WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Destaque3’

Flávia Alessandra critica Antonia Fontenelle ao falar pela 1ª vez sobre herança

A atriz Flávia Alessandra se pronunciou pela primeira vez sobre o processo que corre na Justiça envolvendo a herança do ator e diretor Marcos Paulo, morto em 2012, seu ex-marido, com quem tem uma filha.

O pronunciamento foi feito após a apresentadora Antonia Fontenelle, que também foi casada com Marcos Paulo, publicar um vídeo em que fez críticas à decisão judicial da ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Maria Isabel Galloti, que negou o reconhecimento de uma carta escrita por Marcos Paulo, na qual ele garantiria 60% de sua herança para Fontenelle.

O pedido havia sido feito por meio de instrumento impetrado pela defesa da apresentadora.

Em um desabafo, Flávia criticou Antonia por transformar o assunto em um “circo público” por meio de uma “super exposição baixa e covarde, sempre com inverdades”, afirmando que ela “tenta desrespeitar os desejos dele, a legalidade dos documentos e os direitos das filhas”.

Flávia explica que preferiu manter-se em silêncio durante os mais de cinco anos em que corre o processo, no qual está envolvida por ser mãe de Giulia, uma das filhas de Marcos Paulo

“Nunca participei do inventário em questão. Apenas representei a minha filha menor de idade, como assim exige a lei”, explicou. Desde fevereiro de 2018, por ter completado 18 anos, a jovem “pode tocar esse assunto diretamente com as suas irmãs, advogados e inventariante”.

“O Sr. Marcos Paulo deixou um testamento registrado e reconhecido pela Justiça, onde contempla apenas e somente as suas três filhas. E como se não fosse o bastante, após o testamento e ainda em vida, ele firmou um outro documento, registrado em cartório, com a sra. Antonia Fontenelle, onde ela abriu mão de tudo que pertencia ao sr. Marcos. Sendo assim, não teria direito a nada, por decisão em comum acordo entre os dois”, alega Flávia. “São três filhas herdeiras, e cada uma possui seu advogado. No entanto, todas as três estão de acordo com os passos ao longo desse processo, e as mesmas tentam apenas fazer valer o testamento e o documento em que a sra. Antonia assinou abrindo mão de tudo”, prossegue.

A atriz ainda cita que as filhas de Marcos se afastaram de Antonia após uma “brusca mudança de conduta e discurso” após a morte do ex-marido: “Antes, fazia questão de dizer a todos e aos quatro ventos que não queria nada que era do sr. Marcos Paulo.”

Alessandra também rebateu a frase dita por Antonia, que alegou ser “perseguida por mulheres”: “É ela quem ataca (desde o falecimento do sr. Marcos Paulo) as filhas e a minha figura em especial, para tentar buscar estar em cena, vitimizando-se e me colocando como grande inimiga dela, que nunca fui. Numa outra clara e covarde tentativa de colocar a opinião pública contra minha figura.”

A forma como Antonia expõe publicamente detalhes do processo que corre em segredo de Justiça também foi criticada por Flávia. “Vale destacar que, até o momento, a sra. Antonia perdeu em todas as instâncias.”

“Gostaria de pedir, por gentileza, que a sra. Antonia não utilize meu nome e nem o da minha filha para tentar dar mais visibilidade a seus argumentos infundados e reivindicações jurídicas/pessoais. Tentei levar numa boa até aqui, mas já gostaria de deixar avisado que, depois dos últimos pronunciamentos da mesma, se preciso, tomarei medidas legais”, garantiu a atriz.

Utilizando palavras escritas em caixa alta, Flávia encerra o comunicado: “Que a sra. Antonia Fontenelle siga sua vida, nos deixando em paz, buscando o que deseja na Justiça e apenas pela Justiça. Chega deste circo público de inverdades e maldades conosco. Foram cinco anos de forma silenciosa, e o silêncio, novamente, será meu abrigo.

Correio

Maioria do STF aceita denúncia contra Senador Aécio Neves

Ampla maioria da primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF) acatou denúncia contra o Senador do PSDB Aécio Neves.  O MPF acusou o político de cobrar e receberR$ 2 milhões do empresário Joesley Batista e de atuar para atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. Neves nega a irregularidade.  O relator do inquérito, ministro Marco Aurélio, recebeu a denúncia contra Aécio Neves pelos dois crimes – corrupção passiva e obstrução de justiça. Acompanharam o voto do relator os ministros Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux e Alexandre de Morais.

BRASIL TEM DÉFICIT DE 3 MIL LEITOS DE UTI NEONATAL, APONTA A SBP

Levantamento da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostra que o país tem um déficit de 3.305 leitos de unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) específicos para o acolhimento de crianças que nasceram antes de 37 semanas e que apresentam quadros clínicos graves ou que necessitam de observação. Segundo a entidade, no Brasil nascem quase 40 prematuros por hora, ou mais de 900 por dia.

O Departamento Científico de Neonatologia da SBP estima que a proporção ideal de leitos de UTI neonatal é de no mínimo quatro para cada grupo de mil nascidos vivos. De acordo com dados do Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), existem atualmente 8.766 leitos do tipo no país, públicos e privados, que correspondem a 2,9 leitos por mil nascidos vivos.

Se considerados apenas os leitos oferecidos pelo Sistema Único da Saúde (SUS), a taxa cai para 1,5 leitos a cada mil nascidos vivos, levando em conta as 4.677 unidades disponíveis para essa rede. :: LEIA MAIS »

ILHÉUS – Defensoria Pública instaura Procedimento para Apuração de Dano Coletivo na saúde

Os usuários do Sistema Único de Saúde – SUS, em Ilhéus, estão tendo o direito ao acesso ordenado e organizado dos serviços de saúde violado, seja por falta de informações claras sobre os serviços de saúde disponíveis ou por ineficiência da estrutura disponível.  Para averiguar eventuais ilegalidades na prestação de serviços de saúde pelo Município e Estado da Bahia e, se for o caso, ajuizamento de medidas judiciais cabíveis, a Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA instaurou Procedimento para Apuração de Dano Coletivo – PADAC nº 01/2018.

Além da coleta de informações, como providência imediata para acautelar direitos da população abrangida pela prestação dos serviços de saúde, a DPE/BA expediu recomendações ao diretor do Hospital Regional Costa do Cacau, Cláudio Augusto da Silva Moura Costa, e à secretária de Saúde do Município de Ilhéus, Elizângela Santos de Oliveira, para implementação de melhorias no acesso dos usuários aos serviços de saúde pública e estruturação das redes de atenção básica; média e alta complexidade; e atenção hospitalar. Também requereu comunicação clara e objetiva à população sobre a rede de atendimento e o tipo de serviço prestado em cada unidade.

Subcoordenadora da 3ª Regional da DPE/BA, sediada em Ilhéus, a defensora pública Cristiane Barreto informa que a Defensoria Pública, como Instituição que tem a função de promover políticas públicas, instaura o procedimento de apuração do dano coletivo à saúde pública com vistas à postulação da estruturação do serviço de atendimento adequado que a população tem direito.

Ao Hospital Regional Costa do Cacau, a Defensoria Pública recomenda o atendimento do fluxo de clientes estabelecido para a unidade no Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde – CNES, qual seja, atendimento de demanda espontânea e referenciada, de urgência, emergência ou ambulatorial, procedendo o encaminhamento do paciente à outras unidades de saúde somente quando necessário e propiciando o diagnóstico e tratamentos corretos, no momento adequado, garantindo o melhor desfecho e retorno às atividades com tempo e custo otimizados.

De acordo com a defensora pública Fabianne de Oliveira Souza, a atuação da DPE/BA é resposta aos vários pedidos de auxílio formulados à Instituição que ultrapassam a esfera individual e acabam se revestindo do caráter de socorro à saúde no Município. “Ilhéus e o Estado da Bahia precisam estruturar seus serviços de forma que a população tenha garantido o acesso àquele direito fundamental nos moldes estabelecidos pela legislação brasileira, sendo a prestação de serviços de saúde de forma universal, integrada e eficiente o principal objetivo buscado pela Defensoria Pública”, concluiu.

A Secretaria de Saúde do Município de Ilhéus e o Hospital Regional Costa do Cacau têm o prazo de 15 (quinze) dias para resposta à Defensoria Pública sobre as medidas adotadas.

ENTENDA O CASO

:: LEIA MAIS »

Estudantes de Itabuna apresentam projetos ligados à Conferência Estadual pelo Meio Ambiente

A etapa escolar da III Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente foi realizada durante esta semana pelas escolas da capital e do interior. No Centro Estadual de Educação Profissional (CETEP) do Litoral Sul II, em Itabuna, por exemplo, a culminância teve como temática “Percebendo a água em suas múltiplas dimensões e suas implicações no projeto de vida de cada indivíduo, mobilizando mais de 300 estudantes. As atividades envolveram a disciplina ‘Projeto de Vida’, que propõe o desenvolvimento de tarefas que beneficiem a vida pessoal e tenham relação com a futura profissão de cada um. O conferência, que este ano tem como tema “As escolas da Bahia cuidando das águas”, acontece de 7 a 9 de maio, em Salvador.

O professor do CETEP do Litoral Sul II, Adelson Menezes, conta que já trabalhava em sala de aula com o Juventude em Ação e, com a chegada da conferência, a temática da água passou a ser discutida com mais profundidade. “Tivemos duas semanas de debates por meio dos quais foram desenvolvidos projetos para que os alunos apresentassem nesta culminância. A partir de agora, enviaremos um relatório para a Conferência Estadual e os alunos ainda continuarão aperfeiçoando os trabalhos durante o ano letivo, dentro da disciplina ‘Projeto de Vida’”, explicou.

Um dos estudante que desenvolveram o projeto, Alan Santos, 15 anos, do curso técnico de nível médio em Desenho da Construção Civil, explicou que, inicialmente, foi feita uma maquete que simula um protótipo para a retirada de lixo, tratamento da água e sua distribuição. “Trata-se de uma proposta tecnológica e futurista em que estamos pensando mais para frente mesmo. É uma forma de contribuir para a formação de profissionais mais comprometidos e conscientes”.

A aluna do curso técnico de nível médio em Logística, Evely Santos, 16, completou afirmando que a temática mobiliza muitas pessoas por ser uma preocupação universal. “Sempre temos que enfatizar que a água é vida e precisamos sempre estar atentos à sua preservação. No meu grupo, apresentamos a importância da tensão superficial da água que, devido à poluição, está prejudicando muitos insetos e animais que dependem dela para se locomover. É um desequilíbrio da natureza que pode nos prejudicar futuramente”.

Operação contra amigos de Temer é indicativo de terceira denúncia, avaliam aliados

Dois sócios do grupo Libra que tiveram mandados de prisão decretados nesta quinta-feira (29), Rodrigo Torrealba e Ana Carolina Torrealba, doaram R$ 1 milhão para a chapa Dilma-Temer nas eleições de 2014.

Documentos da prestação de contas da chapa vencedora das eleições mostram duas doações de R$ 500 mil feitas por esses sócios do grupo. Em um dos casos, o dinheiro foi depositado no comitê de campanha de Michel Temer e depois repassado ao MDB. No outro, o dinheiro passou pelo comitê financeiro da campanha nacional.

Esses doadores tiveram mandados de prisão expedidos nesta quinta-feira (29) pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), na Operação Skala. Barroso é o relator do inquérito que investiga se Temer, por meio de decreto, beneficiou empresas do setor portuário em troca de suposto recebimento de propina.

Os mandados de prisão de Rodrigo e Ana Carolina Torrealba, porém, não foram cumpridos. O paradeiro dos dois ainda é desconhecido. Do grupo Libra, apenas a empresária Celina Torrealba foi presa na operação, em sua casa no Leblon.

No despacho que determinou a prisão, antecipado pela colunista do G1Andréia Sadi, há a informação de que eles serão ouvidos sobre “doações pessoais e as feitas pelo Grupo Libra, além de possíveis solicitações indevidas de valores em troca da renovação de contratos de concessão em Santos”.

Há a suspeita de que esse dinheiro tenha irrigado outras campanhas, entre elas a de Rodrigo Rocha Loures (MDB-PR).

Em nota, a Secretaria de Comunicação da Presidência da República afirmou que “os valores que constam da prestação de contas entregue ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) são de doações legais”.

A reportagem também procurou o Grupo Libra e a campanha de Dilma Rousseff e aguardava resposta.

O grupo Libra tem sede no Rio e atua nos setores de infraestrutura e comércio exterior. No início do ano, o grupo apresentou um novo plano de investimentos e pediu ao governo federal a prorrogação do contrato no porto de Santos até 2065. Em troca, prometeu investimentos bilionários.

G1

RETRATO DE ILHÉUS: A CULPA É DO POVO?

A insatisfação com a atual gestão publica de Ilhéus, já é o assunto mais viralizado das redes sociais no sul da Bahia. o que não falta é argumento nem criatividade para que o cidadão expresse sua opinião diante aos mandos e desmandos do prefeito Mario Alexandre e seus aliados.

O texto, recém postado na pagina do Facebook, do intitulado Ilhéus Boladona, retrata com precisão o sentimento dos cidadãos, que claro não estão “encabrestado” pelo Marão.

É bem fácil começar a nossa crítica tendo como suporte as notícias vinculadas nos blogs da região: ruas com buracos, falta de limpeza urbana, saúde precária, posto de saúde demolido sem qualquer justificativa plausível. E você não precisa fica preso só a esta imagem da foto abaixo. Pesquise em qualquer site regional e veja a situação da nossa querida e ex Princesinha do Sul.

É aquele velho ditado “Uma imagem vale mais que mil palavras”.

As palavras seriam insuficientes para descrever o descaso do prefeito Marão, o médico do povão, com o seu povo.
Seus secretários adotaram o discurso de que a “culpa é do povo”.

Realmente a culpa é do povo que acreditou em uma mudança, que se agarrou a um fio de esperança, que tentando fazer diferente não investigou o passado do atual prefeito. Passado esse recente, quando o mesmo foi vice-prefeito na gestão desastrosa de Newton Lima. Filho de uma deputada, que no poder há 12 anos, não traz benefício nenhum para a nossa cidade.

Diante de tamanhos absurdos que presenciamos no nosso dia a dia, vê a população fazendo um trabalho que seria de competência do Prefeito é no mínimo gratificante.

Será que a população não sabe o que quer? Será que o caos na saúde está instalado em nossas cabeças? Ou será que temos um prefeito irresponsável e um secretariado incompetente?”, concluiu o texto.

da Redação

PM que matou juiz em briga de trânsito no Iguatemi é absolvido

O policial militar Daniel dos Santos Soares, réu por matar a tiros o juiz Carlos Alessandro Pitágoras Ribeiro, então com 38 anos, durante uma briga de trânsito em Salvador, em 2010, foi absolvido pela Justiça baiana na tarde desta terça-feira (27).

Daniel havia sido denunciado à Justiça pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) por homicídio doloso, quando há intenção de matar. Porém, o soldado alegou legítima defesa, hipótese considerada pelo júri popular realizado no Fórum Ruy Barbosa. A conclusão do inquérito policial que investigava a morte também apontou para uma situação de legítima defesa.

 A mãe do juiz Carlos Alessandro, a geógrafa Telma Veloso Pitágoras, 71, revela que o sentimento da família é de revolta. “Deveriam apurar quem mandou matar ele. Não foi briga de trânsito, foi crime de mando. Disso eu tenho certeza”, comentou ela. “Inventaram que ele andava procurando confusão no trânsito. Eu sabia do resultado. Eu esperava que fizessem justiça, mas sei que tem gente grande no meio”, completou, desolada.

:: LEIA MAIS »

Ataque à caravana de Lula é investigado como disparo de arma de fogo com dano, diz delegado

O delegado da Polícia Civil Hélder Lauria disse na manhã desta quarta-feira (28) que investiga o ataque à caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Paraná como disparo de arma de fogo com dano provocado.

O caso ocorreu na tarde desta terça-feira (27) quando os dois ônibus da caravana seguiam de Quedas do Iguaçu, no oeste do estado, para Laranjeiras do Sul, na PR-473.

Nesta manhã, o presidente Michel Temer criticou o ataque, afirmando que foi uma “pena” que tenham ocorrido os disparos, o que, segundo o presidente, cria um clima de “instabilidade”.

A Polícia Civil afirmou que foram pelo menos três disparos contra os veículos e que em um dos veículos há um tiro de cada lado. Na terça, o Partido dos Trabalhadores (PT), também disse que foram três disparos e que ninguém ficou ferido.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp-PR), disse que um inquérito policial foi aberto para apurar as circunstâncias do fato e que duas equipes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) estão na cidade de Laranjeiras do Sul para ajudar nas investigações.

A Polícia Civil disse ainda que cogita a possibilidade de um quarto tiro no retrovisor de um dos veículos, mas disse que só a perícia poderá confirmar.

No momento dos disparos, Lula estava dentro da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFSS), em Laranjeiras do Sul.

O Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse, nesta quarta, em sua página oficial no Twitter que “o que aconteceu ontem no Paraná foi um atentado contra a liberdade de expressão de um líder político e isso é inadmissível numa democracia”.

Em seu perfil oficial no Twitter, o ex-presidente também comentou o ocorrido. “A nossa caravana está sendo perseguida por grupos fascistas. Já atiraram ovos, pedras. Hoje deram até um tiro no ônibus”, informou o Twitter oficial de Lula.

:: LEIA MAIS »

STF decide adiar para dia 4 conclusão do julgamento de Lula; antes disso, ex-presidente não pode ser preso

Os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram no início da noite desta quinta-feira (22) adiar para o próximo dia 4 de abril a conclusão do julgamento do habeas corpus preventivo de Luiz Inácio Lula da Silva, impetrado pela defesa com o objetivo de evitar a prisão do ex-presidente.

Com a decisão, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), de segunda instância, que condenou Lula a 12 anos e 1 mês em regime fechado, não poderá decretar a prisão do ex-presidente na próxima segunda-feira (26), quando julgará o único recurso da defesa contra a condenação – esse tipo de recurso não modifica o resultado do julgamento do TRF-4.

A retomada do julgamento pelo Supremo foi marcada para 4 de abril porque é a data da próxima sessão de plenário do STF, já que na semana que vem não haverá julgamentos em razão do feriado de Semana Santa.

:: LEIA MAIS »

“Eleição sem dinheiro não é “sorte” é confiança no povo e no caráter”, diz Dr. Cosme Araújo.

A quem ache que as eleições 2018 já estão predefinidas, devido a “massa de cifras” estocada nos caixas 2 das prefeituras nas cidades brasileiras, que tende a comprar as cadeiras no Congresso e nas Assembleias para seus aliados ou comparsas. Porém, mesmo que a justiça se faça de rogada e feche os olhos para as manobras das organizações criminosas políticas, com candidatos denunciados pelo MPF e MPE com processos tramitando na justiça, ainda acreditam que o “Dinheiro Salva”, e suplanta a vontade de mudança do povo, ledo engano, verdadeiramente o povo é quem será o maior financiador das campanhas em 2018 com o título de eleitor.

É assim que pensa o Dr. Cosme Araújo, líder politico, advogado criminalista, ex vereador ilheense e autor de várias ações no legislativo que impediram fraudes e violações ao erário publico.

Politica pra mim é feita de cara limpa, com respeito ao povo. Se depender de comprar voto para disputar uma eleição, eu não disputo. Se o povo quer um representante na Assembleia que pense na cidade, que lute pela cidade e trabalhe para cidade, sei que não será o dinheiro que irá tirar a minha vitória na eleição de outubro”, foi o que disse o Dr. Cosme Araújo.

Conhecido como Defensor do Povo, Cosme, é tido pela população como um divisor de águas da atual política que ronda a região sul da Bahia. “Tenho observado a política de forma realista e vejo que hoje o único nome que tem condições solidas que ocupar uma cadeira dentro do legislativo estadual, com coragem de defender os direitos do povo de Ilhéus e região é o Dr. Cosme. Já testamos os outros e não tivemos resposta. Chegou a hora de acreditarmos em quem é da terra, em quem sempre lutou por nós”, expressou Bruno Oliveira, cidadão ilheense ao ser questionado sobre quem acredita será o nome para representar Ilhéus na Assembleia Legislativa da Bahia.

O pré candidato a  Deputado Estadual, Dr. Cosme Araújo, tem avaliado sua pré campanha como positiva e otimismo, e o faz ciente do cenário político com base na sua experiência politica, que somam-se mais de 35 anos, em defesa dos direitos dos cidadãos.

“ Sei que disputar eleição com quem anda esbanjando dinheiro do povo,  e se mantem no poder em cima do voto de c$br$sto, é missão difícil. Mas, eu acredito na verdade que emana da vontade de mudança do povo. E é por ele, por minha cidade Ilhéus e toda região sul que precisa de um representante de autêntico, que eu vou seguir firme para ocupar uma cadeira da Assembleia Legislativa e mostrar para o povo desta terra como é que se faz política em respeito a dignidade de um  povo sofrido. Eleição sem dinheiro não é “sorte” é confiança no povo e no caráter de quem vai as urnas, concluiu Dr. Cosme Araújo, pré candidato a Deputado Estadual.

por Carol Menezes

Direitos Humanos não existem para defender Bandido, existem para impedir que o Estado se torne o Bandido

Há uma certa incompreensão sobre o que são Direitos Humanos, sobretudo na atualidade, momento em que o diálogo é trocado por ”fuzis verbais”. Fala-se sobre tudo, mas nada se sabe. É o paradoxo moderno. Há quem diga que a expressão ”Direitos Humanos” carrega um problema nominal, visto que, para fins elucidativos, e agregando ao nome o sentido que se lhe apresenta, a expressão mais adequada seria ”direitos dos manos”.  Mas aí é que está o problema.  Se você pensa dessa maneira, sinto em dizer, mas você está completamente equivocado.

A própria percepção de Direito surge como uma forma de limitar o poder do Estado, vide Carta Magna(12015) . Mas desde as tragédias gregas já temos algumas ponderações acerca disso, como, por exemplo, na peça ”Antígona” do tragediógrafo  Sófocles.  O Estado Aparece na figura do Rei Creonte que designa que  Polinices, por ter se insubordinado contra o governo, não tenha mais o direito de ser sepultado. Antígona se insurge contra essa determinação de Creonte e decide realizar os ritos funerários, enterrando, assim, o seu irmão, logrando-se da existência de uma lei que sobrepõe a lei do Estado, a lei divina.  Percebemos então que a lei divina (Thémis) foi invocada como uma forma axiológica-externa de julgamento, com o intuito de limitar o poder vertical do Estado.

:: LEIA MAIS »

  • CHOCOLATE DE ILHÉUS APARECE ENTRE OS SETE MELHORES DO MUNDO
    16 de Março de 2018 | 15:50

    Um mais importantes jornais do sul do País, o Gazeta do Povo, de Curitiba, publicou ontem (13) reportagem especial, em seu caderno de turismo “Viver Bem”, que aponta Ilhéus entre as sete cidades produzem alguns dos melhores chocolates do mundo e são inspirações para o destino de férias de quem ama a iguaria. Reportagem assinada […]

    No Comments

  • PGR recorre de decisão e pede restabelecimento de condução coercitiva
    14 de Março de 2018 | 09:48

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu de decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que, por meio de liminar concedida em dezembro, proibiu a condução coercitiva de investigados para interrogatório em todo o País. O recurso foi enviado ao ministro, relator do caso, nesta segunda-feira (12). A determinação de Gilmar atendeu […]

    1 Comment

  • RSSArchive


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia