Por meio da 'Operação Faro Fino' e em parceria com as Companhias Independentes da Polícia Militar, a unidade policial tem intensificado as abordagens em sua área.
Com foco ao combate ao tráfico de drogas e também aos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) e ao porte ilegal de armas, a Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira, por meio da ‘Operação Faro Fino’, tem intensificado as ações preventivas nas cidades do Baixo e Médio Sul da Bahia.
Conforme explicou o seu comandante, major Ricardo José Souza e Silva, a operação ainda estende a sua atuação, objetivando reduzir os Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), aumentando o efetivo policial nas ruas e, consequentemente, dando à população uma maior sensação de segurança.
“Por serem rápidos e possuírem um ótimo faro, utilizamos nosso canil para apoiar nas abordagens feitas em carros e ônibus intermunicipais e interestaduais”, disse, lembrando que o diferencial desta ação está na continuidade das ocorrências, “ou seja, passamos por diferentes localidades e, só após o período de dois dias, retornamos ao quartel”.
Ainda segundo o major Ricardo, as cidades são selecionadas, numa parceria com as companhias independentes, que promovem o levantamento das áreas com maior número de ocorrências criminais.
Quando da execução da ‘Faro Fino’, as equipes apreenderam, nesta quinta-feira (11), duas espingardas, localizadas com ajuda de denúncias e durante patrulhamento rural, no município de Arataca.Por meio da 'Operação Faro Fino' e em parceria com as Companhias Independentes da Polícia Militar, a unidade policial tem intensificado as abordagens em sua área. Por meio da 'Operação Faro Fino' e em parceria com as Companhias Independentes da Polícia Militar, a unidade policial tem intensificado as abordagens em sua área.