WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
janeiro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

:: ‘Polícia’

Avião cai em aeroporto do Nepal e deixa mortos

Um avião de passageiros caiu enquanto aterrissava no aeroporto de Katmandu, capital do Nepal, na manhã desta segunda-feira (12), deixando 50 mortos, de acordo com a Reuters e Associated Press. A aeronave da companhia aérea bengalesa US-Bangla transportava 67 passageiros e quatro tripulantes.

O general Gokul Bhandari, porta-voz do exército do Nepal, afirmou que o balanço de vítimas não está claro mas que 50 pessoas morreram no acidente, segundo a Associated Press. Responsáveis do Kathmandu Medical College, hospital mais próximo do aeroporto, disseram que estão atendendo 16 sobreviventes.

A BBC afirma que o avião caiu do lado leste da pista do aeroporto Tribhuvan e que a aeronave pousaria às 14h20 no horário local (5h30, em Brasília), citando informações do site de monitoramento aéreo FlightRadar24.

As causas do acidente ainda são investigadas e ainda não está claro, segundo a Reuters, se o piloto acionou o sinal de socorro.

O gerente-geral do aeroporto, Raj Kumar Chettri, afirmou à Reuters que momentos depois do avião conseguir autorização para pousar, o piloto comunicou à torre de comando que queria se dirigir à posição nordeste. Questionado se havia algum problema, ele negou.

O avião foi visto dando duas voltas na direção nordeste e o piloto foi novamente interrogado pela torre de comando. Mas ele voltou a negar qualquer problema.

A torre de comando, então, comunicou ao piloto que o alinhamento da aeronave estava incorreto. Chettri afirmou que o avião tocou a barreira de cerca o aeroporto, tocou no solo e pegou fogo.

A aeronave Bombardier Q400, que sofreu o acidente, tinha 17 anos. A empresa lamentou o ocorrido e afirmou que divulgará mais informações posteriormente.

A imprensa local informou que o aeroporto foi fechado após a queda do avião.

Contrabando causa prejuízo de R$ 350 bi ao país nos últimos 3 anos

Nos últimos três anos, o contrabando causou prejuízos de quase R$ 350 bilhões ao país. Em Mato Grosso do Sul, a entrada desses produtos é pelas cidades que fazem fronteira com a Bolívia e o Paraguai.

Os quatro galpões da Receita Feral em Mato Grosso do Sul estão lotados. No local tem eletrônicos, cosméticos, pneus.

De 2015 a 2017, o prejuízo do país com o contrabando e o descaminho foi estimado em R$ 345 bilhões, o que equivale a 25 anos de arrecadação de Mato Grosso do Sul.

“O contrabando afeta diretamente a vida do trabalhador. E o contrabando espalha produtos sem a menor qualidade”, diz o presidente do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social de Fronteiras, Luciano Barros.

O galpão mais lotado da Receita em Mato Grosso do Sul é o de Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai. Ali tem, pelo menos, R$ 300 milhões em mercadorias apreendidas. Uma chama a atenção. É um carro. Ele foi pego agora, no começo do ano. Para importar legalmente o dono teria que gastar, mais ou menos, R$ 1 milhão. No Paraguai custa cerca de metade disso. Mas como os procedimentos não foram feitos ele agora está no galpão, empoeirando até que a justiça decida o que fazer com ele.

O maior volume de contrabando continua sendo o de cigarros. Só este ano a Polícia Rodoviária Federal em Mato Grosso do Sul flagrou três quadrilhas de contrabandistas que tinham sido presas pouco tempo antes. Em um dos caminhões foi encontrado um documento. É uma nota de culpa, um registro da prisão do motorista em 27 de janeiro. Ele voltou para o crime depois de ser solto em poucos dias.

“Isso com certeza causa uma certa sensação de frustração no policial”, afirma Tercio Baggio, inspetor da PRF/MS.

O projeto de lei aprovado na Câmara endurece as penas para os contrabandistas. Além de perder o veículo e a mercadoria, o juiz vai poder cassar, por cinco anos, a carteira de habilitação do motorista já na audiência de custódia.

“Esses motoristas que são aliciados pelo crime, são atraídos para a prática desse crime, no sentido de que eles vão começar a pesar que a consequência pode ser muito pesada, afinal de contas ter a CNH cassada significa que você está afastado da sua vida profissional, você encerrou ali, praticamente, a tua carreira como motorista”, explica Tercio Baggio.

As empresas que foram flagradas vendendo, transportando, distribuindo ou recebendo mercadorias ilegais podem ter o registro de funcionamento cancelado também por cinco anos. Depois da aprovação pelos deputados o projeto agora vai ao Senado.

 

fonte: G1

ILHÉUS TEM DONOS: Mário Alexandre, Deputada Ângela e sua trupe

á

O que leva uma empresa de transporte , que é privada, ofuscar a marca dela e ostentar o símbolo de uma prefeitura, em sua nova frota, cuja “aparentemente” a participação legal do prefeito foi apenas autorizar o aumento da tarifa, que pulou de 3,10 para 3,50, contrariando a vontade do cidadão, a necessidade da população e indo de desencontro a constituição?

A chegada dos 20 novos ônibus, que ostentam o ar condicionado e o wiffi como politicas de melhorias para os usuários, leva os cidadãos ilheenses a questionamentos e perplexidades diante a falta de respeito perante as necessidades, que atormentam o dia a dia da população. Mesmo sendo informado tanto pela imprensa quanto pelos inúmeros requerimentos protocolados dentro do legislativo sobre a precariedade do serviço em áreas completamente desassistidas pelo monopólio viário de Ilhéus, onde a população se vê obrigada a pegar conduções superlotadas e sem o mínimo de estrutura para direcioná-los ao seu destino, seja escolar, profissional, social ou mesmo ligado a saúde, ainda assim o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, busca afrontar a lei e escancarar seu conchavos e acordos, que põem o cidadão ilheense como plateia para aplaudir seus espetáculos.

Indignado com o jogo sujo e desrespeitoso da atual gestão de Ilhéus, o Dr. Cosme Araújo, vem se posicionando de forma ativa e fiscalizadora diante as manobras do governo municipal. Para Cosme, a nova frota com o nome da prefeitura não passa de uma pré campanha que beneficia a mãe do prefeito, Deputada Ângela Sousa, que vem se apossando da gestão do filho para articular recursos “ilegais” em sua candidatura 2018.

“Para todo e bom cidadão é de amplo conhecimento que empresas concessionarias não podem, de forma alguma, ostentar a marca de uma prefeitura. Fica parecendo que o ônibus é da prefeitura e não da empresa. Isso configura campanha eleitoral antecipada e por simetria ofende o princípio da impessoalidade. Vamos tomar as providências necessárias para que este governo, deixe de tratar a lei com o descaso e desrespeito como vem tratando ao longo de sua ‘indi-gestão’ ”, afirmou o Dr. Cosme Araújo , que já é visto pela população de Ilhéus como a mais forte voz de oposição ao governo. “ Vou sempre fiscalizar o que acontece de errado dentro das administrações publicas, este é o meu papel enquanto cidadão, operador do direito e, principalmente político que entende e conhece como funciona, legalmente, a gestão de uma cidade”, concluiu.

Da redação

MP-Ba pede à Justiça o afastamento do prefeito de Jaguarari por crimes contra o Município.

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) pediu à Justiça o afastamento do prefeito da cidade de Jaguarari, Everton Carvalho Rocha (PSDB), com a perda do mandato e dos direitos políticos de 8 a 10 anos. O gestor é acusado pelo MP-BA, na Ação Civil Pública Nº 8000103-94.2018.8.05.0139, pelos crimes de improbidade administrativa, dano ao erário, enriquecimento ilícito e violação aos princípios administrativos. As informações foram divulgadas pelo Jaguarari On Line.

O MP-BA ainda pede também o afastamento dos funcionários comissionados Joana Salete Bernardino Araújo Conceição, José Tarcísio Marques de Melo Júnior, Eliane Costa da Silva (tesoureira), Eliene Fonseca Neiva (caso continue a ocupar cargo público ou mantenha qualquer espécie de vínculo com o Município de Jaguarari) e Juraleson Leite Santos (ex-secretário de educação).

Também estão na mira do órgão, os empresários Marcelo Eduardo Nascimento Vieira  e Thiago Nascimento Vieira, sócios da empresa T N Vieira Entretenimentos – ME, de Campo Formoso, além do ex-pregoeiro municipal e ex-presidente da Comissão de Licitação, Aldenor dos Santos Freitas.

Segundo o MP-BA, a participação do prefeito é inconteste e na condição de gestor público autorizou e homologou, indevidamente, procedimentos de inexigibilidade de licitação, fora das hipóteses legais, bem como determinou o pagamento, com o fim de auferir vantagem indevida, para si ou para outrem, causando prejuízos ao erário. Ademais, de acordo com o órgão, o prefeito determinou o pagamento sem rubrica orçamentária.

Da mesma forma, não remanesce dúvida quanto à legitimidade passiva dos demais acionados, Aldenor Dos Santos Freitas, Joana Salete Bernardino Araújo Conceição e José Tarcísio Marques De Melo Júnior, componentes da Comissão de Licitação e ocupantes de cargo comissionado, bem assim de Eliane Costa Da Silva, tesoureira, e Eliene Fonseca Neiva, assessora jurídica, todos partícipes dos atos ímprobos praticados, seja porque se beneficiaram, direta ou indiretamente, com as contratações indevidas, seja porque concorreram para a prática dos atos ímprobos.

No mesmo sentido, Juraleson Leite Santos, secretário de Educação à época dos fatos, em comunhão com os demais e especialmente com o prefeito, engendrou documentos falsos (solicitação de autorização, justificação de inexigibilidade e termo de referência) e posteriores à contratação e ao pagamento, com o intuito deliberado de tentar sanar os vícios existentes e, concomitantemente, ludibriar os órgãos de controle, sobremodo o Ministério Público e, por consequência, o Poder Judiciário. Assim, é patente a legitimidade passiva da T N Vieira, beneficiária direta da fraude licitatória, Thiago Nascimento Vieira, titular da pessoa jurídica, irmão de Marcelo Eduardo Nascimento Vieira, exclusivo procurador da empresa individual acima indicada e seu proprietário de fato.

A ação teve como ponto de partida o Decreto de Estado de Emergência e os gastos volumosos com a realização dos festejos juninos. De acordo com o que apurou o MP, o prefeito Everton Rocha, ao publicar tais medidas, oficializou o grave estado do município diante do período de seca, mas em contra partida anunciou e deu início aos preparativos para a contratações de artistas de renome para a realização de 10 dias de festas no município pelo valor de R$ 2 milhões, no entanto, após reduzir o período para 5 dias, este valor pulou para R$ 2.502.502.

Para o MP, o prefeito promoveu desvio de finalidade por meio de gastos públicos vultosos em época de emergência municipal, pois efetuou pagamentos no importe de R$ 2.502.500 (R$ 1.250.00 referente a atrações artísticas; R$ 1.252.500 relativos a sonorização, iluminação, tendas, banheiros, gerador e palco).

Ainda de acordo com o órgão, o chefe do Executivo Municipal privilegiou a realização de festejos, por meros cinco dias, em detrimento a combater as causas da emergência ou ainda de aplicar os recursos no âmbito da educação e saúde, atribuições precípuas do município. Tendo em vista a caótica situação dos serviços públicos municipais, os direitos sociais relativos à educação e à saúde deveriam ser prestigiados em contraponto ao direito ao lazer. Ainda que o fosse, acrescente-se, como visto acima, que além de descumprir o próprio decreto que editou, a contratação ilegal da T N Vieira não visou a satisfazer os direitos ao lazer e à cultura dos munícipes, mas privilegiar a referida pessoa jurídica, que enriqueceu ilicitamente.

Os envolvidos e responsáveis pela empresa denunciada serão multados em R$ 1.250.000 e ainda foi solicitada a quebra de sigilos bancários e apreensão de bens para a garantia do ressarcimento ao erário fraudado.

O pedido de liminar aguarda o deferimento da juíza da Comarca de Jaguarari, Maria Luiza Nogueira Cavalcanti Muritiba.

por Bocão News

Casa pega fogo no bairro Santa Inês, incêndio é provocado por marido

Imagem: Produção TV Verdinho Itabuna.

Uma casa pegou fogo na tarde desta sexta-feira (20) na Rua do Coqueiro, esquina com a Travessa Josefina, bairro Santa Inês, em Itabuna. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a própria população já havia debelado as chamas.
Segundo informações de populares, o incêndio foi criminoso – o marido da mulher pôs fogo no imóvel e em seguida fugiu. Ainda segundo populares, ele tem problemas mentais. A mulher, que estava de resguardo, conseguiu sair com  o bebê recém-nascido – filho do casal,  antes que o fogo se alastrasse.
Vários cômodos da casa, assim como móveis e eletrodomésticos ficaram totalmente destruídos.  Ainda segundo populares, o causador do incêndio trabalha em uma oficina, e há dois meses começou a apresentar transtornos mentais. No réveillon quebrou o carro do tio,  na mesma rua onde mora.
Informações retiradas TV Verdinho.

Falsa médica é presa em Governador Mangabeira

 

Falsa médica atuava em Governador Mangabeira

Uma mulher que atuava como médica na cidade de Governador Mangabeira foi presa ontem (5) por agentes da 4ª Coordenadoria Regional de Interior de Santo Antônio de Jesus, para onde foi conduzida. Segundo o Sindicato dos Médicos da Bahia, ela utilizava o registro da verdadeira médica Alane Silva Correia.

A falsa profissional já havia atuado em Cansanção e estava trabalhando em Governador Mangabeira quando foi detida. Francisco Magalhães, presidente do sindicato, diz que o caso já foi levado ao Ministério Público e ao Conselho Regional de Medicina na Bahia, o Cremeb.

A verdadeira médica reside em Barra da Estiva e deverá registrar a queixa para que a falsa permaneça presa.

 

Vereador na Bahia é indiciado por estupro

Valdomiro dos Santos é vereador na cidade de Mutuípe (Foto: Reprodução/DivulgaCand TSE)

Valdomiro dos Santos é vereador na cidade de
Mutuípe (Foto: Reprodução/DivulgaCand TSE)

O vereador Valdomiro Galdino dos Santos (PT), de 59 anos, foi indiciado pela Polícia Civil da cidade de Valença, na Bahia, após ser denunciado por estupro de vulnerável por manter relacionamento com uma adolescente de 14 anos, com quem já tem um filho. Segundo José Raimundo Pinto, delegado plantonista da unidade policial, a denúncia foi feita há cerca de três meses.

Ainda segundo o delegado, o inquérito foi concluído e remetido ao Ministério Público da comarca de Valença na segunda-feira (29). Segundo informações do MP, o inquérito foi recebido pela comarca e está em fase de análise para elaboração da denúncia.

Conforme o delegado, o crime se configurou a partir do momento em que o ato sexual foi consumado antes da menina completar 14 anos. Segundo a polícia, o vereador teve um filho com a adolescente e mora com a menor na casa dos pais dela, na zona rural de Valença. Ainda conforme a polícia, a família da adolescente aprova o relacionamento desde 2014, quando o casal começou o namorar. O edil, que atua na cidade de Mutuípe, informou na manhã desta quarta-feira (01) ao site G1, que não irá se pronunciar sobre o assunto.

Casal sofre grave acidente na BR 101 em Buerarema

20150621161100-1-500x281

Foto: Oziel Aragão/Plantão Itabuna

No início da noite deste domingo (21), um casal ainda não identificado, sofreu um acidente na BR 101, rodovia Itabuna-Buerarema. Uma das vítimas teve um dos pés decepado; enquanto a outra, lesionou gravemente ambas as pernas. Não há maiores informações sobre o que teria causado o acidente.

Ubatã: Operação prende quatro pessoas

11235333_10152844982552751_5356690061451423020_nUma operação deflagrada pela Cipe Cacaueira, na manhã desta quinta-feira (18) em Ubatã, resultou na apreensão de armas, drogas, e na prisão de quatro pessoas. Durante a ação, batizada de “Ubatã em Paz”, foram apreendidos, ainda, uma moto de placa JLG-8821, uma moto serra, balança de precisão e aves silvestres, que eram comercializadas ilegalmente no comércio da cidade.  Em poder dos suspeitos, identificados até o momento como Marcelo, Manoel, Alcimar e Luiz, foram encontradas 10 armas. Os acusados foram encaminhados para a delegacia. Eles devem responder por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e comércio ilegal de animais.

Ilhéus: Homem foi morto em bar no bairro Nelson Costa

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Um homem, identificado como Rafael Reis dos Santos, 28 anos, vulgo Rafael Morotó, foi executado na madrugada desta quinta-feira (18), em um bar, no bairro Nelson Costa, zona sul de Ilhéus. O corpo da vítima foi encontrado com ferimentos de arma de fogo, na cabeça e no ombro. Segundo testemunhas, os autores dos disparos fugiram em direção a localidade conhecida como Mangueira. A polícia procura os responsáveis pelo crime.

Parentes do jogador Robinho são liberados após serem mantidos reféns

camisa_italia

Foto: Guilherme Lucio da Rocha / G1

Um homem armado invadiu uma casa e fez uma família refém em São Vicente, no litoral de São Paulo, na manhã desta quarta-feira (17). De acordo com informações da Polícia Militar, cinco pessoas estavam no local no momento da invasão. A PM confirmou que todas as vítimas são parentes do jogador Robinho, que defende o Santos e, atualmente, está no Chile com a Seleção Brasileira para a disputa da Copa América. Ninguém ficou ferido.

Armado e conversando com os policiais por uma fresta em uma janela, o suspeito exigiu a presença da namorada para se entregar. Ao chegar no local, a mulher convenceu o criminoso a se entregar. Segundo a PM, o suspeito invadiu a casa, com a intenção de roubar, e não de sequestrar a família. Ao saírem, os parentes de Robinho evitaram a imprensa e também seguiram para a delegacia para prestar depoimentos.

Fonte: G1

Assessor do vereador Cláudio Tinoco é morto em bairro de Salvador

Vereador Cláudio Tinoco (DEM)

 

Um assessor parlamentar do vereador Cláudio Tinoco (DEM) foi morto na manhã desta terça-feira (16) quando passava de motocicleta no bairro de Pernambués, em Salvador.Segundo a polícia, ainda não há informações sobre as motivações do crime, mas ele foi atingido por disparos de arma de fogo e morreu no local.De acordo com a assessoria de Tinoco, Roberval de Assis Sales atuava como líder dos moradores no bairro do Nordeste de Amaralina, mas residia em Pernambués. Informações do G1.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia