura em 1º janeiro, Jabes demitiu 79 concursados e vários servidores contratados. Muitos que trabalhavam há vários anos, sem ter prestado concurso público, eram fiéis correligionários do prefeito.

O Tribunal de Justiça da Bahia até agora tem dado ganho de causa para o governo, ao analisar as demissões dos concursados. A “guilhotina” encontrou justificativa na LRF (lei de responsabilidade fiscal).

Texto do Gusmão

STF recebe denúncia contra deputado federal por suposto uso de documento falso

documento falso

Por seis votos a três, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu receber denúncia contra o deputado federal Eduardo Consentino da Cunha (PMDB-RJ) por uso de documento falso, crime previsto no artigo 304 do Código Penal. A decisão ocorreu durante o julgamento do Inquérito (INQ) 2984, no qual o Ministério Público Federal (MPF) afirma ter prova de que o parlamentar utilizou o documento consciente de sua falsidade.

Conforme a denúncia, o deputado Eduardo Cunha juntou a um processo em trâmite no Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ) cinco documentos oficiais, sendo quatro falsificados por Hélio Fischberg, que ocupava o cargo de segundo subprocurador-geral da Justiça do Rio de Janeiro, e supostamente por Jaime Samuel Cukier, então advogado do parlamentar. O objetivo era arquivar o processo em trâmite no TCE que apurava irregularidades em licitações realizadas na Companhia Estadual de Habitação na época em que Eduardo Cunha era o presidente daquela instituição. O processo foi arquivado tempos depois da apresentação dos documentos falsos.

:: LEIA MAIS »

O Direito Urbanístico na Construção de uma Cidade Democrática

CONSTRUÇÃOMUKAI, Toshio

 I – Introdução

– Conceito de Direito Urbanístico

Para chegarmos ao conceito jurídico de urbanismo, não há como não se passar pelo conceito técnico de urbanismo.

Leopoldo Mazzaroli, na sua obra fundamental, I Piani Regulatori Urbanistici (cit. por Frederico Spantigati, Manual de Derecho Urbanístico, trad. esp., Madrid Montecorvo, 1973), definiu o urbanismo, como “a ciência que se preocupa com a sistematização e desenvolvimento da cidade, buscando determinar a melhor posição das ruas, dos edifícios e obras públicas, de habitação privada, de modo que a população possa gozar de uma situação sã, cômoda e estimada”.

Mas esta era uma concepção limitada à cidade.

A partir da obra de Ebenezer Howard (Garden Cities of Tomorrow, 1902), o urbanismo começa a desvencilhar-se da cidade, procurando também abarcar o campo, e, além disso, preocupando-se não mais com os aspectos meramente físicos do território.

Bidagor (cf. Carceller Fernandez, Inst. de Derecho Urbanístico, Madrid, Montecorvo, 1977 – p. 33/04) distinguiu um conceito antigo e um conceito moderno de urbanismo, posto que antigamente o urbanismo se referia a alinhamentos, pavimentações, bancos, fontes, etc., elementos que compõem ainda um capítulo importante do urbanismo, que hoje não delimitam mais o objeto do urbanismo, porque este é “a arte de projetar e construir unidades de concentração humana de forma que sejam satisfeitas todas as premissas que garantem a vida digna dos homens, e a eficácia da grande empresa que constitui uma cidade”.

:: LEIA MAIS »

O PREFEITO NÃO ESCONDE O MEDO DE SER CASSADO

WP_000036 (1)WP_000040 (1)jJabescoci 4

Os funcionários do hospital Coci, em Ilhéus, que estão em greve há cinco dias, fizeram uma manifestação nesta quarta-feira (20) no jardim em frente a Câmara Municipal. O pagamento ainda não foi depositado na conta dos trabalhadores. Os trabalhadores reuniram-se reclamando dos três meses de salários atrasados. “É uma vergonha o que esse prefeito está fazendo com  agente. Se o funcionário trabalha, é porque ele precisa receber o que tem direito. Estamos passando necessidades”, questiona uma funcionária que prefere não se identificar temendo sofrer perseguição. O sindicato da categoria disse a reportagem de O Defensor, que além dos salários atrasados, os trabalhadores reivindicam o adicional de insalubridade, vale transporte e ticket alimentação. Ainda segundo o sindicato, os trabalhadores só retornarão ao serviço quando o pagamento estiver na conta. Os vereadores Cosme Araújo (PDT) e Alisson Mendonça (PT) ambos da oposição participaram do ato em defesa dos trabalhadores da Coci e, ao mesmo tempo, classificaram como truculenta e irresponsável a postura do prefeito Jabes Ribeiro e da Secretária de Saúde, Ledívia Espinheira.  “Não é justo os funcionário que estavam acostumados a receber no início do mês, agora estão vivendo com insegurança, sem nenhuma posição da administração municipal. As contas vencem, os juros são altos e o prefeito tem que honrar seus compromissos que é no mínimo pagar as clinica e hospitais,  para que os trabalhadores possam receber em dia o salário”, enfatizou o vereador Cosme Araújo.

RÁDIO O DEFENSOR LIDERA NA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

DSCF6291

As pessoas que tem internet optaram em acessar o site O Defensor, que por sua vez está com sua rádio digital no ar e, em recente pesquisa feita pelo Vermelhinho em Ilhéus é a rádio mais ouvida das 07 às 9hs, apresentador Fábio Roberto com o programa “Resistência e Verdade”,  e das 11:30 às 13hs “Olho Vivo” com a polêmica Laudicea Carvalho. Nos demais horários, segue a programação com músicas, mas, segundo o diretor da Rádio O Defensor, Cosme Araújo, novos profissionais da comunicação estarão reforçando equipe da programação O Defensor.

radios-top (1)

Fonte: Vermelhinho

Acompanhante é presa por morder orgão genital de cliente nos EUA

Caso ocorreu no condado de Orange, no estado da Califórnia.

‘Ela estava tentando comer meu pênis e testículos’, disse vítima.
 Priscilla Vaughn foi presa por morder pênis de cliente (Foto: Divulgação)Priscilla Vaughn foi presa por
morder pênis de cliente (Foto: Divulgação)
Uma acompanhante foi presa no condado de Orange, no estado da Califórnia (EUA), depois que mordeu o pênis de um cliente após um encontro em um hotel na terça-feira, segundo a emissora de TV “WKMG”.
De acordo com as autoridades, Priscilla Vaughn, de 29 anos, havia conhecido o homem em um site de acompanhantes na internet.
Durante o encontro no hotel, ela mordeu os órgãos genitais do cliente, provocando sangramento.
Em depoimento, o homem disse que a mulher parecia que estava “tentando comer seu pênis e testículos”.
Do G1, em São Paulo

‘VOVÓ DO TRÁFICO’ DIZ VENDER COCAÍNA PARA COMPRAR REMÉDIOS

Vovó do tráfico foi presa com maconha e cocaínavovo

A idosa Ivone Oliveira Borges de Souza, de 71 anos, conhecida como Vovó do tráfico, foi presa por investigadores da Delegacia Territorial (DT) de Juazeiro, norte do estado, na localidade de Massaroca. Ela foi encontrada com cerca de 100g de cocaína e maconha, escondidos em uma bolsa feminina, guardada embaixo da cama do quarto em que dorme.

Ivone alegou que vendia drogas para custear remédios prescritos pelos médicos. Segundo o delegado Flávio André da Rocha Martin, titular da DT/Juazeiro, Ivone é natural da cidade vizinha de Petrolina (PE), onde também vendeu drogas há alguns anos. Aposentada e com o benefício do marido falecido, a anciã mora sozinha, em Massaroca, onde comercializa droga há pelo menos três meses. Um dos filhos, que reside no estado vizinho, também já esteve preso por tráfico.

Os policiais apreenderam na casa da aposentada a quantia de R$ 3,9 mil em espécie e um carro Uno Mille, registrado em nome da filha, que mora em Salvador. Autuada em flagrante por tráfico de drogas pelo delegado Flávio Martins, a aposentada foi transferida para a carceragem do Conjunto Penal de Juazeiro, onde permanece custodiada desde a sexta-feira (15), à disposição da Justiça.

 

MUDANÇA NO TRÂNSITO DO PONTAL SÓ SATISFAZ AS EMPRESAS DE ÔNIBUS E A ISAAC ALBAGLI$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

TRANSITO PONTALFila ainda gera insatisfação.

Comerciantes do Pontal estão insatisfeitos com as mudanças no trânsito da zona Sul de Ilhéus.

Alguns reclamam que a fila de carros bloqueia a esquina do Pontal Praia Hotel, impedindo o acesso às farmácias, padarias e demais lojas do bairro. Só os carros que vem do centro têm acesso facilitado.

As travessas da Rua 13 de maio, que dão acesso à Praça São João, estão repletas de buracos, em péssimas condições de tráfego.

Outro reclame diz respeito à limitação de vagas para estacionamento na Rua Coronel Pessoa. Clientes que param para fazer compras estão sendo multados pelos agentes de trânsito, pois a parada só é permitida num único lado.

Alguns empresários reclamam de prejuízos.

Segundo Isaac Albagli, secretário de desenvolvimento urbano, 78,5% dos usuários do transporte coletivo, que moram na zona sul, aprovam as mudanças. No universo geral dos entrevistados, 68,9% são favoráveis às alterações. A pesquisa foi realizada pela empresa MHF no dia 16 de março.

Blog Gusmão

Ilhéus: Contrato da Prefeitura Sob Suspeita

DOCUMENTO PREFEITURAExtratos dos contratos do lixo publicados no diário oficial do município

No dia 11 de janeiro, o Blog Agravo denunciou que a coleta de lixo custaria aos cofres públicos um milhão e meio de reais apenas nos meses de janeiro e fevereiro.

Na matéria, frisamos a contratação de uma empresa para realizar serviços de varrição, capina, retirada de entulhos, roçagem, pintura de meios fios, limpeza e serviços afins, que iria receber por 30 dias de serviço a bagatela de 381 mil reais (clique aqui para ler a matéria).

Ontem (quarta, 20), o presidente do Sinsep (Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus), Luiz Claudio, esteve no plenário da câmara comentando a situação dos funcionários.

Segundo Lú, o secretário de finanças havia lhe informado que a  prefeitura pagou recentemente o valor integral de R$ 381.190,00 a uma empresa de varrição. Supostamente a empresa HORUS Empreendimentos e Participações é a responsável pela varrição e foco da matéria de 11 de janeiro de 2013.

Vale salientar que a prefeitura possui em seu quadro funcionários responsáveis pela varrição de ruas.

O Valor em trinta dias recebidos pelas HORUS é maior que os valores  recebidos mensalmente pelas empresas  responsáveis pela coleta do lixo no município, a EWA Engenharia (R$ 274.432,00) e a Solar Ambiental (R$ 283.708,00).

No início do novo governo, empresas como Bahia Mineração contribuíram financeiramente com valores altíssimos e, até hoje, não tivemos detalhes dessa parceria.

Só para se ter uma ideia, a empresa HP Terraplanagem, uma das mais sérias do ramo, prestou serviços a Bamin na limpeza da cidade, inclusive fazendo um dos objetos do serviço para o qual a Horus foi contratada.

Toda essa estrutura montada para a limpeza da cidade, baseada no decreto Municipal nº 001/2013, precisa ser averiguada pela câmara de vereadores e pelo ministério público, já que existem indícios de serviços pagos pela iniciativa privada e que, supostamente, aparecem como bancados pelo município.

 





WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia