Dois dias após seu pronunciamento enfático e enérgico, na porta da 7º CORPIN, na última quarta-feira (08), o qual saiu em defesa das prerrogativas da advocacia, no ato de desagravo que reuniu membros da OAB/ Ilhéus, na busca por garantias que permitam os profissionais da Ordem atuar com a liberdade e a independência que lhe são asseguradas pela Lei e pela Constituição Federal da República do Brasil, o advogado Dr. Cosme Araújo participou de um julgamento no Tribunal do Júri, na comarca de Mutuípe.

Em uma ação movida pelo Ministério Público da Bahia,o Dr. Cosme Araújo recebeu a missão de defender, Valdelio de Jesus Santos, acusado de ter ceifado a vida de Joselino José de Jesus. O acusado estava preso há 2 anos e 2 meses, porém com a contratação do Dr. Cosme Araújo o processo tomou rumos diferentes.

Se valendo da legalidade de dos indícios constitucionais, Dr. Cosme Araújo, conseguiu provar a semi-imputabilidade do réu conquistado êxito no processo, conquistando a mudança da pena, fazendo com que Valdelio Santos, passe a cumprir uma medida de segurança na modalidade de tratamento ambulatorial, ou seja, onde o réu deve ir periodicamente ao Caps da cidade para fazer uso de medicamento controlável.

O resultado do júri foi visto pelo Dr. Cosme Araújo e pela população de Mutuipe como uma vitória” a cidade toda gostou do resultado, por se tratar de uma pessoa que ainda que tenha praticado uma conduta, tida como delituosa, ainda assim, não merecia pena de prisão e sim tratamento adequado com os devidos cuidados”, informou Dr. Cosme Araújo no termino do julgamento, sendo parabenizado pela brilhante defesa que proferiu no caso.

Ao longo de sua trajetória de vida, Dr. Cosme Araújo vem mostrando coerência entre a sua postura no direito e na política. O respeito a constituição e principalmente ao direito do cidadãos de obter seus direitos garantidos, o torna uma referência em toda Bahia, com atuação em outros Estados da federação, por saber que Cosme Araújo será sempre o Defensor do Povo.
por Caliana Mesquita